Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros

Pertinho

29 de abril de 2013 23

Foi parto sem dor.

Com muito mais qualidade, um primeiro tempo muito bom, quando não deu a mínima chance para o Veranópolis, abriu o marcador com Willians, o Inter atingiu o objetivo, carimbou a vaga na final da Taça Farroupilha e ficou a 90 minutos do caneco do Gauchão.

Antes de decidir com o Juventude, em um ou três jogos, o time de Dunga, que teve uma atuação de luxo do autor do gol, vai para Recife, encarar o Santa Cruz, seu segundo obstáculo na Copa do Brasil, quando não terá o talentoso D’Alessandro mas tem chance de fazer bonito.

Eliminação

O sonho foi para o ralo.

Lento, sem criação, na dependência das individualidades, o Grêmio repetiu a maioria das atuações na temporada, empatou em 1 a 1 com o Juventude, acabou derrotado nos pênaltis, deu adeus ao Gauchão e agora ficou com uma obrigação ainda maior na Libertadores.

Após mais um fracasso, que ao invés de ser visto como outro desempenho capenga rendeu veementes críticas à arbitragem, o time de Luxemburgo tem só uma saída se quiser apagar o início de incêndio: fazer resultado contra o Santa Fe.

Euforia

Valeu a espiadinha.

Quatro dias após assistir ao assustador empate conta o São Luiz, na Arena, o técnico Lisca armou um Juventude para a decisão contra o Grêmio de forma correta, com muita marcação, cuidados redobrados no engenheiro Zé Roberto e muito pouco espaço para os atacantes Vargas e Barcos.

Pela maneira correta como planejou a decisão, pela classificação para a final do returno, é fácil entender toda a euforia do comandante do time caxiense, que terminou a decisão de sábado na parte mais alta da tela, com um sorriso estampado no rosto e convicto de que, a partir de agora, tudo o que vier é lucro.

Sofrimento

Mesmo com um time superior, o Santos passou dificuldades contra o Palmeiras, empatou no tempo normal, e só garantiu o direito de seguir adiante no Paulista nas penalidades.

Mais uma vez ficou provado que os clubes brasileiros são muito parecidos, que ninguém joga muito mais, e que a maior diferença, nos dias atuais, está apenas na folha de pagamento.

Redondinho

Concentrado, com o moral nas nuvens, o Botafogo atropelou o Resende e mostrou que não vai ser fácil entregar o ouro no Carioca.

Claro que o mérito é de quem entra no campo, decide jogos, mas vale lembrar que a direção do Fogão acertou na mosca ao manter o técnico Osvaldo de Oliveira, que para muitos deveria ter sido mandado embora faz tempo.

Perguntinha

O Grêmio sabe por que está jogando pouco?

Bookmark and Share

Comentários (23)

  • Klein diz: 29 de abril de 2013

    Lento, sem criação, na dependência das individualidades. Esta parte do teu comentário está perfeita, principalmente no aspecto da lentidão, por vezes o time parece se arrastar em campo, como se uma jogada mágica pudesse surgir num lampejo e decidir o jogo. Mas dizer que o sonho foi para o ralo ? Que sonho ? Ganhar o ruralito ? Por favor, Guerrinha ! E nem vou citar os erros de arbitragem que, desta vez, influenciaram o placar de maneira decisiva. Sonhar com ruralito é pesadelo !!!

  • FLAVIO FALEIRO diz: 29 de abril de 2013

    .. e se não fosse o arbitro o juventude teria aberto o placar ainda no inicio do jogo, baita penalti escandaloso do PARA, não marcado… e ninguem fala nada… e se não fosse o arbitro o timinho não estaria mais na libertadores, afinal garfaram o fluminense, anularam o gol legitimo, e … ahhhh mas a fvr pode errar, não pode errar contra…
    vai te cata klein…

  • Ocimar diz: 29 de abril de 2013

    Klein, vc acha que os outros são idiotas? Pode ser pesadelo sonhar com o Ruralito, mas perder o Ruralito é muito mais do que pesadelo, é fiasco…

  • Cristiano diz: 29 de abril de 2013

    é impressionante como tem coloridas doentes que veem comentar sem ao menos terem assistido ao jogo. o Sr. Flavio Faleiro diz que o jogo ja era para estar 1×0 para ju pois o juiz não deu um penalti, mas se o mesmo Sr. estivesse assisido ao jogo, teria visto que o lance do penalti foi depois do gol mal anulado do Vargas…o péssimo juis “compensou”. Depois anulou novamente outro gol legitimo do gremio (Barcos) para compensar o penalti mal marcado. Então Sr, seriam dois gols feitos contra um penalti (que poderia ser feito ou não).
    Fala do teu timezinho que so meteu 1 no VEC que é time dos colhedores de uva da serra. Campeão do ruralito ao vencer os reservas do reservas do gremio no primeiro turno e ao vencer o VEC e ju no segundo….baita titulo.

  • gigante diz: 29 de abril de 2013

    Cada ano que passa, a gente chega a conclusão que o Internacional não tem mais rival nesse estado. Os caras não conseguem mais chegar a uma final de turno, é o clube da piada pronta. Não consigo mais soltar flauta nos gremistas, dá até pena. Os caras falam que tem dois estádios, na verdade não tem nenhum. Falam que são campeão do mundo, mas jogaram um amistoso, mais da metade do time dopado, e vem falar em campeão do mundo. Mentir para si mesmo é sempre a pior mentira. Dos clubes de futebol , o fbpa é a maior mentira.

  • walter diz: 29 de abril de 2013

    Klein, muito pior que ganhar é perder o ruralito, enquanto voces gremistas continuarem com esta desculpa esfarrapada, só vendo os erros contra e nunca os a favor a vaca continuará indo para o “brejo”.

  • Faiska diz: 29 de abril de 2013

    Caro Klein : Como todo bom gremista chorão só encherga sonhos… Salve nação gremista! Continuem fritando a “M” pra comer torresmo, e arrotando caviar!

  • Luis diz: 29 de abril de 2013

    E se não fossem os erros de arbitragem o grêmio nem estaria jogando contra o juventude. E nem contra o santa fé! Então, gremistas, ergam as mãos que ainda estão no lucro! E quanto ao ruralito, é óbvio que nós colorados preferíamos disputar a Libertadores. Não deu nesse ano, mas mais adiante estaremos lá novamente. Enquanto isso, vamos tratar de ganhar o que dá. Ano passado estivemos na libertadores e pelo menos ganhamos o ruralito.

  • reis diz: 29 de abril de 2013

    Enquanto o Noveleto for presidente da FGF Nao tem ruralito pro Gremio

  • Eduardo diz: 29 de abril de 2013

    Respondendo a perguntinha.
    O Grêmio sabe porque está jogando pouco, o culpado disto é o árbitro.

  • Luiz Carlos diz: 29 de abril de 2013

    Sou gremista, mas não gosto de tapar o sol com a peneira. Algo de muito estranho está acontecendo com esse grupo de profissionais do Grêmio, sua comissão técnica e diretoria. Gastar 12 milhões mensais com um grupo de jogadores e comissão técnica, que não conseguem ganhar no tempo normal de um time que está na série D do brasileiro e de outro que não está em série nenhuma (o poderoso São Luiz). Precisar disputar a classificação nos penaltis do campeonato Gaúcho? Há muito tempo, tenho notado a vagareza desse time, ficam trocando passes no meio do campo ou intermediária do adversário, sem tentar chutes a gol. Para chegar até a área do adversário, demoram um dia inteiro, e quando chegam, via de regra, chutam pra fora ou nas mãos do goleiro. Uma coisa, já está bastante claro. Falta treinamento. Treinamento de fundamentos, chutes a gol, triangulações, deslocamentos, etc. Faltam jogadas ensaiadas (não vejo nenhuma jogada ensaiada até agora desse time). Desculpas de gramado ruim, de entrosamento e outras mais esfarrapadas ainda, como erros de arbitragem, tentam esconder a realidade que todos enxergam. Esse meio de campo do Grêmio, atua junto, desde o ano passado. É o principal setor de um time, e esse, é o que demonstra maior desentrosamento. O Zé Roberto, tentando fazer alguma coisa (ultimamente jogando só para os lados) e o Souza e o Fernando, criando quase nada. No jogo contra o Juventude, teve uma jogada do Vargas, que disparou pela linha lateral do campo, teve que ficar driblando ou tentando driblar os adversários por meia hora, porque esse foi o tempo que os demais jogadores, levaram para chegar à área do Juventude. Portanto, contra ataque usando a velocidade do vargas, torna-se ineficiente, tendo como companheiros, jogadores lentos como o Barcos, Zé Roberto e outros.
    Souza está dominando a bola de canela e entrega ela pior ainda. Erra passes de 50 cm. o Fernando está jogando bem, porém, não é jogador de chegar na frente com frequência. Isso torna o Grêmio um time muito previsível e lento, com poucos jogadores chegando na frente para tentar o gol. Diferente do futebol hoje usado no mundo inteiro. Qualquer time que se considere bom, chegam na frente, em contra ataques ou em jogadas de triangulações, quatro ou cinco jogadores. Para terminar, estou temendo pelo pior também na Libertadores. Acho que não passaremos desta fase que começa na quarta feira. Tomara que eu esteja errado.

  • elio miguel diz: 29 de abril de 2013

    Guerrinha, o Grêmio não tem meia, por isso está nesse dilema. O Zé Roberto é tudo, menos meia. O time é pesado, dificilmente entra na área adversária. Enquanto o Dalessandro joga do meio pra frente no Inter, o Zé Roberto muitas vezes vem desarmar na leteral. Ele é tudo, menos meia, repito. Se o Grêmio quiser engrenar, joga o Zé de volante, saca o Souza, e põe o Biteco e o Elano nas meias. Aliás, existe na Ponte Preta um jogador chamado Cicinho que joga na lateral direita e na meia. Entraria como uma luva no lugar do Pará, isso se o Luxa deixar.

  • Helder Hartmann diz: 29 de abril de 2013

    Se o Grêmio não sabe, a grande maioria da torcida sabe porque o Grêmio está jogando do jeito que está. Falta mecânica de jogo, falta de esquema de jogo, falta treinamento de fundamentos, falta pulso forte no vestiário, falta jogadores comprometidos, não com o gordo salário, mas com o clube que os paga e muito a cada mês. Falta cobrança forte das metas planejadas e não cumpridas, enfim, falta muita coisa que os responsáveis por detectar todos esses problemas, não estão enxergando ou não querem enxergar. Chega de passar a mão na cabeça do Luxemburgo e cobrar dele os resultados prometidos por ele. E se tiver que mandar embora, que o mandem logo, pois o valor da multa rescisória pode ser mais em conta do que as perdas futuras que o Grêmio vier a ter, com desclassificações antes da hora. É inadmissível que o Grêmio, não consiga derrotar um adversário que é “fora de série”; fora de serie A,B,C…., derrotar simplesmente não serve, teria obrigação de passar por cima, pois não há com comparar uma folha salarial de mais de 10 milhões por mês com a do Juventude, que não deve chegar a 10% disso.

  • SEMPRENAPRIMEIRA diz: 29 de abril de 2013

    PORQUE ESTAO JOGANDO DE ACORDO COM O MAIOR TITULO DA SUA HISTORIA, BI-REBAIXADOS.

  • Maicon Maciel diz: 29 de abril de 2013

    Enquanto uns vão jogando bonito e atropelando os times do gauchão outros jogam feio contra os times campeões nacionais, brasileiro, venezuelano e chileno, mas vão passando de fase na LA, pra mim ta bom o time jogando lentamente e chegando o tri da LA e outros jogando bonito e ganhando o tri do gauchão

  • Tricolor do Bonfa diz: 29 de abril de 2013

    Enquanto o Dale continuar sendo protegido pela arbitragem, teve um jogo que o juiz pegou o nervosinho pelo braço e disse por favor em nosso te expulsar que vou levar bronca do Noveletto, contra o São Luis chutou o cara por trás e nem amarelo levou, ontem de um soco na cabeça do jogador do VEC, aí vem o Dunga falar que a falta que o Dale levou foi pra expulsão, só se esqueceu de comentar que antes o Dale já deveria ser expulso, tambem pro Inter não precisa mais ficar na distancia regulamentar quando tem falta contra … Mudaram as regras mas só pro time cujo Presidente da Federação é conselheiro … Sei que este comentário não vai ser publicado ah contra o Santa Cruz pede pro Vuadem apitar ou então o careca ladrão de ontem. Nota da Gaúcha pro juiz de ontem nota 4 não precisa dizer mais nada…

  • Guimas diz: 29 de abril de 2013

    Guerrinha,
    O Juventude não será punido, pela bomba que seus torcedores atiraram no jogo contra o Inter?
    Foi atirado na linha de escanteio, no jogador Forlan.

  • marcelo costa diz: 29 de abril de 2013

    Se ganhar “Ruralito” é pesadelo, como escreveram, por que é que eles ficam tão brabos, desdenhando? Parece até a fábula da “raposa e as uvas”…

  • Moises diz: 29 de abril de 2013

    Nada sobre a arbitragem calamitosa a favor do teu Inter? Nada sobre o soco do D’Alessandro.Quando é nele, vocês vermelhos ficam uma semana falando a respeito.

  • LAERT diz: 29 de abril de 2013

    O inter já ganhou o gauchao do ano passado e fez um fiasco no brasileiro.
    Não acha melhor aguardar seu Guerrinha?
    Todo o ano o poderoso inter entra como favorito…
    A história se repete.
    E se tivesse sido anulado o gol do inter contra o Veranópolis, como foi feito com 2 gols do Grêmio contra o Juventude?
    E só o Batista, doente, que viu pênalti na jogada do Pará, mas não viu os gols legítimos feitos pelo ataque gremista.
    Vocês são muitos parciais…daqueles que puxam a brasa para seu assado.
    Ou será que foi melhor para o inter, neste ano, disputar o gauchao do que a
    Libertadores?

  • jefersonGREMISTA diz: 30 de abril de 2013

    Olha o nível da competição C.GAÚCHO X Libertadores da Améria, nem se compara me admira o Grêmio não jogar todas a fichas no gauchão olha a repercussão que dá ao vencedor do campeonato gaucho em relação ao possível trunfo numa libertadores da américa, nem se compara, O GRÊMIO tem que fazer o mesmo que o sci, jogar o CB e chegar entre os 10 e não ficar lutando por vaga na LA que é menos importante. hahahahaha… CAIAM NA REAL COLORIDAS VOCES SÓ TEM UMA COMPETIÇÃO QUE PODEM GANHAR E ESTA SE LIMITA AO GAUCHÃO, AS DEMAIS COMPETIÇÕES SÃO PARA TIMES DE QUALIDADE.

  • Zé Antônio diz: 30 de abril de 2013

    Por falar em erros da arbitragem, que tal lembrar do jogo contra no Nacional?

  • Zé Antônio diz: 30 de abril de 2013

    Por falar em erros de arbitragem, que tal lembrar do jogo contra o Nacional? Roubaram escandalosamente dos hermanos. Dê-lhes ruralito.

Envie seu Comentário