Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
 

Parceria inédita vai instalar câmeras para monitoramento ambiental em Balneário Camboriú

06 de julho de 2015 0
Foto: Marcos Porto

Foto: Marcos Porto

 

A Polícia Militar vai instalar 40 câmeras na região da Área de Proteção Ambiental (APA) Costa Brava, que inclui as praias agrestes de Balneário Camboriú. A proposta é monitorar os crimes ambientais de que a região é vítima, especialmente o descarte de resíduos da construção civil. Mas os equipamentos ajudarão, também, a coibir todos os outros tipos de abuso: da violência ao abandono de animais de estimação.
A ideia inicial do projeto havia sido apresentada pelo promotor André Otávio Vieira de Mello, responsável pelas demandas de meio ambiente na cidade, após uma reunião com a comunidade no ano passado. A instalação resultará de um convênio entre Ministério Público, Estado e município, em um modelo inédito de parceria. De acordo com o coronel da Polícia Militar Vânio Dalmarco, coordenador estadual das Centrais de Emergência, nunca antes havia sido feito no Estado um acordo semelhante com o MPSC a partir da Promotoria de Meio Ambiente.

O Ministério Público fará a aquisição das câmeras, custeadas por meio de medidas mitigatórias em processos ambientais e em Termos de Ajustamento de Conduta (TACs). A prefeitura vai instalar o sistema de fibra ótica e o Estado o restante do equipamento. O monitoramento será feito pela Polícia Militar e pela Guarda Municipal.
A intenção do Estado é que a implantação do sistema ocorra na próxima temporada, mas isso dependerá dos trâmites de licitação. O estudo para escolha dos pontos de instalação das câmeras já foi concluído, e o Estado não descarta a possibilidade de colocar mais equipamentos no futuro caso seja necessário.

Comente e compartilhe

comentários

Envie seu Comentário