Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
 

Regulamentação

03 de fevereiro de 2016 2

Um projeto que tramita na Câmara de Balneário Camboriú quer regulamentar a atividade de descarga de concreto e argamassa no município. A proposta do vereador Leonardo Piruka (PP) permite que os caminhões estacionem em frente às obras das 7h às 19h e fixa multa de pouco mais de R$ 4 mil no caso do descumprimento de algum dos artigos, como fazer descargas irregulares ou derrame de resíduos — se considerarmos que o problema é recorrente, como justifica o projeto, e um crime ambiental, o valor ficou baixo.

Além disso, um horário tão amplo de permissão para a atividade só vai agravar o problema da falta de estacionamento na cidade, sem falar das ruas estreitas e dos transtornos que um caminhão parado quase no meio da via pode gerar. Caso passe pelo Legislativo, a lei precisará de uma boa fiscalização para funcionar.

Comente e compartilhe

comentários

Comentários (2)

  • Isi diz: 3 de fevereiro de 2016

    Lei inócua, pois não limita nada. Só mais uma para constar nos relatórios dos edis. Estes liquidificadores-monstros fazem o que querem. E os funcionários das obras ajudam a dar uma de agente de trânsito, obrigando motoristas a voltar de ré para eles saírem na contra-mão, por exemplo. É um pavor andar por perto, ou estar atravessando uma via, pois ninguém sabe se vão parar. A velocidade nem sempre é prudente. Encostam arrogantemente na traseira dos veículos pequenos. ( O mesmo faz Expressul e Praiana).

    Numa cidade conturbada como BC, não é prudente andar na velocidade máxima permitida. Mas o buraco é mais embaixo. Se permitirem o prosseguimento do imenso número de obras gigantes, não tem lei que dê mais qualidade de vida à cidade. Um canteiro de obras, é um canteiro de obras. Quem vive por perto delas sabe que corre perigo, recebe sujeira, pregos, cacos de madeira, ferramentas, aguenta ruídos diversos, e até óleo preto espirra dos elevadores, pintando casas e prédios vizinhos.

  • Carlos diz: 4 de fevereiro de 2016

    BC precisa rever urgente a lei de descarga que é do ano de 1994 , de 2h da manha até meio dia . Supermercados no centro da cidade tem caminhões que começam a chegar para descarga durante a madrugada e quem mora próximo não dorme mais por conta da movimentação intensa dos caminhões com bater de palets, com bater de portas, sem contar com os caminhões frigoríficos que precisam manter o ar ligado e estacionados roncam os motores e quando precisam dar à marcha ré e o sinal de alerta começa a bipar? é um tormento .
    Agora imagine a situação: se você mora próximo a um supermercado e a uma obra; das 07 as 19h betoneiras das obras e das 2h ao meio dia descarga dos caminhões do supermercado .

Envie seu Comentário