Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros

Posts na categoria "Tecnologia"

Parceria com exterior

01 de fevereiro de 2015 0

O cientista Marcio da Silva Tamanaha, da Univali, fará em parceria com pesquisadores britânicos estudo sobre os plânctons nas águas do Sudeste e Sul do Brasil. As espécies microscópicas são a base da cadeia alimentar e indicadores de mudanças climáticas.

O trabalho será capitaneado pelo catarinense junto a Martin Edwards, do Instituto Sir Alister Hardy Foundation for Ocean Science. A Fundação de Amparo à Pesquisa e Inovação do Estado de Santa Catarina vai investir R$ 110 mil no projeto e o Conselho de Pesquisa do Reino Unido outros R$ 83 mil.

Itajaí vai ganhar novas antenas 3G da Tim

28 de janeiro de 2015 0

A Tim vai instalar nove antenas para melhorar a transmissão de sinal de tecnologia 3G em Itajaí. Os investimentos vão ocorrer ao longo de 2015 no Centro e nos bairros Espinheiros, Cordeiros, Dom Bosco, Fazenda, Limoeiro, Cidade Nova e São João (duas).

Mônaco brasileira

30 de agosto de 2013 1
Foto: Orval Molina/Divulgação

Foto: Orval Molina/Divulgação

A holding Link Aberto, grupo paranaense que pretende instalar um Autódromo Internacional em Santa Catarina, com apoio do piloto Cacá Bueno, anunciou oficialmente a escolha de Camboriú para receber o projeto. Balneário Camboriú havia sido a primeira opção dos investidores, que desistiram da cidade em meio às negociações.

Além da pista, Camboriú também terá um Centro Tecnológico, que será construído pelo grupo. Na foto, os executivos se preparam para sobrevoo da cidade em companhia do secretário de Meio Ambiente da cidade, Márcio da Rosa.

Três áreas foram oferecidas pela prefeitura de Camboriú para sediar o projeto, todas com acesso à BR-101, o que deve evitar o comprometimento do fluxo de trânsito na cidade.

O autódromo terá 600 mil metros quadrados e receberá infraestrutura como rede hoteleira. A intenção dos organizadores é trazer a Camboriú competições como Fórmula Truck e Fórmula Indy.

Os investimentos virão de fundos nacionais e internacionais, e a expectativa é que os projetos iniciem até o final do ano.

Em relação ao polo tecnológico, a intenção é instalar cursos relacionados a Tecnologia da Informação e informática. De acordo com a organização, entre os investidores há fundos internacionais com sede nos Estados Unidos e nos Emirados Árabes, além das empresas Nokia-Siemens e Dell.

Acesso à rede

25 de outubro de 2012 0

Primeiro orelhão com acesso à Internet do Brasil foi instalado em Florianópolis. Ponto positivo para Santa Catarina. Mas nossa região, com grande potencial turístico, já deveria ter esse recurso há muito tempo. Locais como o calçadão de Balneário Camboriú e a Igreja Matriz, em Itajaí,precisam desse tipo de serviço como forma de reforço turístico. Todo turista faz fotografia nesses lugares. Com acesso à Internet garantido, eles poderiam divulgar nossas cidades de forma instantânea nacional e internacionalmente.

Infeliz

18 de outubro de 2012 0

Há cerca de dois meses, um funcionário de Call Center de uma loja virtual foi mal educado com um cliente. Agora, um funcionário de uma empresa de telefonia mandou a cliente arremessar o celular contra a parede para resolver os problemas com a Internet 3G. Não há limites para a falta de bom senso. Cada vez mais, vemos funcionários despreparados nas centrais de atendimento. Pessoas descontentes com a empresa na qual trabalham.  Antigamente, não saberíamos desses deslizes de forma alguma. As empresas abafavam. Agora, não há como negar ou encobrir. Os responsáveis pela companhia são obrigados a responder rapidamente, pedir desculpas, afinal, em minutos, a imagem de instituições que desrespeitam o consumidor é arranhada, graças às redes sociais. Além de prejudicar a imagem da empresa, esses maus profissionais comprometem seus próprios currículos. Onde vão trabalhar depois?

Celular

18 de outubro de 2012 0

O Brasil tem mais de 257 milhões de linhas de telefone celular e 80 milhões de pessoas com acesso à Internet, tanto móvel quanto fixo. Outro dado que chama atenção é que o brasileiro paga 43% de impostos quando faz uma ligação pelo celular. Isso tudo resulta em dois dados ainda mais alarmantes: o brasileiro é um dos que mais comprometem sua renda com a utilização de celular. Já as operadoras daqui estão em quarto lugar entre as que mais faturam no mundo. Os dados são da União Internacional das Telecomunicações.