Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
 

Reportagem revela suspeita de fraude em exames toxicológicos para guarda-vidas

22 de janeiro de 2016 3

Uma reportagem exibida pela RBS TV mostrou indícios de fraude no teste toxicológico exigido dos guarda-vidas civis no Litoral Norte. O repórter Osvaldo Sagaz marcou, anonimamente, um teste em um laboratório de Barra Velha _ um dos mais procurados pelos candidatos ao trabalho em toda a região de Itajaí, por oferecer um preço bem abaixo dos concorrentes (R$ 40).

Confirmando denúncias, o repórter comprovou que no laboratório ninguém acompanha o procedimento (como deveria ocorrer, para atestar a origem da urina). Conseguiu trocar a amostra por outra, que levou dentro de uma bolsa, e não foi percebido – nem impedido. A omissão, portanto, pode ter levado a fraudes nos testes.

Esta semana o comando dos bombeiros se reuniu para traçar estratégias que reduzam o risco de testes fraudulentos. Entre as medidas discutidas está a maior rigidez no controle e a instituição de exames anti-dopping para os candidatos a qualquer momento, com maior controle. Nesta temporada, o Estado contratou 1,3 mil guarda-vidas civis.

Comente e compartilhe

comentários

Comentários (3)

  • Miro diz: 22 de janeiro de 2016

    Por esse motivo depois do sistema implantado, em todas as temporadas tem ocorrido diversos problemas nas nossas praias!!!

  • Adailton Rodrigues diz: 22 de janeiro de 2016

    Porque nao fazer este mesmo teste para quem presta Vestibular ?

  • Marlon Ruttmann diz: 25 de janeiro de 2016

    Deviam fazer o mesmo teste pra quem comenta em portais. Tem gente doida de pedra aqui…

Envie seu Comentário