Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
 

Posts de setembro 2015

Deputado catarinense propõe que dinheiro da corrupção seja destinado à Polícia Federal

30 de setembro de 2015 4
Foto: Divulgação

Foto: Divulgação

 

 

O deputado federal Fabrício Oliveira (PSB) protocolou um projeto de lei no Congresso Nacional que torna obrigatória a destinação de 10% do dinheiro recuperado de crimes de lavagem de dinheiro, corrupção ativa e passiva para aparelhamento da Polícia Federal.

A proposta, segundo ele, é para fortalecer a instituição e sanar o que chamou de “as feridas da corruoção” no Brasil.

Vídeo: Assista ao momento em que vereadores deixam o plenário em protesto em Itajaí

30 de setembro de 2015 4

O protesto silencioso dos vereadores de Itajaí, que se retiraram do plenário após a posse do vereador Sadi Pires (PMDB), foi registrado em vídeo pela Câmara. Disponibilizadas no canal da Casa no Youtube, as imagens mostram o momento em que os parlamentares se levantam, depois do juramento do novo vereador.

 

 

Sadi Pires decidiu que não vai falar sobre a manifestação dos colegas de plenário por enquanto. Parentes e amigos o acompanhavam durante a posse.

O novo vereador foi um dos presos da Operação Dupla Face, deflagrada pelo Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (Gaeco) no dia 24 de agosto, e acabou exonerado do cargo de secretário. Liberado dias depois, foi beneficiado na Câmara pela prisão do vereador Afonso Arruda (PMDB), de quem era suplente. Arruda, que segue preso, também está entre os detidos da mesma operação.

Em nota à imprensa, Sadi Pires informou que não foi indiciado (até porque o inquérito segue em andamento). Portanto, não há qualquer impedimento legal para que assuma o posto.

Navegantes poderá ter único voo ligando SC a Foz do Iguaçu

30 de setembro de 2015 8
Foto: Marcos Porto

Foto: Marcos Porto

 

O Aeroporto de Navegantes poderá ter a única linha aérea a ligar o Estado com Foz do Iguaçu (PR). O pedido foi feito oficialmente nesta terça-feira, em uma reunião convocada pela Associação Empresarial de Navegantes (Acin) que contou com lideranças regionais e estaduais. A ideia é que SC integre o corredor turístico usado pelos turistas que vêm de todo o mundo para conhecer o Brasil.

Valdir Walendowsky, presidente da Santur, foi quem levantou a proposta – que, segundo ele, é um pedido dos operadores de turismo internacionais. Hoje, quem vem da Europa, por exemplo, costuma fazer um roteiro aéreo que inclui a Amazônia, o Rio de Janeiro, o Pantanal, no Mato Grosso, e Foz. Por falta de opções de linhas aéreas, Santa Catarina fica fora do trajeto.

O trade turístico de Foz, interessado em receber também os catarinenses por via aérea,é parceiro na solicitação. A indicação de Navegantes foi pela posição estratégica do aeroporto e conta com o apoio do superintendente local da Infraero, Edson Antunes Nogueira. Apesar da necessidade de ampliação, o terminal, segundo ele, já tem condições de receber novos voos.

Justiça homologa acordo de colaboração premiada na Operação Parada Obrigatória

30 de setembro de 2015 0

A Justiça homologou o acordo de colaboração premiada do empresário Julio Cesar Fernandes, dono do pátio que prestava serviço à prefeitura de Itajaí durante os fatos investigados pela Operação Parada Obrigatória.

Fernandes, que está entre os denunciados pelo Ministério Público à Justiça, é considerado testemunha-chave para esclarecer os fatos relacionados à operação, que investigou o órgão de trânsito de Itajaí, a Codetran.

Na segunda-feira, a falta de homologação o impediu de falar o que sabe à CPI da Codetran. Julio disse aos vereadores que assim que o acordo fosse aceito pela Justiça, voltaria para prestar depoimento.

Vereadores abandonam sessão em protesto após Sadi Pires assumir vaga no Legislativo em Itajaí

29 de setembro de 2015 1
Foto: Davi Spuldaro, Divulgação

Foto: Davi Spuldaro, Divulgação

 

Atualizada

 

Vereadores que participavam da sessão da Câmara em Itajaí nesta terça-feira deixaram o plenário em protesto após o ex-secretário de Habitação de Itajaí, Sadi Pires (PMDB), tomar posse de uma das cadeiras do Legislativo. Apenas as vereadoras Anna Carolina (PRB), que presidia a sessão, e Neusa Geraldi (PMDB) permaneceram após o juramento do novo parlamentar. Sem quórum mínimo de sete pessoas, os trabalhos foram suspensos e só serão retomados na quinta-feira.

O ato simbólico uniu situação e oposição _ um fato inédito na Câmara de Itajaí. Aderiram ao protesto os vereadores Thiago Morastoni, Rafael Dezideiro (PRP), Laudelino Lamin (PMDB), Acácio da Rocha (PSDB), Maurílio Moraes (PDT), Calinho Mecânico (PP), Giovani Felix (PT), Vanderley Dalmolin (PP), Osvaldo Mafra (SD) Tonho da Grade (PP), e Márcio Dedé (PSDB).

Sadi foi um dos presos da Operação Dupla Face, deflagrada pelo Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (Gaeco) no dia 24 de agosto, e acabou exonerado do cargo de secretário. Liberado dias depois, foi beneficiado na Câmara pela prisão do vereador Afonso Arruda (PMDB), de quem era suplente. Arruda, que segue preso, também está entre os detidos da mesma operação.

Nesta terça-feira à tarde, um pouco antes da sessão, a assessoria de Sadi Pires encaminhou nota à imprensa dizendo que, como não foi indiciado (o inquérito segue em andamento), não responde judicialmente por atos relacionados à operação. Adiantou, porém, que como os inquéritos das operações Dupla Face e Parada Obrigatória (na qual aparece em uma das ligações interceptadas pelo Gaeco) estão em segredo de Justiça, não vai se pronunciar sobre nenhuma das investigações.

“Sei que muitos estão fazendo politicagem, alegando varias situações sem provas, distorcendo fatos e prejudicando o andamento do inquérito (…). Assumo tranquilo, certo que a verdade prevalecera e que tudo será esclarecido no seu tempo”, afirma na nota.

A impossibilidade legal de falar a respeito das operações foi o argumento usado na segunda-feira por Sadi para esquivar-se de depor à CPI da Codetran. Será intimado novamente a comparecer na próxima segunda-feira, o que trará aos membros da comissão a inusitada tarefa de inquirir um de seus pares.

Denunciado

Sadi assume o cargo com um “pé” na Comissão de Ética. Terminada a sessão a vereadora Anna Carolina apresentou à comissão uma denúncia contra ele, por ter sido citado entre os investigados.

A assessoria de Sadi Pires disse que ele só se manifestará a respeito na quinta-feira.

Vale dizer que o próprio PMDB estava reticente quanto à posse de Sadi. Logo após a prisão de Afonso Arruda, a presidente do partido em Itajaí, Eliane Rebello, disse que tentaria demovê-lo da ideia de assumir o posto até o fim das investigações.

Correção: Até 21h17min de terça-feira o blog informou que a denúncia contra Sadi Pires na Comissão de Ética havia ocorrido durante a tarde. Na verdade, foi protocolada após a sessão.

 

Paulinho Bornhausen: "Itajaí não pode ser rota de fuga"

29 de setembro de 2015 7
Foto: Cristiano Estrela, Arquivo

Foto: Cristiano Estrela, Arquivo

 

Desde que mudou-se com a família para Itajaí, no fim de julho, Paulinho Bornhausen (PSB) evita falar abertamente sobre uma possível candidatura a prefeito. O assunto, entretanto, é uma constante na cidade.

Um dia após Décio Lima (PT) ter confirmado que também  mudou o domicílio eleitoral para Itajaí, Paulinho admitiu que estará envolvido nas próximas eleições municipais na cidade mas evitou, novamente, afirmar ser pré-candidato por dizer ainda não é hora para essas definições.

Em entrevista ao blog, disse que foi a família, e não a política o que determinou sua vinda para Itajaí e afirmou que a cidade não pode ser “rota de fuga”.

 

Já se decidiu sobre uma possível candidatura em Itajaí?

Tomei essa decisão de mudar para Itajaí por uma questão de vida, de família. Já encaminhamos a mudança de registro eleitoral, mas a decisão sobre uma possível candidatura não depende de uma pessoa, mas do partido, de uma conjuntura local. Não estou em rota de fuga, não estou preocupado com o “tsunami” de 2016. O que existe, de minha parte, é o entendimento de que Itajaí tem que estar em primeiro lugar, não pode ser rota de fuga.

Acredita que sua mudança para Itajaí possa ter sido decisiva para a mudança de domicílio eleitoral de Décio Lima (PT)?

Ele é experiente, mas eles (o PT) é que têm que estar preocupados com 2016. Não têm candidato em Itajaí, então me parece que é mais uma questão interna, partidária. Se o PT quer ter um candidato, é um bom nome.

Você tem participado da vida da cidade. Quais são as demandas de Itajaí?

Como eleitor, digo que Itajaí está preocupada com o futuro, em melhorar a qualidade de vida. É o que tenho escutado nas conversas. Precisa olhar para o futuro e executar o que tem que ser executado. É um sentimento geral. Nessa crise, as pessoas mais humildes são as que sofrem mais.Itajaí precisa discutir uma eleição em cima de projetos de futuro. O que não foi feito não foi feito, o que pode ser feito e para onde se vai é a agenda que tem que ser feita. Itajaí tem feito o dever de casa, mas pode ir muito mais longe.

Tem sido pressionado para se candidatar?

Vou participar ativamente da eleição em Itajaí, não necessariamente como candidato. Não me sinto pressionado, mas convidado, algumas vezes convocado. Mas entendo que, na vida pública, tudo a seu tempo. Não se pode antecipar uma discussão. Essa agenda das eleições é dos políticos, ainda não é (preocupação) do cidadão.

Frase do dia

29 de setembro de 2015 0

“Pena que nem todos os motoristas multados recorreram, porque todos os recursos foram deferidos. Foi multa demais, sim” _ do ex-secretário de Administração e presidente da 2 ª Junta de Recursos de Itajaí, Nelson Abraão de Souza, sobre a enxurrada de pedidos apresentados por motoristas multados em semáforos sem temporizador no ano passado. Ele foi questionado sobre o caso durante o depoimento à CPI da Codetran.

Marina Itajaí inaugura em novembro com 330 vagas

29 de setembro de 2015 2
Foto: Marcos Porto

Foto: Marcos Porto

 

A data de inauguração da Marina Itajaí foi anunciada nesta segunda-feira à noite durante reunião itinerante da Associação Empresarial de Itajaí ( ACII).
A estrutura será aberta oficialmente no dia 20 de novembro.

Antes disso, porém, já estará funcionando para auxiliar no receptivo aos barcos da Regata Jacques Vabre, a partir de 1 º de novembro. Nesta primeira fase serão oferecidas 330 vagas, 160 secas e 170 molhadas – 50 já estarão ocupadas com embarcações que vão desde motos aquáticas até iates com mais de cem pés.

Os principais clientes da Marina, no momento, são dos três estados do Sul. Gente disposta a pagar mensalidades que variam de R$ 600 a R$ 6 mil para manterem as embarcações em Itajaí.

Manuel Carlos Maia de Oliveira, diretor do Complexo Marina Itajaí, diz que novas negociações estão em andamento e que devem intensificar após a abertura. Afirma que a crise não chegou a afetar as expectativas que cercam o empreendimento porque o Brasil carece de vagas de marinas, em especial no Sul do país.

A primeira fase da Marina concentrará as principais construções necessárias para o funcionamento. Salas comerciais e o boulevard ficarão para a segunda etapa do empreendimento, que poderá ter até 900 vagas para embarcações.

A marina abre as portas com cerca de cem funcionários, entre empregados diretos e indiretos. Com a lotação das primeiras 330 vagas, o número deve saltar para mais de 2 mil.

Sustentável

Uma empresa do Bahrein é responsável pela instalação de uma usina de geração de energia eólica na Marina Itajaí. A fonte alternativa vai abastecer toda a estrutura de LED do empreendimento. É a primeira marina do Brasil a utilizar esse tipo de tecnologia.

Com vista

Tiago e Mello e Rafael Pinheiro, sócios que comandam o restaurante Zen, de Joinville, são os responsáveis pelo restaurante da Marina Itajaí, o Zephyr, que abre no dia 1 º de novembro.

O menu está a cargo do chef André Fontana, que promete surpreender : incluiu nas especialidades da casa pratos tailandeses e indonésios.

Hospital Marieta vai voltar a reservar leitos de UTI para pacientes cardíacos

29 de setembro de 2015 2

O Hospital Marieta, que até então não admitia o fechamento da UTI coronariana denunciado pelos médicos cardiologistas, anunciou após uma reunião na 13 ª Promotoria de Justiça em Itajaí que deverá reservar quatro leitos de UTI para atendimento exclusivo de pacientes cardíacos.

Também vai deixar um cardiologista de plantão para atender pacientes do SUS, convênios e particulares – a falta de um plantonista da especialidade era o que causava maior preocupação entre as mudanças implantadas pela direção do hospital.

Vereadora pede formalização de prazo para regularização da zona azul

29 de setembro de 2015 1

A vereadora Anna Carolina Martins ( PRB) propôs uma alteração na lei que determina o prazo para regularização do estacionamento rotativo em Itajaí.
Quer que seja previsto o pagamento em até 48 horas, como era permitido pela empresa até recentemente.

Nos últimos dias a concessionária Hora Park passou a seguir o que determina o texto da lei atual e a permitir a regularização em um prazo de apenas duas horas – o que tem causado reclamação por parte dos motoristas.

Como a mudança de postura da empresa ocorreu sem aviso prévio, tem causado muita reclamação na cidade.