Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
 

Funcionário demitido por xingar o chefe é condenado a pagar indenização

16 de fevereiro de 2016 3

A 2ª Câmara Civil do Tribunal de Justiça de Santa Catarina confirmou a sentença que condenou o funcionário de uma empresa de avaliação de sinistros de Itajaí a pagar indenização de R$ 3 mil por ter xingado seu chefe. O homem foi demitido por justa causa em função de seu comportamento na empresa, principalmente com relação ao patrão.

Conforme o TJSC, o processo comprovou que o ex-funcionário frequentemente fazia xingamentos ao chefe, tanto profissionais quanto pessoais. As agressões verbais ainda mencionariam o comportamento de familiares do patrão e era feitas no ambiente de trabalho, na frente dos demais colegas.

“Os ataques dão margem ao surgimento de danos morais, mormente considerando-se o teor das palavras proferidas, que deixaram a esfera profissional e alcançaram a esfera íntima e pessoal do autor”, escreveu o desembargador Domingos Paludo em seu voto.

A sentença aponta também trechos de depoimentos de testemunhas que confirmaram os xingamentos do ex-funcionário. A decisão foi unânime.

Comente e compartilhe

comentários

Comentários (3)

  • Paulo diz: 16 de fevereiro de 2016

    Que bom que as coisa parecem estar se normalizando. Antigamente, só o funcionário que ganhava indenização da empresa. Isso é que é justiça, que tem razão é quem ganha.
    Parabéns Desembargador, vossa excelência, foi justo e perfeito.

  • Antônio Cunha diz: 16 de fevereiro de 2016

    R$3.000,00 foi muito pouco, frente à avalanche de impropérios de baixo nível desferidos…
    Vejam a decisão no Tjsc processo Apelação Cível n. 2014.033200-3, de Itajaí

  • Evaldo diz: 17 de fevereiro de 2016

    A justiça do trabalho vem, a muito tempo, fomentando a formação das quadrilhas formadas por empregados sem caráter e advogados inescrupulosos!!! Espero que essa decisão contagie os demais juízes trabalhistas, pois os empregados, em sua maioria, não são “coitadinhos”.

Envie seu Comentário