Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
 

Prefeitura de Navegantes recorre à Justiça para resolver impasse com famílias desabrigadas

16 de fevereiro de 2016 0
Foto: Lucas Correia / Agência RBS

Foto: Lucas Correia / Agência RBS

O impasse entre a prefeitura de Navegantes e as famílias retiradas de uma área de invasão pode estar perto de um desfecho. Ontem, o município entrou com uma ação judicial para retirar os desabrigados da Escola Professora Rosa Maria Xavier de Araújo, onde estão vivendo há mais de um mês. O Executivo espera que a Justiça se manifeste em breve, pois dia 29 iniciam as aulas na instituição.

Na semana passada, o município notificou as cerca de 300 pessoas que estão na escola e deu prazo de 72 horas para que saíssem do local. Sem ter para onde ir, os moradores permanecem no colégio e pedem que a prefeitura apresente uma alternativa. De sexta-feira até domingo pelo menos sete famílias já teriam deixado o local. O restante, segundo um dos líderes das famílias, Valdemir Ferreira Lima, continua lá porque não tem para onde ir.

– Ninguém quer atrapalhar o início das aulas, mas precisamos de uma solução para não ficar na rua – diz.

O secretário de Articulação Política do município, Arilson Luis Moraes, afirma que a prefeitura já fez tudo que estava ao seu alcance e agora aguarda a decisão judicial sobre a reintegração de posse da escola.

– São 1.040 alunos que não podem ser afetados por essa situação. Desde que eles saíram do terreno estamos oferecendo passagens para que voltem as suas cidades – afirma.

Moraes relata que apenas duas famílias do abrigo são de Navegantes. Há ainda sete famílias do Rio Grande do Sul, 20 do Paraná, 36 do Norte e Nordeste e 26 de diversas cidades de Santa Catarina, inclusive Itajaí.

A área desocupada pela prefeitura já havia sido indenizada pela União para ampliação do Aeroporto Ministro Victor Konder. Recentemente, o município fez a doação do terreno para que a Infraero possa dar continuidade ao projeto.

Comente e compartilhe

comentários

Envie seu Comentário