Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
 

Posts do dia 12 junho 2015

Programa de feriado

12 de junho de 2015 0
Foto: Paula Satiko/ Divulgação

Foto: Paula Satiko/ Divulgação

 

O zoo do Parque Cyro Gevaerd, em Balneário Camboriú, abre as portas para visitação gratuita dos vizinhos itajaienses na segunda-feira, quando se comemora o aniversário de Itajaí e um providencial feriadinho de começo de semana.
Para curtir o passeio basta apresentar comprovante de endereço e documentos.

Prefeitura de Itajaí vai usar drone na fiscalização de trânsito

12 de junho de 2015 3
Foto: Nelson Robledo, Divulgação

Foto: Nelson Robledo, Divulgação

 

A prefeitura de Itajaí comprou um drone para ser usado na fiscalização de trânsito e elaboração de projetos de mobilidade e segurança pública. O “brinquedinho”, controlado a distância, vai ficar com os agentes da Codetran, mas poderá ser usado também pela polícia.

Além do atendimento de acidentes e monitoramento, a ideia é aplicar o equipamento também para visualização de focos de dengue em locais de difícil acesso, acompanhamento de obras e fiscalização das áreas de risco.

Os agentes terão que estar atentos ao uso em área aeroportuária, já que Itajaí está coladinha no Aeroporto de Navegantes. A utilização do equipamento ainda não é regulada no país.

Vereador leva campanha pelo Hospital Ruth Cardoso para as ruas

12 de junho de 2015 0
Foto: Divulgação

Foto: Divulgação

 

Depois de ter quebrado o protocolo e usado uma camiseta-protesto em prol do Hospital Ruth Cardoso nas últimas sessões da Câmara em Balneário, o vereador Marcelo Achutti (PP) resolveu levar sua campanha às ruas.

Ontem foi para a frente do hospital com faixas pedindo que o governo do Estado ajude no custeio da unidade. Nos próximos dias diz que vai distribuir adesivos para a comunidade numa tentativa de sensibilizar o governador.

Combate ao trabalho infantil

12 de junho de 2015 0

Hoje é o dia mundial de combate ao trabalho infantil, problema grave que atinge as cidades da região mas que não recebe ainda a atenção necessária.

Dois anos atrás o Santa trouxe uma reportagem especial sobre meninos que se expõex às ruas vendendo picolés em Balneário, Camboriú e Itajaí. De lá para cá, nada avançou – nem mesmo as estatísticas.

Políticas públicas para erradicação do trabalho infantil parecem, ainda, ser levadas na brincadeira.

Via Expressa Portuária: Obra para tirar o trânsito de caminhões-contêineres das principais avenidas de Itajaí segue sem data para sair do papel

12 de junho de 2015 2
Foto: Marcos Porto

Foto: Marcos Porto

 

O acidente com um caminhão-contêiner que por pouco não vitimou dois operários esta semana na Rua Reinaldo Schmithausen, em Itajaí, poderia ter sido evitado se já estivesse concluída a lendária Via Expressa Portuária. Sete meses após o novo plano de licitação para a obra, parada há três anos, ter sido apresentado em uma audiência pública, o edital até agora não foi lançado.

O último capítulo dessa história é um jogo de empurra que envolve o DNIT, responsável pela licitação, e a prefeitura de Itajaí, que ficou encarregada de apresentar o anteprojeto da obra. O DNIT alega não ter recebido ainda toda a documentação necessária. O município garante ter entregado tudo o que foi pedido pelo órgão federal.

::: Leia mais sobre a obra da Via Expressa Portuária
O fato é que o DNIT tem enfrentado entrave na liberação de verbas para uma série de obras no país – e, aparentemente, o caso da Via Expressa não é diferente. Do total de R$ 16 milhões previstos para a nova etapa de desapropriações, parte ainda não foi repassada. E o município, por sua vez, não avançou nas indenizações.


O processo de desapropriação do primeiro trecho está exatamente na metade: 111 imóveis foram indenizados, mas ainda faltam 110. A Via Expressa é muito provavelmente a obra portuária que mais impacta na vida do cidadão. Além de agilizar o transporte de cargas, tira das ruas o perigoso fluxo dos imensos caminhões, que já fez vítimas pelo caminho. Já passou da hora de a empreitada ser vista, pelas autoridades, com a importância que merece.

Pastores e padres se recusam a abençoar casamento coletivo de Itajaí porque um dos casais é homossexual

12 de junho de 2015 30

O Casamento Coletivo que vai unir 75 casais em Itajaí neste sábado não terá, pela primeira vez, bênção religiosa. Padres e pastores teriam se negado a participar da cerimônia oficial porque há pelo menos um casal homossexual inscrito.

Mais de um religioso foi consultado pela organização e a resposta foi negativa.

Esta é a primeira vez que um casal gay participará do enlace coletivo.

O cerimonial ficará a cargo de dois juízes de paz e a expectativa é que o casamento reúna de 1000 a 1500 convidados. Cada casal receberá fotos e concorrerá  ao sorteio de uma joia.

(Colaborou Camila Guerra)