Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
 

Gaeco prende mais um agente público em Itajaí

28 de agosto de 2015 1

O Grupo de Atuação Especial do Combate ao Crime Organizado (Gaeco) cumpriu nesta sexta-feira um novo mandado de prisão temporária decorrente das investigações da Operação Dupla Face. Desta vez o alvo foi o procurador do município, Ricardo Bittencourt.

Também foram cumpridos quatro novos mandados de busca e apreensão _  pelo menos um deles na Procuradoria Geral da prefeitura de Itajaí.

Prisões prorrogadas

A Justiça decidiu estender a prisão temporária de um dos agentes públicos presos, e converteu a prisão de outros dois em preventiva, por tempo indeterminado. Com isto, a expectativa de que o ex-procurador Rogério Ribas, o ex-secretário de Habitação, Sadi Pires, e o ex-secretário de Urbanismo, Paulo Praun, pudessem deixar a prisão ainda nesta sexta-feira foi afastada.

O ex-secretário de Planejamento, Orçamento e Gestão, Douglas Cristino, foi detido em prisão preventiva e já não tinha data prevista para sair da prisão.

Os quatro estão sendo mantidos na ala de isolamento da Penitenciária da Canhanduba, em Itajaí.

Comente e compartilhe

comentários

Comentários (1)

  • ANIRTO ERNESTO DA SILVA diz: 29 de agosto de 2015

    A prisão de qualquer bandido é humilhante a família, principalmente as que não tem o
    conhecimento e ou imaginem o envolvimento de um familiar nas roubalheiras e falcatruas
    que envolvem dinheiro do povo. Mas os membros da Prefeitura envolvidos, deveriam estar soltos, mas sobre total controle policial, e suas fotos divulgadas pelos meios de comunicação para que todos conhecessem estas pessoas de mal caráter,desonestas com o povo e ser rejeitado por qual empresa da região. Os concursados ( protegidos ) deveriam também perder seus direitos e irem trabalhar como qualquer outro cidadão que comete erros em nossa sociedade.

Envie seu Comentário