Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
 

Polícia Federal faz vistoria para viabilizar alfandegamento no píer de Porto Belo

08 de outubro de 2015 1
Foto: Everton Palaoro, Divulgação

Foto: Everton Palaoro, Divulgação

 

Um grupo de representantes da Polícia Federal, coordenados pelo delegado Ricardo Dottori Gaspar e pelo chefe do departamento de Imigração, Germano Di Cicero Miranda, fez esta semana uma visita técnica à Instalação Portuária Turística de Porto Belo ( IPT).

A vistoria é a última fase da análise da PF para possibilitar o alfandegamento, o que poderá abrir portas para que a cidade receba mais navios.

Nesta sexta-feira será a vez de técnicos da Antaq conhecerem o receptivo.

Cerca de 80 mil pessoas, entre passageiros e tripulantes, são esperadas em Porto Belo para a próxima temporada de cruzeiros. Com 28 escalas programadas, a cidade volta a ser a primeira no Estado em número de atracações de transatlânticos.

Comente e compartilhe

comentários

Comentários (1)

  • Renato diz: 8 de outubro de 2015

    Polícia Federal?!? O alfandegamento não compete à Receita Federal do Brasil?
    E só para registro, o único terminal de passageiros alfandegado é o de Itajaí. Essas escalas em Porto Belo são uma verdadeira gambiarra. Desloca-se o pessoal da Receita Federal e Polícia Federal quando chega um navio para um local sem estrutura adequada.
    E para colocar mais ingredientes nesse caldo, temos ainda o pessoal da Anvisa e do Ministério da Agricultura que também devem estar presentes a fim de resguardar a entrada de alimentos, animais, pessoas portadoras de doenças etc etc…
    Já está na hora dos órgãos públicos se organizarem e resolverem logo esse problema. Porto Belo recebe transatlânticos há anos, mais o dito alfandegamento parece ser uma empreitada maior que mandar o homem para Marte!
    Coisas que só acontecem do lado de baixo do Equador!

Envie seu Comentário