Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
 

Silêncio na CPI

01 de dezembro de 2015 1

Após pelo menos três convocações, o consultor técnico do órgão de trânsito de Itajaí, Willian Gervasi, compareceu ontem à CPI da Codetran. Acompanhado pelo advogado, ele decidiu não responder aos questionamentos dos vereadores.

Porém, se comprometeu a prestar esclarecimentos assim que for interrogado pela Justiça – a audiência está marcada para 17 de fevereiro.
O primeiro depoente do dia, João Jorge Fernandes Junior, irmão do dono do pátio de veículos apreendidos da prefeitura Julio César Fernandes, não apareceu.

(Por Maikeli Alves)

Comente e compartilhe

comentários

Comentários (1)

  • Renato diz: 1 de dezembro de 2015

    As vezes me pergunta a utilidade de uma CPI… Depoentes faltam, quem resolve aparecer se reserva o direito de ficar em silêncio… uma várzea. Se a Justiça já está apurando o caso não vejo necessidade de uma CPI para o mesmo assunto. Parece perda de tempo.

Envie seu Comentário