Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
 

Justiça nega liberdade ao ex-vereador Zé Ferreira

17 de maio de 2016 0

A Justiça negou um pedido de liberdade para o ex-vereador de Itajaí, José Alvercino Ferreira (PP), o filho dele, Jefferson Ferreira, e Anderson Estevão Vaz, funcionário de uma revenda de veículos que, de acordo com o Ministério Público, pertence ao ex-parlamentar.

A decisão, assinada pela juíza Sônia Moroso Terres, da 1ª Vara Criminal de Itajaí, afirma que os argumentos da defesa questionam apenas o mérito da ação _ o que será avaliado num segundo momento.

No parecer, a magistrada afirma que “há indícios de reiteração delitiva”, ou seja, de praticar crimes novamente, e “risco de produção e utilização de novos documentos falsos a fim de frustrar a efetividade das medidas cautelares”. Completa dizendo que, segundo entendimento do Supremo Tribunal Federal (STF), a presunção de inocência não desautoriza prisões que necessárias ao andamento do processo.

Zé Ferreira, Jefferson e Anderson foram detidos em 19 de abril pelo Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (Gaeco) por suspeita de falsidade ideológica. De acordo com o promotor de Justiça Ary Capella, apesar de ter sido descoberto durante as investigações da Operação Parada Obrigatória que a loja de carros estava em nome de “laranjas”, e isso ter sido relatado na denúncia aceita pela Justiça, o quadro societário da empresa não foi modificado.

Muitos dos veículos que estavam na loja quando foi deflagrada a operação, em julho do ano passado, foram sequestrados pela Justiça e continuam indisponíveis. Para reavê-los, a empresa apresentou pedidos judiciais — só que essas requisições estavam no nome de Anderson, que aparece como procurador da loja nos documentos mas, de acordo com o promotor, é um “laranja”.

Comente e compartilhe

comentários

Envie seu Comentário