Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros

Remédio

17 de setembro de 2013 5

Segue o baile. Verdade que não é nada fácil, mas, a partir de hoje, a melhor coisa que o Grêmio pode fazer é esquecer o Atlético-MG, focar o Santos como se fosse uma decisão, e colocar na cabeça que o único remédio para acalmar a dor é uma vitória, amanhã, na Arena.

Nove pontos atrás do líder Cruzeiro, cinco do vice Botafogo, a turma do técnico Renato Portaluppi precisa descobrir, antes de a bola rolar contra o Peixe, que o mundo não acabou, que nada está perdido e que o primeiro passo para a reação é pular a página de domingo passado.

Proteção

Deu muito certo.

Sem deixar vestígios, Dunga trocou a dupla de volantes, escalou Alex para dividir as funções de armação com o talentoso D’Alessandro, botou na cabeça que todos deveriam marcar mais do que costumam fazer e o Inter não correu nenhum risco contra o Criciúma.

Pela vitória, pela melhor proteção que os zagueiros tiveram, é fácil imaginar que o comandante do vestiário no Beira-Rio vai repetir o time contra o Bahia, num jogo em que o adversário promete atacar e pode ficar vulnerável do meio para trás.

Pescoço

É uma baita injustiça.

Sem vitória nos últimos quatro jogos – Inter, Náutico, Botafogo e Goiás -, o Corinthians ficou mais longe do G4, sepultou as chances de brigar pelo caneco do Brasileirão, provocou revolta das arquibancadas no último domingo e deixou o técnico Tite com a corda mais apertada no pescoço.

Profissional de mão cheia, um dos principais responsáveis pelos muitos títulos obtidos pelo Timão nestes últimos anos, o chefe do vestiário não esconde que está incomodado com a pressão, com a falta de paciência de boa parte da torcida e já sentiu que pode pagar uma conta que não é só sua.

Gasolina

Após um belo início, quando liderou a tabela e andou sempre dentro ou perto do G4, o Coritiba caiu de produção e nos últimos jogos deixou a impressão de que ficou sem gasolina.

Claro que dá tempo de reagir, de brigar por vaga na Libertadores, mas isso só vai acontecer se o Coxa reencontrar o seu melhor futebol, que desapareceu desde a vitória contra o Grêmio, na Arena.

Recaída

Depois de dar a impressão de que não corria riscos, o Vasco teve uma recaída, fechou a rodada dentro da zona da morte e virou, de novo, candidato forte ao rebaixamento.

Cheio de dificuldades financeiras, o time do técnico Dorival Júnior vai para os últimos 17 jogos atrás de 21 pontos, tarefa nada fácil para quem tem um grupo com muita vontade, mas de pouca qualidade.

Perguntinha

Até onde vai durar o gás do Botafogo?

Bookmark and Share

Comentários (5)

  • maurino diz: 17 de setembro de 2013

    O Criciúma estava sem seus 4 melhores jogadores, portanto não é parâmetro. Achar que Josimar ( tosco e só joga lateralmente ) e Airton ( melhorou ) são soluções, é querer demais.

  • Paulo Castro diz: 17 de setembro de 2013

    Não vejo condições da dupla grenal chegar ao título! O Inter muito irregular com falhas no goleiro, zagueiros e meio campo e o Grêmio apesar de arrumadinho não possui equipe para manter a posição. No primeiro turno surpreendeu seus adversários, mas agora no segundo turno será alvo de todas as equipes, até dos mais fracos e com isto virão as derrotas!!!
    A imprensa gaúcha está otimista demais!!

  • Nilson diz: 17 de setembro de 2013

    Até onde vai o gás do Botafogo não sei te responder,mas com certeza sei que já deu pra esse esquema tranca-rua do Renato, o qual envergonha até o Celso Roth,se der bobeira perde pro Santos do Arouca e do Montillo.E não me venham com essa de que o grupo é fraco,se tirarmos o Sedorf do Botafogo veremos que o nosso grupo é muito superior.

  • Eduardo diz: 17 de setembro de 2013

    Barcos disse que o Vargas não fez o gol porque o gramado estava alagado, uma Arena dita pelo presidente Odone como a única com drenagem à vácuo da América Latina, fez fiasco novamente, encharcou o gramado, as possas de água apareciam em vários locais.
    A empresa Arena-Porto Alegrense se defende, como sempre, e diz que a regulagem do sistema estava errada.
    A RBS fica calada, é proibido, nesta empresa, falar mal da Arena, mas há outros meios de comunicação que não possuem nenhum apadrinhamento com o Grêmio e falam a verdade, o CP é um deles, o Hiltor, que não tem rabo preso, informa aos torcedores sobre a situação.

  • CLEMER diz: 17 de setembro de 2013

    Depois de ouvir a notícia de que o Dale nao teria condicoes de jogar contra o Bahia, fiquei pensando porque o Inter foi viajar para Salvador, sim, pois sem ele o nosso time nao existe, é só o gringo que joga, os demais jogadores sao literalmente O RESTO, UMAS NABAS. Seria melhor perder por VO e poupar o dinheiro do hotel,alimentacao e transporte. Veja o Leandro MOLERAO, os preguicosos Gabriel e Kleber chicletinho, os limitadíssimos Josimar e Airton, o sem ritmo e desfocado Alex, a zaga mais velha do planeta em atividade, e para arrebatar a dupla de irmaos mais frangeira que já apareceu e que nao passa a menor confianca ao torcedor, sem falar do Dunga(ou zangado) que ao invés de orientar o time só sabe ficar mordendo a língua durante o jogo fica difícíl acreditar em vitória na Bahia e muito menos numa possível recuperacao no segundo turno. É rezar para ficar em até décima colocacao no brasileirao escapando do rebaixamento e deu pra bola esse ano.

Envie seu Comentário