Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
 

Investigação da Parada Obrigatória contou com quebra de sigilo do Whatsapp

06 de agosto de 2015 0

Além da tradicional quebra de sigilo telefônico, o Gaeco pediu desta vez acesso às mensagens transmitidas via Whatsapp pelos investigados na Operação Parada Obrigatória.

Descobriram, inclusive, ameaças envolvendo um dos indiciados feitas através do aplicativo. Sinal de novos tempos?

Aliás

O prefeito Jandir Bellini (PP) dizia, até então, que não podia tomar atitudes em relação à Operação Parada Obrigatória por não conhecer o teor da investigação. Com o inquérito vindo à tona, e três nomes que passaram pelo governo indiciados, é hora de tomar uma posição.

::: Leia aqui como funcionava o esquema de corrupção, de acordo com o inquérito

Comente e compartilhe

comentários

Envie seu Comentário