Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
 

Vereador Calinho Mecânico é absolvido em processo na Comissão de Ética

14 de dezembro de 2015 1

Em sessão extraordinária, o Legislativo de Itajaí absolveu o vereador Calinho Mecânico, que respondia processo na Comissão de Ética da casa, acusado de ter empregado um parente no gabinete. O parecer da comissão previa suspensão por duas sessões, mas teve apenas 10 votos favoráveis _ insuficientes para a punição.

A contratação de parentes configura nepotismo e é vedada pela Lei Orgânica do Município. No parecer final, o relator da Comissão de ética, vereador Clayton Batschauer (PR), considerou que não houve prejuízo financeiro à Administração Pública, já que os salários do assessor foram pagos por serviços realizados, mas sugeriu a suspensão. Em sua defesa, o vereador Calinho Mecânico alegou desconhecer a proibição.

A punição recebeu votos contrários dos vereadores: Tonho da Grade (PP), Douglas Cristino da Silva (PSD), Fernando Pegorini (PP), Dedé (PSDB), Afonso Arruda (PMDB), Osvaldo Mafra (SD), Paulinho Amândio (PDT) e Vanderley Dalmolin (PP). Votaram favoráveis os vereadores: Anna Carolina (PSDB), Clayton Batschauer (PR), Dulce Amaral (PSD), Fabricio Marinho (PPS), Giovani Felix (PT), Professor Acácio (PSDB), Laudelino Lamim (PMDB), Maurílio Moraes (PSD), Neusa Girardi (PMDB), e Rafael Dezideiro.

Comente e compartilhe

comentários

Comentários (1)

  • Fábio G Engel diz: 15 de dezembro de 2015

    É CLARO, QUEM ABSOLVEU, ESPERA A RETRIBUIÇÃO DA GENTILEZA QUANDO FOR JULGADO !

Envie seu Comentário