Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
 

Resultados da pesquisa por "elton garcia"

Elton Garcia é candidato a vereador em Balneário Camboriú

17 de agosto de 2016 0

Entre os 216 candidatos a vereadores que disputarão uma das 19 vagas do Legislativo em Balneário Camboriú, está o ex-parlamentar  Elton Garcia (PMDB). O ex-vereador foi cassado pela Câmara, retomou o cargo, e renunciou ao posto na semana passada. Pelo visto, voltou atrás.

Câmara de Balneário Camboriú marca sessão para votar cassação do vereador Elton Garcia

11 de fevereiro de 2016 0

Está marcada para a próxima quinta-feira, às 17h, em sessão extraordinária, a votação que decide a cassação do mandato do vereador Elton Garcia (PMDB) em Balneário Camboriú.

Na última quarta-feira, a Comissão Processante da Câmara de Vereadores, que investiga denúncias contra Elton, protocolou o relatório final com o pedido. A comissão foi formada para apurar a informação de que Garcia teria se apropriado do salário de seus assessores na Câmara.

Câmara abre processo contra Elton Garcia

17 de novembro de 2015 1

A Câmara de Vereadores de Balneário Camboriú sorteia, na sessão de hoje, três parlamentares para integrarem a Comissão Processante montada para avaliar o caso do vereador Elton Garcia (PMDB), investigado na Operação Trato Feito e suspeito de ter exigido parte dos salários de dois ex-servidores do Legislativo. Esta será a primeira vez, em 50 anos de história da Câmara, que a comissão é formada.

Antes do sorteio, a mesa diretora lerá o parecer da Comissão de Ética, que após receber do Ministério Público os documentos sobre o caso de Elton e ouvir a defesa dos envolvidos, decidiu acatar a denúncia.

O processo é um pouco diferente do adotado na Câmara de Vereadores de Itajaí, que recentemente avaliou um processo envolvendo o vereador Tonho da Grade (PP). Em Balneário é a Comissão Processante que vai avaliar o mérito da denúncia e emitir um parecer dizendo se o vereador é culpado, e qual punição recomenda.

Esse processo tem prazo de 90 dias para conclusão, e durante esse período o vereador será chamado, novamente, a apresentar defesa. O relatório, então, será votado em plenário.

Além do próprio Elton, o presidente da Câmara, Nilson Probst (PMDB), e os vereadores que fizeram parte da Comissão de Ética, Marcelo Achutti (PP), Claudir Maciel (PSD) e Eduardo Meneghelli (PMDB) não podem fazer parte do sorteio.

Retorno de Elton Garcia à Câmara de Balneário Camboriú causa desconforto entre vereadores

03 de fevereiro de 2015 0
Foto: Marcos Porto/ Agência RBS

Foto: Marcos Porto/ Agência RBS

A primeira sessão de 2015 da Câmara de Vereadores de Balneário Camboriú teve momentos de tensão na noite desta terça-feira. Além da volta aos trabalhos do Legislativo, a noite também reservou o retorno à casa do vereador Elton Garcia (PMDB), preso na Operação Trato Feito _ que investigou suspeitas de fraudes em licitações e foi deflagrada em setembro de 2014 _ quando ele era secretário de Obras do município.

Em seu discurso na tribuna, Elton não se furtou a falar sobre o processo. O vereador não deu detalhes, já que os trâmites seguem em segredo de justiça, mas reiterou a sua inocência.

_ Não me arrependo de nenhuma decisão que tomei. Sobre o processo, eu e os meus advogados vamos esclarecer tudo _ afirmou Elton em plenário.

O vereador ainda finalizou o seu discurso dizendo:

_ Nada melhor do que um dia após o outro.

Ele estava visivelmente nervoso e, apesar de ter escrito o seu discurso em um papel, se atrapalhou mais de uma vez com as palavras. Essa foi a primeira sessão extraordinária de que Elton participa desde que foi eleito em 2012. Antes, havia passado pelo Legislativo apenas para a posse – afastando-se em seguida para assumir a vaga no primeiro escalão da prefeitura – e para encaminhar pedidos de licença médica, em outubro e dezembro do ano passado, após a exoneração do cargo no Executivo.

O vereador Luiz Maraschin (PR), que subiu a tribuna depois de Elton, se disse constrangido por ter de conviver com o vereador na Câmara.

_ Me deixa constrangido, como homem de Balneário Camboriú, ter de conviver com o vereador Elton enquanto perdurarem as investigações sem estar definido se ele é inocente ou culpado _ declarou.

O parlamentar também questionou o PMDB, partido de Elton, sobre por quê a sigla não o afastou até que tudo seja esclarecido.

_ O PMDB deveria ter tido uma postura pública e dito que enquanto houver as investigações, que ele deveria ficar afastado _ sugeriu Maraschin.

Ele foi rapidamente aplaudido ao fim do discurso.

Claudir Maciel (PSD) foi além. Apesar de já ter falado, pediu novamente a palavra ao presidente da casa, o vereador Nilson Probst, e solicitou que a Câmara estude o afastamento do prefeito, Edson Piriquito, e do vereador Elton por causa da Trato Feito.

_ Temos que ter maturidade e conversar sobre esse assunto de uma maneira muito franca. Há um processo e não uma condenação. Quero propor, por questões regimentares, que esta casa estude o afastamento do prefeito e do vereador Elton. Não dá para dizer que o prefeito não sabia de nada — disse.

Por fim, Claudir anunciou que formalizaria o pedido da criação da Comissão de Ética, mas foi informado pela mesa diretora de que a formação da comissão já está bem adiantada.

Ex-secretário Elton Garcia volta às sessões da Câmara de Balneário Camboriú nesta terça-feira

03 de fevereiro de 2015 1
Foto: Marcos Porto/Agência RBS

Foto: Marcos Porto/Agência RBS

O ex-secretário de Obras de Balneário Camboriú Elton Garcia (PMDB) participa nesta terça-feira da primeira sessão ordinária na Câmara de Balneário Camboriú desde que foi eleito em 2012. O vereador retomou a cadeira em janeiro deste ano, durante o recesso da Casa.

Antes, havia passado pelo Legislativo apenas para a posse – afastando-se em seguida para assumir a vaga no primeiro escalão da prefeitura – e para encaminhar pedidos de licença médica, em outubro e dezembro do ano passado, após a exoneração do cargo no Executivo.

O parlamentar foi um dos presos pela polícia durante a Operação Trato Feito, que investigou suspeitas de fraudes em licitações e foi desencadeada em setembro de 2014.

 

Elton Garcia volta à Câmara de Vereadores de Balneário Camboriú

14 de janeiro de 2015 0

O ex-secretário de Obras de Balneário Camboriú Elton Garcia voltou a ocupar uma cadeira na Câmara de Vereadores, para a qual foi eleito em 2012.
Garcia foi um dos presos pela polícia durante a Operação Trato Feito, que investigou suspeitas de fraudes em licitações e foi desencadeada em setembro do ano passado. Ele havia solicitado licença por problemas de saúde, que venceu em dezembro.

Justiça nega afastamento do vereador Elton Garcia

27 de novembro de 2014 4

AVara da Fazenda Pública de Balneário Camboriú negou um pedido de liminar para o afastamento de Elton Garcia da função de vereador, que poderia impedi-lo de assumir o cargo na próxima semana.

A solicitação foi feita pelo Ministério Público de Santa Catarina e faz parte da ação por improbidade administrativa movida contra o ex-secretário de Obras.

A ação é decorrente das investigações da Operação Trato Feito. De acordo com o MPSC, Elton teria se apropriado de salários de dois servidores da Câmara, que também tiveram o afastamento negado.

A decisão, assinada pela juíza Adriana Lisbôa, afirma que embora os fatos apresentados na ação sejam “de extrema gravidade”, não vê de que forma a manutenção do cargo poderia prejudicar o andamento do processo. Cita, ainda, trecho da Lei de Improbidade Administrativa que condiciona a perda de mandato ao julgamento final da ação.

O caso provocou a instituição de uma Comissão de Ética na Câmara, recomendada, inclusive, pela juíza Adriana Lisbôa em despacho endereçado ao presidente da casa, vereador Nilson Probst (PMDB). A proposta deve entrar como emenda na revisão da Lei Orgânica – a mesma que aumenta o número de vereadores e entra em votação nas próximas semanas.

Segundo o advogado Gelson Rodrigues, que representa Elton Garcia, a decisão da Justiça de não afastá-lo deixou o vereador licenciado “mais tranquilo” para retomar sua cadeira.

Declarações de Elton Garcia provocam saia-justa no PMDB

20 de novembro de 2014 1

As declarações do ex-secretário de Obras Elton Garcia, que afirmou em entrevista exclusiva ao Santa ter decidido voltar à Câmara de Vereadores antes de discutir a situação com o partido, provocou reação no PMDB. Plínio César dos Santos, presidente da legenda na cidade, decidiu convocar uma reunião nos próximos dias para deliberar sobre o assunto.

Se Elton de fato voltar e concorrer à presidência do Legislativo (como espera), deverá causar mais uma saia-justa no partido: o atual presidente Nilson Probst e Roberto Souza Junior (ambos do PMDB) também estariam de olho na vaga.

Elton Garcia vai voltar à Câmara e quer presidir o Legislativo

14 de novembro de 2014 2

A defesa do ex-secretário de Obras de Balneário Camboriú, Elton Garcia, confirmou ontem que ele deverá voltar a ocupar sua cadeira na Câmara de Vereadores a partir de 2 de dezembro.

E ele não quer apenas assumir o posto: já avisou que vai disputar a presidência do Legislativo em 2015.

Falando nisso

A primeira ação por improbidade administrativa decorrente da Operação Trato Feito, que levou à prisão membros do primeiro escalão do governo Piriquito, envolve justamente Elton Garcia.

O Ministério Público de Santa Catarina apurou que o ex-secretário de Obras teria se apropriado de salários de dois servidores da Câmara que haviam sido indicados por ele.

Ontem o advogado de Elton, Gelson Rodrigues, disse que ele não se manifestaria a respeito porque não tem conhecimento da ação.

Advogado do secretário Elton Garcia diz que ele está "abalado" e "em pânico" na prisão

17 de setembro de 2014 1

A defesa do secretário de Obras de Balneário Camboriú, Elton Garcia, um dos presos na operação Trato Feito esta semana, ainda avalia a possibilidade de aceitar o benefício de delação premiada. Segundo o advogado Gelson José Rodrigues, Elton “não tem o que delatar”.

Rodrigues apresentou um mandado de segurança à Justiça para ter acesso às escutas telefônicas que fazem parte do inquérito. Recebeu ontem as transcrições e está analisando os arquivos. O advogado também entrou com um pedido de liberdade provisória no fim da tarde de terça-feira, que deve ser avaliado pela Justiça ainda hoje.

Segundo o advogado, o secretário de Obras está “abalado” e “em pânico”. Os presos da operação Trato Feito, que incluem quatro figuras do alto escalão da prefeitura de Balneário Camboriú estão na central de triagem do presídio da Canhanduba. Embora não tenham sido transferidos para celas comuns, todos estão uniformizados como os demais presos da unidade.

Demora

Advogados de defesa reclamaram da demora na liberação do processo, que só foi disponibilizado no início da noite de segunda-feira. Como a ação é extensa (tem mais de 700 páginas) os pedidos de liberdade provisória só começaram a chegar na terça-feira.

(Colaborou Maikeli Alves)