Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
 

Posts do dia 2 junho 2015

Galeria de fotos: Veja a Tok & Stok do Balneário Shopping, que abre nesta quarta-feira

02 de junho de 2015 2
Fotos: Dagmara Spautz

Fotos: Dagmara Spautz

 

Ghislaine Dubrule, CEO da ToK & Stok, veio pessoalmente a Balneário Camboriú para abrir as portas da nova unidade da rede no Balneário Shopping, a segunda em Santa Catarina.

Com 3 mil metros quadrados _ o mesmo tamanho da loja de Florianópolis _, a unidade de Balneário tem projeto assinado pelo arquiteto Felippe Crescente e recebeu investimento de R$ 9 milhões.

Em dois andares, reúne as principais coleções da marca, inclusive as que levam assinatura de designers renomados como Maurício Arruda. Também estão disponíveis móveis para pequenos ambientes e outros feitos sob medida, que são entregues 10 dias após a conclusão do projeto.

A loja, que inaugura nesta quarta-feira, gerou 59 empregos diretos.

 

 

Mercado em expansão

Segundo Paul-Edouard Dubrule, vice-presidente de expansão da Tok & Stok, a escolha de Balneário para a instalação da loja levou em conta o potencial consumidor _ resultado do grande número de empreendimentos _ o apelo turístico e a localização. A intenção da empresa é atrair clientes de toda a região, de Itajaí a Blumenau.

Sem crise

A Tok & Stok deve abrir sete novas lojas este ano no país, e já tem outras sete previstas para o ano que vem.

Sem medo da crise, a presidente da marca diz que já passou por outras recessões e que as lojas têm se saído bem: o que muda é o público comprador.

No Estado, a marca está de olho no mercado do Norte. Tem estudado a abertura de uma unidade em Joinville.

 

Xxxxxxxxxxxxxxxxxx

 

Restituição

 

Para fidelizar os arquitetos, a Tok & Stok vai oferecer em Balneário um programa de relacionamento que permite aos profissionais que utilizarem a marca em seus projetos restituição em dinheiro ou em produtos.

Restaurante de Blumenau lança nova versão de hambúrguer em Itajaí

02 de junho de 2015 3
Foto: Divulgação

Foto: Divulgação

 

O Pepper Jack, restaurante queridinho dos blumenauenses, vai lançar em Itajaí sua nova versão de hambúrguer gourmet, feito com costela. O prato, que leva ainda queijo, cebolas puxadas no azeite, tomate, alface e molho especial, promete ser uma das atrações do 1º Food Truck Itajaí, que começa nesta sexta-feira e vai até domingo no Centro de Eventos.

O hambúrguer de costela entra oficialmente no cardápio do Pepper Jack no dia 15 de junho.

Companhia teatral leva espetáculos aos bairros de Itajaí para incentivar formação de público

02 de junho de 2015 0
Foto: Jean Knetshik, Divulgação

Foto: Jean Knetshik, Divulgação

 

A Cia Mútua de Teatro lançou um projeto para aproximar o público da arte cênica. De 9 a 27 de junho, vai levar apresentações e oficinas a bairros afastados do Centro e a comunidades carentes de Itajaí.

A ideia é amenizar um problema crônico que atinge o teatro na cidade: a falta de público.

Preço alto do ingresso, desinteresse ou desconhecimento sobre o teatro – que muitas vezes passa por programa “elitizado” – tem deixado como rastro um vazio cultural na cidade.

Foto: Deda Silveira, Divulgação

Foto: Deda Silveira, Divulgação

 

O projeto da companhia leva o sugestivo nome de “Circulação de Repertório: O Teatro vai ao Público”, e tem apoio da JBS Foods através da Lei de Incentivo à Cultura.

As apresentações incluem espetáculos premiados como “A Caixa” e Um Príncipe Chamado Exupéry”, todas gratuitos.
A programação inclui os bairros Cidade Nova, Murta, Itaipava, São Vicente, Vila Operária, Espinheiros e São João.

Confira a programação:

1) El Gran Circo-Teatro de Luvas – Concebido a partir de quatro textos do autor argentino Guaira Castilla, utilizando a linguagem do boneco de luva, para contextualizar um tradicional circo-teatro. Direção: Guilherme Peixoto. Atuação: Laura Correa e Telja Rebelatto. Público: Livre. Lotação: 250 pessoas. Duração: 45 minutos. Estreia: 2015

2) Exílio(s) – Espetáculo bilíngüe, falado em espanhol e português, que conta a historia de Cecília, redesenhando o conceito de exílio, que não é apenas geográfico, mas também emocional. Direção: Sandra Knoll. Atuação: Laura Correa e Mônica Longo. Público: Adulto. Lotação: 100 pessoas. Duração: 40 minutos. Estreia: 2013

3) Um Príncipe Chamado Exupéry – Espetáculo de teatro de animação inspirado na vida do escritor francês Antoine de Saint-Exupéry, entre 1926 e 1944, antes de ter-se tornado conhecido mundialmente por seu romance “O Pequeno Príncipe”. Direção: Willian Sieverdt. Atuação: Mônica Longo e Guilherme Peixoto. Público: Adulto. Lotação: 60 pessoas. Duração: 50 minutos. Estreia: 2010

4) Teatro Lambe-lambe (Missiva, Miragem e El Viaje) – Três espetáculos de teatro de bonecos em miniatura, de curta duração, encenados dentro de caixas cênicas, assistidos por uma pessoa por vez. Atuação: Mônica Longo, Guilherme Peixoto e Laura Correa. Público: Livre. Lotação: 60 pessoas. Duração: 1h30. Estreia: 2009.

5) Flashes da Vida – Espetáculo solo e sem texto que usa a mímica, alguns adereços, onomatopéias e exíguo cenário para retratar situações cotidianas. Direção e atuação: Guilherme Peixoto. Público: Adulto. Lotação: 500 pessoas. Duração: 50 minutos. Estreia: 2007

6) Felizes para Sempre – Inspirado no conto homônimo de Eugenia Flavian e Gretel Eres Fernández, é uma visão contemporânea dos contos clássicos infantis, contada e cantada por menestréis através de objetos retirados de suas malas. Direção: Guilherme Peixoto. Atuação: Mônica Longo e Guilherme Peixoto. Público: infantil. Lotação: 250 pessoas. Duração: 50 minutos. Estreia: 2005

7) A Caixa – Espetáculo de teatro de animação livremente inspirado no livro “Clown”, de Quentin Blake. Sem texto falado, recria a linguagem visual utilizada nos desenhos animados, sensibilizando o público infantil e adulto. Direção: Guilherme Peixoto. Atuação: Mônica Longo e Guilherme Peixoto. Público: livre. Lotação: 300 pessoas. Duração: 40 minutos. Estreia: 2004

8) Oficina de Sensibilização para as Formas Animadas – Busca sensibilizar os participantes para a animação de objetos. Direcionada a arte-educadores ou interessados. Ministrante: Guilherme Peixoto. Público: adulto. Lotação: 20 pessoas. Duração: 3 horas. Estreia: 2007

 

De mudança

02 de junho de 2015 0

A empresa de comércio exterior Tektrade está de mudança para Itajaí. Alugou um depósito à margem da BR-101 e vai manter em Balneário Camboriú somente o escritório comercial. Com isto, a operação fiscal também passa a ocorrer em Itajaí.

A Tektrade está entre as maiores empresas do setor na região (é a número 355 no país), com uma movimentação anual de mais de R$ 300 milhões.

Em Portugal, ora pois!

02 de junho de 2015 0
Foto: Paulo Sergio Cabral, Especial

Foto: Paulo Sergio Cabral, Especial

 

A garotada da escola municipal Judith Duarte de Oliveira, de Itajaí, já está no Velho Mundo. Ainda em Lisboa, antes de embarcarem para os Açores (onde vão conhecer os meninos e meninas com que trocaram cartas nos últimos anos), eles conheceram os monumentos portugueses que homenageiam as grandes conquistas náuticas e deram um pulinho na edição lusitana da Volvo Ocean Race.

Em treinamento

02 de junho de 2015 0

Os militares do 23º Batalhão de Infantaria do Exército começaram ontem o treinamento para atuar no combate à dengue em Itajaí. A capacitação vai até amanhã.

As equipes começam a atuar na cidade no dia 16 de junho.

Petroleiros cobram resposta da Petrobras sobre fechamento da UO-Sul

02 de junho de 2015 0
Foto: Lucas Correia, Especial

Foto: Lucas Correia, Especial

 

Representantes da Federação Única dos Petroleiros (FUP) e do Sindicato dos Petroleiros de Santa Catarina, Paraná e Rio Grande do Sul têm reunião marcada hoje no Rio de Janeiro com a Gerência de Exploração e Produção da Petrobras para tratar do fechamento da UO-Sul em Itajaí.

Os trabalhadores reclamam que, até agora, não obtiveram respostas convincentes sobre os motivos que levaram à extinção da unidade um mês atrás – a única especializada em pesquisa por novos campos de trabalho no Sul do país, e a de melhor relação entre o número de funcionários e a produtividade.

Em Itajaí as transferências dos trabalhadores para Santos já começaram e devem ser concluídas até o fim de julho. Segundo informações que chegaram ao deputado estadual Leonel Pavan (PSDB), que tomou a frente da luta pró-UO-Sul na Alesc, parte dos trabalhadores já vê a situação como irreversível e colocou à venda imóveis que mantinha em Itajaí.

::: Leia mais sobre o fechamento da UO-Sul

O fechamento da UO-Sul provocou movimentação do empresariado, mas a mobilização política, que deveria ser capitaneada pelo governador Raimundo Colombo (PSD), ainda não teve resultado.

Recentemente chegou ao sindicato a informação extraoficial de que os embarques para as plataformas que hoje são feitos via Aeroporto de Navegantes também serão transferidos para o Aeroporto de Itanhaém (SP), que é hoje o ponto de embarque para quem atua em Santos. A Petrobras mantém uma área em Navegantes mediante concessão.

Surpreso

No último encontro do Sindicato dos Petroleiros com o presidente da Petrobras, Aldemir Bendine, na semana passada, os sindicalistas apresentaram um relatório mostrando o que é a UO-Sul e o impacto do fechamento para o Sul do país.

O presidente teria ficado “admirado” com a repercussão da saída da unidade. Mas não manifestou indicação de que poderia voltar atrás.