Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
 

Tem mais tainha do que a demanda?

23 de maio de 2016 3
Foto: Luiz Carlos Correia, Especial

Foto: Luiz Carlos Correia, Especial

 

Pescadores artesanais capturaram 40 toneladas de tainhas no sábado na Praia da Sepultura, em Bombinhas. Em diversas praias da região o fim de semana foi farto para os pescadores – e chegou a faltar a caminhão para levar uma quantidade tão grande de peixes às peixarias. Na areia, elas chegaram a ser vendidas a R$ 5 para não “encalharem”.

Já dizem que esta é a melhor safra artesanal dos últimos anos. O que falta é controle – afinal, qual o sentido de se pescar mais do que o mercado pode absorver?

Comente e compartilhe

comentários

Comentários (3)

  • Jackson diz: 23 de maio de 2016

    É preciso avaliar as questões sócio ambientais, primeiro a roubalheira nas licenças ambientais, segundo o desequilíbrio gerados pela mudança do clima, são fundamentais para esclarecer o “excesso” na pesca

  • Eduardo diz: 23 de maio de 2016

    Dagmara você me dá pena, primeiro nunca houve tainha vendida a 5 reais e sim 5 reais o kg o que é muiiiitô diferente, segundo mais tainha que a demanda? Saiba vc que balneário camboriu e itajai estão com baixo estoque de peixe, acredito que vc poderia deixar de lado esse seu preconceito com bombinhas e ser só um pouquinho profissional. Ah se falarem em pesca predatória, só uma informação uma só traineira pega em uma semana todo peixe que as redes de bombinhas já pegaram e ainda irão pegar. Por favor coloque em prática aquilo que vc deve ter aprendido na universidade.

  • joao carlos rachadel diz: 23 de maio de 2016

    E crime ambiental.
    Tem que adotar o DEFESO .
    Como em outras especies por exemplo
    Camarão caranguejo e varios outros.

Envie seu Comentário