Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
 

Salão náutico Marina Itajaí prevê geração de R$ 40 milhões em negócios

18 de julho de 2016 0
Foto: Lucas Correia

Foto: Lucas Correia, Arquivo

 

Enquanto a retração econômica provoca uma corrida desesperada pela sobrevivência em diversos setores, a náutica continua navegando em mar de almirante. Em parte porque o cliente das embarcações de luxo não foi afetado pela crise – mas também porque as indústrias resolveram surfar a onda das exportações, apostando na alta do dólar. Prova de que o mercado anda aquecido, o Salão Náutico Marina Itajaí, que inicia na próxima quinta-feira, tem previsão de gerar R$ 40 milhões em negócios.

Cerca de 60 expositores confirmaram presença, entre estaleiros nacionais e internacionais, como Azimut Yachts, Bayliner, Sea Ray, Intermarine, Fibrafort e Chris Craft, além de empresas fornecedoras de produtos e serviços do ramo, que vão expor motores, acessórios, decoração, moda náutica, despachantes e serviços financeiros. Carros e imóveis também fazem parte do rol de exposição.

O Salão Náutico receberá embarcações de todos os tamanhos, de jet skis a iates luxuosos que custam mais de R$ 12 milhões. E para quem tiver dúvidas sobre o modelo escolhido, algumas empresas vão oferecer test-drive e condições especiais de parcelamento. Esta é a primeira vez que o Estado recebe um salão desse porte, e a expectativa é de que 5 mil pessoas circulem pelos estandes durante os quatro dias do evento – entre os convidados, potenciais clientes das marcas vindos de todo o país, o que promete movimentar a região nos próximos dias.

Première

A Azimut Yachts fará durante o Salão Náutico Marina Itajaí a première da Verve 40, embarcação produzida com exclusividade em Itajaí pela marca italiana para o mercado norte-americano. Será a primeira apresentação pública do barco, que será lançado oficialmente no fim do ano, no Fort Lauderdale International Boat Show.

Comente e compartilhe

comentários

Envie seu Comentário