Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros

Repetição

04 de junho de 2013 8

Não foi a primeira vez. Quem viu o empate contra o Santos, na Vila Belmiro, vai concordar que o Grêmio perdeu a chance de colocar mais dois pontos na conta por falta de ambição, com a repetição de uma forma defensiva, que custou muito caro na Libertadores.

É fácil imaginar que Vanderlei Luxemburgo, adepto do futebol ofensivo, vai conversar com os jogadores, cobrar explicações, orientar para não repetir a atitude, na tentativa de acabar com um problema que assusta.

Decepção

Merece uma análise.

Verdade que o horário não era nada convidativo, que a temperatura estava baixa, mas a presença de apenas 5.758 pessoas, domingo, no Centenário, no jogo entre Inter e Bahia, deixa a impressão de que o torcedor da Capital ficou desacostumado a acompanhar o time na Serra.

Para quem vai cumprir todos os jogos que restam neste ano longe do Beira-Rio, sem correr o risco de atuar sem a força das arquibancadas, o assunto vale ser repensado pelos dirigentes e com urgência.

Faxina

Começou cedo a faxina.

Após três jogos, apenas um ponto ganho, a direção do Náutico, assustada com as fracas atuações do time, a última colocação na tabela, decidiu botar a mão na massa, com a dispensa de seis jogadores, do técnico Silas e a ameaça de que pode aumentar a lista de demitidos nos próximos dias.

Mesmo com a corda muito apertada no pescoço, a direção do Timbu parece não ter pressa para achar o novo comandante do vestiário, que vai ter a complicada tarefa de tirar leite de pedra, buscar pontos e mais pontos, salvar o clube pernambucano de um enorme perigo: o rebaixamento.

Preço

Minutos antes da bela apresentação oficial, ontem, em Barcelona, um dirigente do clube espanhol fez a tão esperada revelação sobre o preço da negociação envolvendo o craque Neymar: R$ 158 milhões.

Com mais da metade dessa grana, o Peixe tem a obrigação de contratar com qualidade, único jeito de melhorar a vida no Brasileirão e o astral da torcida.

Cansaço

Mesmo aliviado pela classificação na Libertadores, o Atlético-MG, com quase todos os titulares, deixou a desejar, empatou com o São Paulo e completou cinco jogos sem vitória.

Após a igualdade no Independência, os comandados de Cuca abriram o jogo e disseram que estão cansados, no limite e só por isso produzindo muito menos.

Perguntinha

Como Dunga vai se virar sem o ataque titular?

Bookmark and Share

Comentários (8)

  • Renato diz: 4 de junho de 2013

    Tenho uma dúvida. Como Grêmio e Inter estão pedindo 15 milhões de Euros ou mais pelo Fernando e Leandro Damião, algo em torno de 40 milhões de reais, se o Neymar foi vendido por um valor em torno de 160 milhões de reais? Ou alguém entende que o Neymar vale só 4 vezes mais do que estes dois jogadores? Alguém está fora da realidade do mercado. Eu imagino que um multiplicador ao redor de 8 seria um número mais real pelo que eles jogam. Daí, conclui-se que ou o Neymar foi vendido muito barato ou os dois da dupla Grenal estão acima do preço.

  • Jonas diz: 4 de junho de 2013

    Não entendo como jogador de futebol pode estar cansado se só joga futebol. Os caras jogam duas vezes por semana, geralmente, no meio e no final da semana. Tem todo um aparato técnico, profissionais preparadíssimos, alimentação adequada, suplementos, tem horários de descanso longos, etc., etc., etc., e ainda tem a cara de pau de alegar cansaço!!! Pode ser tédio ou estarem enjoados de fazer a mesma coisa: jogar futebol!!!

    Na minha opinião é incompreensível porque existem muitos peladeiros, como eu, que mesmo acima ou em torno dos 30 anos de idade jogam de 3 a 4 vezes no meio da semana (toda semana) e ainda no final de semana. Fora as corridinhas pra não perder o costume e a academia diária!!! Isso tudo ainda tendo que acordar as 06:00 horas pra trabalhar!!!!

    Nos últimos tempos tem faltado amor ao profissional da bola, amor a profissão, amor a camisa do clube e seleção!!! Só não falta é amor ao dinheiro, pois é só atrasar 1 ou 2 meses de salário pra casa cair!!!

    P.S.: Guerrinha, sou Gremista mas sou teu fã!!! Só não fica “fanático” demaaaais igual ao Kenny…

    Abraço,

  • Junior Brasília diz: 4 de junho de 2013

    O esquema do Dunga deu certo no gauchão, contra times pequenos, com estádios pequenos, com a arbitragem a favor onde o peso da camisa ainda faz a diferença. Bastou ir para um Brasileirão com times grandes – e olha que o inter ainda nem enfrentou nenhum deles – a coisa muda de figura. Jogar em campos amplos e com times mais ofensivos, obriga a outras atitudes em campo, você é obrigado a se defender e quando possível ir ao ataque. Assim as fragilidades da defesa ficam declaradas e a inoperância do ataque vermelho é exposta ao que na verdade é, uma falta de efetividade e com jogadores “enganadores” como R Moura, Furlan, etc. Estar motivado não quer dizer estar bem tecnicamente e taticamente, isso os jogadores devem possuir naturalmente, assim Dunga e Paixão podem dar motivação aos jogadores mas dar técnica e disciplina tática não é bem assim. O referido técnico se mostra limitado pois, não há variação tática alguma, e olha que teve um mês inteiro de pré-temporada e jogou somente o gauchão, coisa que a grande maioria da série A não teve. Como todos sabem, menos o torcedor vermelho, o inter esta sem $$$$ e com isso o time é esse ai, ou mais um ou dois meia-bocas que possam vir, então não esperem milagres e com o discurso de acreditar em título … eheheheh … como vcs vermelhos gostam de dizer que o inferno é o lugar de vcs … com certeza esse ano vcs irão literalmente conhecer e/ou andar muito próximo dele …

  • Colorado Assustado diz: 4 de junho de 2013

    Sobre o Jorge Henrique: Péssima contratação da diretoria colorada. Jorge Henrique é um jogador velho que não renderá nada ao clube além de estar afastado por indisciplina. Voce realmente acredita que após ser campeão brasileiro, copa do brasil, america e mundo com o Corinthians esse jogador tenha alguma ambição no futebol ou vontade de jogar? Com certeza virá para o RS fazer festas como tantos outros. Abre o olho direção colorada !!!

  • Rogério diz: 4 de junho de 2013

    Engraçado que nenhum colunista fala o óbvio ululante: Dunga não é técnico de futebol. Nunca foi. Mal e porcamente foi um jogador muito tosco. Têm medo de falar, temem represálias daquela besta. Aliás, em breve, com os inevitáveis resultados ruins do sem time e sem técnico Inter, é melhor por uma focinheira no cidadão durante as coletivas após os jogos. E todos sabem que não estou exagerando. E a culpa nem é do Dunga. Ele não pode e não quer viver em sociedade, por isso estava recluso desde que parou de jogar. Só saiu de casa para treinar (???) a seleção e agora o Inter. A propósito, quem falta para o Inter “queimar” na beira do gramado, depois do Falcão, Fernandão e Dunga? O Gabiru? KKKKK !!!!

  • marcelo simões diz: 4 de junho de 2013

    Guerra: é muito estranho tua tranquilidade e passividade com a direção do Inter. O Luigi está terminando com o clube e somente parte da torcida enxerga.
    Política de futebol inexistente, apostas em veteranos e ex-jogadores, sucateamento da base, escassez de investimentos no time, grupo de jogadores ridículo e de segunda divisão e um treinador que, em que pese tenha feito os caras correrem, insiste em suas burras teimosias (Rafael Moura e Aírton, por exemplo).
    Se ao término da gestão do fracassado e covarde Luigi ainda estivermos na Série A, estaremos no lucro.
    Que os céus ajudem o Inter, pois a direção faz de tudo para exterminá-lo.
    FORA LUIGI. FORAM MOURA, FORA TODA ESTA TURMA QUE REELEGEU O PIOR PRESIDENTE DA NOSSA HISTÓRIA.

  • Andrade diz: 4 de junho de 2013

    Colorados, não se preocupem, vocês estão salvos: Jorge Henrique acaba de ser contratado….

  • NILSON diz: 4 de junho de 2013

    Renato
    Antes de falar procura se informar,se o Santos não vendesse agora e por esse preço,no começo do ano o Neymar poderia assinar um pré contrato com outro clube(lógico que seria com Barça)e sairia sem o Santos ganhar um centavo,lembra do Kaká quando saiu do São Paulo,foi a mesma situação.O Barça foi até bondoso com o peixe. Abraços

Envie seu Comentário