Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
 

E a fiscalização, como fica?

08 de junho de 2016 1

Essa é daquelas que não dá para entender: a Câmara de Navegantes recusou, por cinco votos a três, um requerimento do vereador Murilo Cordeiro (PT) que pedia a presença da presidência do Conselho de Saúde no Logislativo. O assunto? A apreensão de medicamentos vencidos na farmácia municipal.

Comente e compartilhe

comentários

Comentários (1)

  • Sérgio do Espírito Santo Rebello diz: 9 de junho de 2016

    Cara Dagmara, sendo objetivo, isso reflete apenas os acontecimentos que se reiteram, quando Todos sabem que as Câmaras Municipais, só existem para este propósito, esconder o que deveriam fiscalizar. Se faz aqui embaixo, aquilo que se faz mais acima, as mesmas práticas. E o pior não tem saída. SÓ UMA DITADURA COM OS MOLDES GETULISTAS, (SEM MILITARISMO), SEM CONGRESSO PARA NEGOCIAR, E DAR DE MAMAR A MIL PARTIDOS QUE NÃO REPRESENTAM NINGUÉM. Poderia ser que se desse a agilidade devida às reformas estruturais necessárias, uma delas é a REFORMA POLÍTICA, E A MODERNIZAÇÃO DA LEI 8.666, LICITAÇÕES.

Envie seu Comentário