Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
 

Atraso na liberação de licenças para pesca de tainha causa prejuízo de R$ 7 milhões

08 de junho de 2016 0
Foto: Lucas Correia

Foto: Lucas Correia, Arquivo

 

A demora na liberação de licenças para a pesca de tainha já rendeu prejuízo de R$ 7 milhões, de acordo com Luis Anderson da Costa, representante da Câmara do Cerco no Sindicato dos Armadores e da Indústria da Pesca de Itajaí e região (Sindipi). Sem prazo para que uma nova lista seja divulgada, o setor já espera novas perdas.

Itajaí e Navegantes, que têm a maior frota especializada em tainhas no país, são as cidades mais prejudicadas pelo atraso.

O problema da liberação das licenças está diretamente ligado à instabilidade no governo federal. A publicação dos parâmetros para pleitear as licenças já saiu com atraso, só em meados de maio. Ao todo, 40 autorizações seriam emitidas _ mas nenhuma embarcação conseguiu apresentar a documentação exigida a tempo, e nenhum barco foi autorizado a pescar.

Os armadores então reenviaram a papelada, mas o governo federal ainda não publicou uma nova lista.

Comente e compartilhe

comentários

Envie seu Comentário