Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
 

Proposta exige que vereadores usem terno e gravata para trabalhar em Balneário

05 de junho de 2015 7

Sessão-Ordinária-fotos-Marcio-Gonçalves-43

 

O vereador Moacir Schmidt ( PSDB) resolveu reacender a polêmica sobre o dress code da Câmara de Vereadores de Balneário Camboriú. Incomodado com o desrespeito de alguns colegas do Legislativo às regras estabelecidas em uma lei de sua autoria, sancionada no ano passado, Moacir apresentou de novo o projeto.

O problema aconteceu, segundo ele, porque com a mudança na Lei Orgânica da casa ficou descrito apenas que os vereadores precisam se apresentar em trajes adequados, sem especificar o tipo de roupa.

A proposta apresentada pelo vereador – igual à lei já aprovada –, prevê que os parlamentares usem paletó e gravata. As mulheres têm mais opção: podem usar vestido, saia ou calça com blazer. De acordo com o projeto de resolução, quem não aparecer de acordo na sessão leva falta.

Moacir diz que, sem as regras bem claras, tem vereador usando “ camisa esportiva” nas sessões, o que na opinião dele atrapalha a seriedade dos trabalhos.

O fato é que a Câmara de Balneário tem assuntos mais sérios a tratar. A começar pela Comissão de Ética, que parece não ter avançado desde que foi criada, no início do ano.

Problemas que poderiam ser resolvidos, até, em mangas de camisa.

Comente e compartilhe

comentários

Comentários (7)

  • Thiago diz: 5 de junho de 2015

    No Congresso Nacional só tem engravatado (até o Tiririca) e vê se adianta alguma coisa… seriedade, caráter e ética não dependem da roupa…

  • Luis diz: 5 de junho de 2015

    Mais adiantaria se se despissem de suas relações com as construtoras, com as facilitações… Limpem-se por dentro, engravatar-se para parecer limpinho?? Esta é manjada! Atraso. Numa cidade que cresce sem lei, com mentecaptos propondo engordamento de praia por causa da sombra dos espigões … Terra de muita sacanagem, terra de Pavan & Cia.

  • Silvério diz: 5 de junho de 2015

    Que besteira, um país tropical que passa a grande parte do ano em temperaturas altíssimas, deveriam usar roupas leves e economizar com ar condicionado, isso sim. Traje não define caráter.

  • Gustavo diz: 5 de junho de 2015

    Esperem uns 2 anos que eles aprovam o auxílio paletó…

  • Ariberto diz: 5 de junho de 2015

    O hábito não faz o monge

  • Anisio diz: 6 de junho de 2015

    Depois desse projeto vem outro: o auxílio paletó. Vão alegar que não ganham o suficiente para comprarem os ternos.

  • Marcos diz: 6 de junho de 2015

    isto é uma vergonha, esses crapulas ordinários ao invés de proporem algo útil a cidade ficam inventando estas asneiras para matar tempo na famigerada camara de vereadores de BC.

Envie seu Comentário