Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
 

Contrato de empresa que opera Complexo da Canhanduba proíbe superlotação

26 de abril de 2016 0

A empresa Montesinos, administradora do Complexo Prisional da Canhanduba, em Itajaí, tem mantido conversas com o Estado para tentar encontrar uma solução para a superlotação da unidade. O problema é que o contrato, firmado em 2011, deixava claro que o número de presos não podia ultrapassar a quantidade de vagas.

A Montesinos informou que entende a dificuldade do Estado e quer ser solidária. Mas embora a empresa não fale a respeito, o fato é que o excesso de presos abre espaço, inclusive, para pedidos de indenização.

Comente e compartilhe

comentários

Envie seu Comentário