Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
 

Ampliação do Aeroporto de Navegantes dá passo importante com doação de terrenos à União

06 de fevereiro de 2016 3
Foto: Lucas Correia / Agência RBS

Foto: Lucas Correia / Agência RBS

A ampliação do Aeroporto Ministro Victor Konder deu um importante passo nesta semana: a prefeitura de Navegantes formalizou a doação de 58 imóveis do município à União. A área, que havia sido indenizada em 2008, foi alvo de invasão e desocupada em meados de janeiro deste ano. A expectativa do município é de que agora a Infraero dê continuidade ao processo de ampliação do terminal.

O superintendente do Patrimônio da União em Santa Catarina, André Ricardo de Souza, informou que os imóveis doados serão repassados à Secretaria Nacional de Aviação Civil, que fará a gestão e deve cercar o local para evitar novas invasões. Os terrenos totalizam uma área de 2 milhões de metros quadrados.

– Depois de anos, esse foi um avanço importantíssimo para a ampliação do aeroporto, que é um dos principais do país em movimentação de cargas – afirma.

Apesar disso, o projeto de ampliação ainda está longe de sair do papel. Hoje, 70% da área necessária já foi indenizada – o principal entrave é a falta de recursos da Infraero para concluir as desapropriações que faltam. As tratativas para um novo convênio já teriam iniciado.

Outros quatro imóveis, que foram invadidos por moradores, também precisam ser reintegrados para, só depois, serem doados à União pela prefeitura. A área é conhecida como Monte Sião e o processo de reintegração ainda está tramitando na Justiça.

Atualmente, o Aeroporto de Navegantes responde pela segunda maior movimentação de passageiros de SC e a maior movimentação de cargas do Estado. Para crescer, a ampliação é fundamental, mas se arrasta há 20 anos.

Comente e compartilhe

comentários

Comentários (3)

  • Carlos diz: 6 de fevereiro de 2016

    Quem vai fazer a obra???? A Infraero ????
    Pois a empresa está falindo, inclusive o novo aeroporto de Florianópolis começou a ser construido em 2012 e está com a obra parada desde 2014, pois falta dinheiro.
    Estão de palhaçada com SC.

  • Rafael Fernando Silveira diz: 6 de fevereiro de 2016

    Este 70 % sao mais que suficientes! Da pra fazer um terminal novo e mais a outra pista e ainda sobra espaco!

  • zunino diz: 7 de fevereiro de 2016

    uma vergonha 20 anos para uma decisão , p/ que votar!!!!

Envie seu Comentário