Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
 

Porto turístico de Balneário poderá operar cruzeiros para a "terra del fuego"

14 de dezembro de 2015 4
Foto: Reprodução

Foto: Reprodução

 

O projeto do BC Port, porto turístico de transatlânticos de Balneário Camboriú, será apresentado na Sea Trade Cruise, feira mundial do setor de cruzeiros que ocorre em março em Fort Lauderdale (EUA). A empresa PDBS, detentora do projeto, tenta firmar parcerias com armadores que ainda não operam no mercado brasileiro, como a Norwegian Cruise Lines, operadora de Miami (EUA) que foi a pioneira em cruzeiros no Caribe.

O convite foi feito pela Associação Brasileira de Cruzeiros Marítimos (Abremar), que manifestou apoio ao projeto. A proposta a ser oferecida é de um novo roteiro para os operadores a partir de Balneário Camboriú, com paradas em Punta de Leste, Ushuaia e Buenos Aires – o cruzeiro da “Terra del fuego”. A PDBS propõe que novos operadores se instalem em Balneário.

A empresa já tem manifestações de interesse dos operadores brasileiros, que poderão usar Balneário como parada estratégica para rotas que seguem rumo aos países do Mercosul. Com isto, há necessidade de começar a operar o píer já com presença fixa dos órgãos anuentes.

Nos últimos meses a PDBS fez alterações no projeto e o deixou mais parecido com o porto turístico de Vancouver, no Canadá, que inclui um shopping e um hotel cinco estrelas. André Guimarães Rodrigues, mentor do projeto, diz que já há empresas interessadas em operar os serviços.Para viabilizar o projeto vai ser necessário interesse da prefeitura de Balneário Camboriú e uma licitação para uso do espaço público – além do aval da União. A expectativa é que, se tudo der certo, o porto turístico possa operar a partir de 2020.

Comente e compartilhe

comentários

Comentários (4)

  • edu diz: 14 de dezembro de 2015

    KAKAKAKAKAKAKAKAKAKAKAKAKAKAKAKAKAKAKA

  • Nelson diz: 15 de dezembro de 2015

    2020!? Se eu for caminhando chego lá antes disso. Tenho uma sugestão de nome Porto Hercílio Luz.

  • Marcos Roberto Leal diz: 15 de dezembro de 2015

    Outro projeto, no qual demonstra maturidade empresarial e frutos positivos a cidade, é o projeto lançado pela Prefeitura de Florianópolis, em uma inciativa de caráter Público X Privada. É a MARINA na Beira Mar Norte, proposta, proporcionando favorecer a cidade com criatividade, frente as dificuldades econômicas enfrentadas em todo o País.

  • Jefferson Magalhaes diz: 22 de março de 2016

    Enquanto isso istepô, Floripa “fica a ver navios”!

Envie seu Comentário