Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
 

Se dependesse da bancada catarinense redução da maioridade penal teria sido aprovada no Congresso

01 de julho de 2015 16
Foto: Gustavo Lima, Câmara dos Deputados

Foto: Gustavo Lima, Câmara dos Deputados

 

A proposta de redução da maioridade penal de 18 para 16 anos em casos de crimes considerados graves foi rejeitada pelo Congresso na madrugada desta quarta-feira. Se dependesse apenas da bancada catarinense, porém, o projeto teria sido aprovado com folga. Dos 16 representantes de Santa Catarina na Câmara dos Deputados, 12 votaram a favor do polêmico projeto.

::: Cinco razões contra a redução da maioridade penal

O curioso é que não houve sequer consenso entre os partidos _ caso do PMDB, que teve entre os catarinenses cinco votos a favor e apenas um contrário, de Celso Maldaner.

A votação no Congresso foi acirrada. No total, 303 deputados votaram a favor da redução _ só cinco menos do que o necessário para a aprovação. A PEC recebeu 184 votos contra e 3 abstenções.

Nesta quarta-feira poderá ser votada a PEC original, na qual a redução da idade penal ocorreria para todos os crimes, e não apenas em casos de delitos graves ou hediondos, como previa a proposta que foi rechaçada pela Câmara.

Confira como votaram os deputados de Santa Catarina:

 

CONTRA

Celso Maldaner (PMDB)

Carmen Zanotto (PPS)

Decio Lima (PT)

Pedro Uczai (PT)

 

A FAVOR

Edinho Bez (PMDB)

Ronaldo Benedet (PMDB)

Valdir Colatto (PMDB)

Mauro Mariani (PMDB)

Rogério Peninha Mendonça (PMDB)

Jorge Boeira (PP)

Espiridião Amin (PP)

Jorginho Mello (PR)

Cesar Souza (PSD)

João Rodrigues (PSD)

Geovania de Sá (PSDB)

Marco Tebaldi (PSDB)

Comente e compartilhe

comentários

Comentários (16)

  • VITOR ILO HERZOG diz: 1 de julho de 2015

    IRRESPONSÁVEIS,COMO OS Q APROVARAM A CORREÇÃO DAS APOSENTADORIAS PELA CORREÇÃO DO SM. JOGAM P/ A TORCIDA…DEMAGOGOS,POIS DESINFORMADOS NÃO SÃO,COMO A MAIORIA DO POVO BRASILEIRO,INFELIZMENTE.

  • Jhes diz: 1 de julho de 2015

    Gente pelo amor né… Esse país está um caos… Menores matando pior que um adulto por que tem imunidade perante a lei… Esses fdp não assistem jornal? Quantos menores fazem o que querem e ainda zombam da lei… Esse país é uma vergonha internacional mesmo… Bandidos e políticos fazem o que querem e nós trabalhadores e honesto somos prejudicados. A desculpa foi que o país não tem suporte pra tanta marginalidade, mas por que será que chegou a tal ponto né? Não há investimento em nada nesse país… Há muito bandido na cadeia e não tem suporte? Tudo bem, e então por que não ter pena de morte? Pq não investiram no sistema carcerário? Pq não altera essas leis frouxas? Acho que sei a resposta de tudo isso, deve ser por que nesse país cidadão bom tem que se ferrar pra manter esses fdp no poder e ainda ficam de mãos atadas sem poder lutar pelo seus direitos de ir e vir nas ruas por querem esses marginais nas ruas.

  • Gabe diz: 1 de julho de 2015

    Eu quero é saber que foi que se absteve, estamos pagando salário de deputadosinho pra ele ficar indeciso? Ou sim ou não, e se está em dúvida vai estudar os prós e contras de cada proposta! Mereço mesmo…

  • Aos traidores do Povo catarinense: diz: 1 de julho de 2015

    A cabeça de vocês irá ROLAR nas próximas eleições. Vocês traíram o povo que os elegeu e que clama pela mudança.

    Cada catarinense que for vítima de um bandido menor de idade será de responsabilidade de vocês.

    Catarinenses, guardem estes nomes:

    Celso Maldaner (PMDB)
    Carmen Zanotto (PPS)
    Decio Lima (PT)
    Pedro Uczai (PT)

    Precisamos varrer estes quatro da política.

  • math diz: 1 de julho de 2015

    Celso Maldaner (PMDB)
    Carmen Zanotto (PPS)
    Decio Lima (PT)
    Pedro Uczai (PT)

    As velhas raposas fazendo jus a suas histórias. Bando de vagabundo. Se bem que quem votou nesses trapos, são em maioria contra a redução mesmo.. Estão felizes e satisfeitos com o quadro atual.

  • Jackson diz: 1 de julho de 2015

    O nível dos nosso deputados catarinenses, precisa melhorar bastante para chegar perto do bom, incompetentes, analfabetos funcionais, como os mais de 150 milhões que temos no Brasil, muitos que são se mostram favoráveis a redução da idade, se quer conhecem as responsabilidades constitucionais de cada ente federativo, as idades inicias e médias de escolaridade, são de responsabilidade dos Municípios e Estados, ou seja, que tem falhado na educação dos jovens, são estes entes, dos quais grande parte destes que votaram favoráveis apoiam ou estão ligados diretamente, me perdoem, preciso respeitar a opinião contrária, no entanto, a baixa capacidade cognitiva de alguns nos fazem acreditar que somos uma País sem cultura, lembrando que: ” NEM SEMPRE QUEM TEM ESTUDO TEM CULTURA, MAS SEMPRE QUEM TEM CULTURA TEM ALGUM ESTUDO” deprimente ver que o apoio vem de quem não tem moral e assiste filmes pornôs, durante seu exercício de mandato, o que faz e assiste fora do exercício, não me interessa, mas durante me importa e muito

  • Jackson diz: 1 de julho de 2015

    Mais uma vez peço desculpas, na ânsia de uma resposta qualificada, me fizeram cometer equívocos ortográficos, o que não influenciam nos pensamentos ! equívocos ortográficos, diferem em muito da baixa capacidade cognitiva de assimilar a informação, processar e avaliar as informações, interpretar as informações

  • Ramon diz: 1 de julho de 2015

    Marcos Mariano · UFSC e que a violência não chegou a sua casa pois estamos na mão dos bandido por se de menor não acontece nada
    vai ver um pouco de televisão ou melhor ler um pouco de jornal hora chamado de (jornal sangrento ) só tragédia

  • JSantos. diz: 1 de julho de 2015

    Mas, são bem burros nessa bancada, os que votaram pela maioridade penal aos 16 anos, pois isso não existe em outros países, exceto em alguns Estados dos EUA. Na Itália, por exemplo, a imputabilidade penal do menor inicia aos 14 anos e aqui aos 12, mas tanto na Itália, Inglaterra, Alemanha, e demais países da Europa, o infrator só responde pelos crimes cometidos, de forma mais severa, depois dos 21 anos de idade. Nao confundam responsabilidade penal de menor de 18 com maioridade penal aos 16. Nos demais países do mundo também há o ECA deles. Aqui no Brasil os menores respondem mais cedo e com maior pena do que na maioria dos países de primeiro mundo.

  • P.Lima diz: 1 de julho de 2015

    O Estado tem sim não apenas o direito, mas a OBRIGAÇÃO de punir as condutas consideradas como crimes pelos códigos. Todas elas (desde corrupção de ente político até homicídio). Os impostos pagos por quem trabalha também serve para isso. É justificável dizer que já que “todos tem sua parcela de culpa”, vamos todos aceitar as condutas crimonosas? Infelizmente, quanto mais se defende a impunidade utilizando argumentos “humanitários”, mais afundamos como exemplo de direitos humanos. Sugiro que os defensores dos “direitos humanos” das supostas “vítimas sociais” de 16 e 17 anos que estupraram, torturaram e mataram barbaramente procurem conhecer melhor o perfil deste tipo de infrator, pois é notório que a maioria dos defensores das “crianças inocentes” nunca esteve em contato nem com as vítimas, muito menos com um deles. Lamentável. A impunidade é o pior dos crimes.

  • P.Lima diz: 1 de julho de 2015

    Vejamos se entendi um dos argumentos acima: devemos primeiramente eleger políticos que consigam o prodígio de instaurar o purgatório e PARAÍSO TERRENO, já que todos os menos de 16 e 17 anos que estupram e matam são VÍTIMAS DA SOCIEDADE CORROMPIDA. Além disso, devemos DIVIDIR FRATERNALMENTE o tal “dinheiro sujo” dos pais dos infratores que não nasceram miseráveis, já que todos que tem algum dinheiro, certamente é de origem suja. Dinheiro limpo, só dos que ganham benefícios sociais, certo?

  • neto diz: 1 de julho de 2015

    Marginal e vagabundo não tem idade, a lei tem que ser feito para todos independente da idade, cada um sabe o que é certo e o errado, faz quem quer, fez errado tem que pagar, se o nosso país fosse um mais desenvolvido, teríamos pena de morto também.

  • marco macedo diz: 1 de julho de 2015

    Não votei em nenhum deles na última eleição, nem na Dilma, mas, DEP Décio lima, DEP Celso Maldaner parabéns pela coragem, um voto está garantido. A caravana passa e os cães continuam latindo, mesmo sem saber porque. Dados, indices oficiais, desafiam os comentaristas acima. Só falaram bobagens.

  • Cristal Madureira diz: 2 de julho de 2015

    o Brasil é o país dos remendos mesmo, não é a toa que a CF é uma colcha de retalhos de tanta emenda. As coisas no nosso País são resolvidas sempre na consequência e nunca na causa e o povo vai todo atrás. Quando o Estado é omisso a criminalidade toma conta. Essa lei é pura demagogia pra fazer voto. Eita povo tosco.

  • leonardo diz: 3 de julho de 2015

    da quadrilha esse foi o unico que vi que nao votou como na cartilha Weliton Prado-pt provavelmente proxima eleiçao ta sem partido,nas pesquisas 87% DA POPULAÇAO QUER MAS 13% GANHA ISSO QUE E UMA DEMOCRACIA COMPRADA VENDIDA,,GOSTAM TANTO DE COPIAR LEIS DOS EUA, MAS SO AS QUE NAO PRESTAM TIPO VAMU LIBERAR AS DROGAS,AS ARMAS PROS BANDIDO(PAI DE FAMILIA,TRABALHADOR QUE SE LASQUE) ISSSSSOOOO E BREZIL

  • leonardo diz: 3 de julho de 2015

    tudo bem deixe as leis como tao so me libera o porte de arma,para quando sair nas ruas ter o minimo de direito de defesa ok,e sobre a maioridade a vida num pais como o brezil nunca vai ser clausula pétrea hipocritas(oab,direito dos manos congresso e compania)

Envie seu Comentário