Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
 

Crise no Porto de Itajaí provoca nova rodada de demissões

02 de julho de 2015 2
Foto: Lucas Correia, Especial

Foto: Lucas Correia, Especial

 

O Órgão Gestor de Mão de Obra do Porto de Itajaí (Ogmo) vai reduzir o número de funcionários em 40% até o fim do mês. O corte atingirá 17 pessoas, entre trabalhadores do setor administrativo e do atendimento de emergências médicas – neste caso, um convênio com uma empresa especializada deverá suprir o serviço.

As demissões são mais uma consequência da perda de linhas do Porto de Itajaí, que terá a movimentação de contêineres reduzida pela metade a partir de agosto _ a maior parte da movimentação será transferida para a Portonave, em Navegantes. Na semana passada a APM Terminals, arrendatária do porto, também demitiu 30 funcionários do setor administrativo.

::: Leia mais sobre a crise no porto

A expectativa é pela solução que está sendo estudada para redução de custos na Superintendência do Porto de Itajaí, que tem 14 comissionados e quase 180 servidores concursados.

 

Comente e compartilhe

comentários

Comentários (2)

  • VITOR ILO HERZOG diz: 2 de julho de 2015

    SIM, MAS A PROPAGANDA,INCLUSIVE DA IMPRENSA,DIZIA Q ITAJAÍ E SC TINHAM O MELHOR PORTO DO BRASIL…ESTÁ SECANDO A TETA ? MUITA PROPAGANDA NESTE ESTADO Q DIZEM SER MELHOR EM TUDO E ILUDE MUITA GENTE INOCENTE, ÚTIL..

  • Tais Marques diz: 2 de julho de 2015

    são 24 comissionados no porto – a lei de Itajaí 278 de 2015 diz isso.

Envie seu Comentário