Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
 

Acordo com Petrobras: Univali vai coordenar monitoramento de animais na costa Sul e Sudeste do país

27 de julho de 2015 1
Foto: Projeto Tamar

Foto: Projeto Tamar

 

A Univali e a Petrobrás assinam nesta terça-feira convênio para monitoramento de aves e animais marinhos nas áreas onde há atividades de produção e escoamento de petróleo e gás natural. A universidade coordenará as atividades, que também terão apoio de outras instituições no Sul e Sudeste do país.

O convênio é condicionante do licenciamento ambiental para produção de Petróleo no pré-sal para a Bacia de Santos. O acordo já havia sido previamente anunciado pelo gerente-geral da Unidade de Exploração e Produção da Bacia de Santos, Osvaldo Kawakami, durante a audiência pública que discutiu o fechamento da UO-Sul em Itajaí, no mês de abril.

Monitoramento

A rede fará monitoramento diário de 800 quilômetros da costa brasileira, de Ubatuba (SP), até Laguna. As atividades incluem resgate, atendimento veterinário e reabilitação de aves, tartarugas, baleias e golfinhos.

Serão disponibilizados pela estatal 50 carros, e cinco unidades de estabilização serão construídas nas cidades de São Sebastião, Baixada Santista (SP), São Francisco do Sul, Penha e Laguna. Além de cinco unidades de reabilitação, nas cidades de Ubatuba, Guarujá, Ilha Comprida (SP), Pontal do Paraná (PR) e Florianópolis, e de três bases de apoio em Praia Grande (SP), Ilha do Superagui (PR) e Imbituba. 400 profissionais atuarão nas atividades.

Doze instituições estão envolvidas no projeto: Associação R3 Animal, Instituto Argonauta, Instituto Gremar, Instituto de Pesquisas Cananeia (Ipec), Universidade da Região de Joinville (Univille), Universidade do Estado de Santa Catarina (Udesc), Universidade de São Paulo (USP), Universidade Federal do Paraná (UFPR), Projeto Baleia Franca, Projeto Biopesca, e Projeto Tamar de SC e de SP. A expectativa é de que as atividades de monitoramento de campo tenham inicio no final de agosto.

Comente e compartilhe

comentários

Comentários (1)

  • Paulo Ricardo Gralha Schild diz: 12 de agosto de 2015

    Gostaria de me por a disposição deste importante trabalho. Sou presidente do Instituto Mente Sã, em Navegantes SC. Fazemos um trabalho ambiental na praia do Gravatá e região, através de mutirões de limpeza da praia e monitoramos os animais que aparecem mortos em nossa praia . Também realizamos palestras nas escolas com a temática relacionada ao meio ambiente e os impactos causados pelo lixo na natureza. Temos um acervo de bonecos, feitos de garrafas Pets que se encontra já a três meses em exposição na Univali . Esta importante Instituição de ensino conhece e apoia nosso trabalho. Como podemos fazer para unir forças e agregar ajuda a este projeto?

Envie seu Comentário