Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
 

Lei é lei

11 de julho de 2015 0

A permanência dos camelôs em área pública é uma ilegalidade que, ano após ano, beneficiou-se de “ vistas grossas” por parte da prefeitura.
O fato é que o comércio popular cresceu em local impróprio, em plena área histórica.

Praça é bem público e jamais deveria ter sido loteada. Cabe ao município, enfim, fazer cumprir a lei.

Comente e compartilhe

comentários

Envie seu Comentário