Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
 

Museu em Porto Belo vai retratar a história da evolução humana em SC

05 de junho de 2016 0
Fotos: Instituto Soto, Divulgação

Fotos: Instituto Soto, Divulgação

 

O Instituto Soto, criador do Museu Oceanográfico de Balneário Piçarras, está concluindo a criação do Museu Histórico de Porto Belo, em parceria com a Fundação Municipal de Cultura. O museu resgata a história da cidade, que está entre as mais antigas de Santa Catarina, com 184 anos, e ocupou um vasto território – se estendia de Taió a Bombinhas e de Leoberto Leal a Massaranduba, incluindo Itajaí, Balneário Camboriú e Blumenau.

O projeto museográfico foi assinado pelo professor Jules Soto, da Univali, e pelo arquiteto Cristiano Lima, seguindo as recomendações do Conselho Internacional de Museus da Unesco. O local escolhido fica ao lado da histórica Igreja de Bom Jesus dos Aflitos, às margens da Baía de Porto Belo.
A disposição das peças lembra a do Museu Oceanográfico, com uma viagem pela história.

 

O acervo inclui peças originais de todos os períodos da ocupação humana no território catarinense, desde 11 mil anos atrás _ o único nesses moldes no Estado. Os visitantes vão encontrar referências aos animais gigantes que viveram na região na Era do Gelo, e um resgate de como ocorriam as caças a baleias, junto à Ilha de Porto Belo. Uma ossada de baleia também ficará em exposição.

O acervo foi colecionado pelo professor Jules Soto e permanecerá no museu pelo menos nos próximos 20 anos – prazo do convênio entre o instituto e a prefeitura. O município vai ceder funcionários e cuidar da manutenção.

Ainda não há data prevista para inauguração, mas a montagem deve ser concluída em duas semanas. A entrada no museu será gratuita.

Comente e compartilhe

comentários

Envie seu Comentário