Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
 

Justiça condena morador de Porto Belo que abandonou cão sem comida e água

09 de novembro de 2015 1

O Ministério Público conseguiu na Justiça a condenação de um morador de Porto Belo por crime de maus-tratos a animal. Ele é acusado de ter deixado um cão ao relento em uma construção, sem água e comida, entre dezembro de 2011 e janeiro de 2012.

Testemunhas disseram, na época, que ele tinha a intenção de provocar a morte do bichinho.

Tratado por vizinhos, o cão sobreviveu e ganhou um novo lar.

O caso, porém, “ saiu barato” para o dono: foi condenado a três meses de prisão em regime semiaberto, revertidos em prestação de serviços à comunidade.

Comente e compartilhe

comentários

Comentários (1)

  • Sofia diz: 9 de novembro de 2015

    Três meses em regime semi aberto é pouco, tinha que ficar preso sem comida e água pra ver como é bom e ficar na chuva.Fazer uma crueldade com um anjo indefeso e ser um covarde nojento.

Envie seu Comentário