Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
 

Parlamentares catarinenses afirmam que entrave nas licenças de tainha desgasta governo e bancada

13 de junho de 2016 0

Os deputados e senadores membros do Fórum Parlamentar Catarinense enviaram ao ministro da Casa Civil, Eliseu Padilha, um ofício em que pedem a interferência dele nas relações entre Ministério da Agricultura e Ministério do Meio Ambiente para emissão das licenças de pesca industrial de tainha.

No texto, afirmam que o indeferimento das autorizações tem causado prejuízo irreparável e exposto tanto o governo federal, quanto a bancada. Terminam dizendo que o setor pesqueiro catarinense, responsável por mais de 70% de toda a produção nacional, está “a ponto de explodir”.

Difícil reversão

A dificuldade dos armadores para sensibilizar o governo federal em relação à pesca da tainha é um dos reflexos da Operação Enredados que, deflagrada no ano passado, descobriu um esquema criminoso de emissão de licenças que envolvia empresários e servidores públicos.

A operação, que terminou com 90 indiciamentos, em dezembro, tinha entre suas raízes o setor pesqueiro de Itajaí. De acordo com a Polícia Federal, estima-se que o dano ambiental resultante das licenças criminosas chegue a R$ 5 bilhões.

Comente e compartilhe

comentários

Envie seu Comentário