Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros

Alemanha é favotira para levar o caneco

12 de julho de 2014 10

Final é jogo complicado. De um lado, a Alemanha, algoz brasileira, com um coletivo invejável. Do outro, a Argentina, esforçada, priorizando a parte defensiva, que tem o único diferenciado desta Copa.

Mas, como sempre acontece, tem favorita. Pela goleada e pelo belo futebol, os alemães entram com as melhores chances. Não significa que vão levar. Mas a lógica diz que é obrigação apontar o time do técnico Joachim Löw como o mais provável dono do caneco.

Fechadinha

Vai acontecer de novo. Quem viu a dramática vitória sobre a Holanda nos pênaltis, tem a certeza de que tudo será repetido. Mesmo que do lado alemão não exista um jogador que mereça marcação especial, homem a homem, é fácil de adivinhar que a Argentina será muito mais defesa do que ataque.

Matreiro e consciente, o técnico Alejandro Sabella vai fechar seu time, com muito esforço dos volantes e atenção redobrada dos zagueiros. Tudo para evitar o prejuízo de sair atrás e ter que abrir espaços ao adversário.

Evidentemente que os argentinos também vão tentar atacar. E, para isso, contam com Di Maria, aparentemente recuperado, e Messi, o mais talentoso de todos os que vão estar em campo neste fim de festa.

Grana

Quem ganhar no tempo normal, na prorrogação, ou nos pênaltis, recebe mais. Neste sábado, no Mané Garrincha, em Brasília, tem Brasil e Holanda, um jogo que, se dependesse da vontade dos jogadores das duas seleções, nem seria realizado. No papel, vale o terceiro lugar, prêmio que não serve para coisa alguma.

Mais abalado do que os holandeses, os brasileiros devem entrar em campo com um time diferente daquele que deixou o torcedor envergonhado, quando levou 7 a 1 dos alemães. É o penúltimo ato de uma Copa que deixa marcas positivas dentro e fora de campo. E um jogo com cara de missa de 7º dia para os torcedores amarelos e laranjas.

Aumento

Sorte que já estava assinado. Antes da Copa, o zagueiro David Luiz foi liberado pelo Chelsea, da Inglaterra, ao PSG, da França, por US$ 86 milhões (cerca de R$ 193 milhões). No novo clube, o brasileiro, que recebia R$ 440 mil mensais na Inglaterra, vai receber R$ 1,1 milhão a cada 30 dias. A conta bancária agradece…

Italiano

É tudo com o italiano. Após três jogos, todos com boa atuação, Nicola Rizzoli, 42 anos, foi o escolhido para apitar a grande final de domingo entre Alemanha e Argentina, no Maracanã. Se alguém não se lembra, o apitador esteve presente em dois jogos dos argentinos: contra a Bélgica, em Brasília, e contra a Nigéria, em Porto Alegre. E atuou na goleada da Holanda sobre a Espanha, em Salvador.

Além de tudo isso, Nicola Rizzoli é árbitro da Fifa desde 2007 e está em sua primeira Copa do Mundo. Ele dirigiu jogos da Eurocopa de 2012 e comandou a final da Liga dos Campeões do ano passado, entre Bayern e Borussia. Pelo currículo, o espetáculo está em muito boas mãos.

Clic

Reprodução Instagram

Reprodução Instagram

Não é só dentro de campo que a Costa Rica surpreendeu na Copa. A jornalista Jale Berahimi, 28 anos, esteve no Brasil para cobrir o Mundial. Vai deixar saudades em muitos repórteres, jogadores e técnicos ao voltar para o país da América Central.

Bookmark and Share

Comentários (10)

  • GUTO PEREIRA diz: 12 de julho de 2014

    Caro GUERRINHA, fecho com o TÉCNICO HOLANDES VAN GAAL e este terceiro lugar, só serve para um TIME, demostrar que não foi a FINAL por 6 min. de APAGÃO nas ESDRÚXULAS explicações dos INÚTEIS do FELIPÃO e PARREIRA, mas antes vou dar minhas NOTAS para os JOGADORES BRASILEIROS e antes do ÚLTIMO JOGO, depois digo o porquê:

    JULIO CÉSAR: não comprometeu apesar de estar se aposentando e jogar em TIME, que BEIRA o AMADORISMO no CANADA. NOTA 6

    THIAGO SILVA : Demonstrou não ter as MÍNIMAS aptidões para ser CAPITÃO. Se a ESTRELA, fabricantes de BRINQUEDOS ainda existisse(acredito q não) lançaria o boneco THIAGO CHORÃO em termos de BOLA foi um zagueiro BOM. NOTA 5

    DAVID LUIZ: Teve CORAGEM, ATITUDE até LIDERANÇA em momentos CRUCIAIS, tbm é VALENTE, mas tem defeitos GRAVES, não guarda POSIÇÃO e entram muitas bolas pelo seu setor e para quem sabe JOGAR é fácil ficar em cima dele. NOTA 5

    MARCELO: Pareceu, aqueles PALHAÇOS de FESTA de CRIANÇA, é engraçadinho, tenta algumas FIRULAS, mas na VERDADE não tem GRAÇA ALGUMA, a única coisa que não pode se QUEIXAR é que fez um GOL, SÓ que CONTRA. NOTA 3

    DANIEL ALVES: Este COITADO, parece dono de BOATE, o pessoal só passa pelo seu setor e faz a MAIOR FESTA e pior não PAGAM NADA. Se o seu intuito na COPA era APARECER, atingiu seus OBJETIVOS(cabelo pintado de AMARELO????, muitas TATUAGENS), se acertou 3 CRUZAMENTOS em toda a COPA, pode levantar as MÃOS para o CÉU. NOTA 2

    LUIS GUSTAVO: Guarda posição, não comprometeu, mas BATE teve partidas que o árbitro deixou de EXPULSA-LO, tbm adora entrar com o PÉ por cima da BOLA, teve que cobrir em todos os SETORES. NOTA 6

    PAULINHO: Não realizou uma boa COPA em termos TÉCNICOS, mas sabe JOGAR. Foi de TITULAR a RESERVA e no momento em que o TIME mais precisou de seu CAPITÃO, lá estava THIAGO CHORÃO em PRANTOS em cima de uma BOLA e PAULINHO, tentando dar MORAL ao TIME nas penalidades contra o CHILE. NOTA 5

    FERNANDINHO : Foi outro que não passou de um FEIJÃO com ARROZ com muita ÁGUA…o que mais fez foi BATER a tarde inteira no JAMES RODRÍGUEZ e não levar um cartão amarelo se quer. Tem aquele FUTEBOL a que gente chama de PORCO e SUJINHO que bate o tempo TODO. NOTA 3

    RAMIRES: Sua única jogada, foi dar uma PORRADA ou TROLADA no CROÁTA no meio de campo que o JAPÔNES, fez VISTAS GROSSAS(teve mais duas) e sai o lance do terceiro gol do BRASIL. NOTA 3

    OSCAR: Jogou a COPA do MUNDO de: VOLANTE, COBRINDO a LATERAL e o Sr LUIS FELIPE SCOLARI, conseguiu CASTRAR seu FUTEBOL, quando ELE teria que ter sido o “CABEÇA PENSANTE” do TIME. Foi lastimável o que fez FELIPÃO com OSCAR. NOTA 5

    WILLIAN : Ainda tinha REPORTER, querendo que entra-se no LUGAR do OSCAR(não estava faltando mais NADA!!!). É engraçadinho, sua BRINQUINHO, corre que nem MOSCA TONTA….será que ELE sabe que estava em uma COPA do MUNDO ??? NOTA 3

    Agora vem a parte que é para se DESESPERAR:

    HULK: Seu CORPO já fala por si SÓ. Parece uma USINA ATÔMICA, prestes a acabar com o MUNDO !!!!! Pena que tanto ESFORÇO não passe de um ” SIMPLES PEIDO”. NOTA 4

    JÔ : Este é bom nem FALAR e COMENTAR, mais parece a RODOVIA TRANSAMAZÔNICA em que uma determinada época ligava NADA a COISA NENHUMA. SEM NOTA

    BERNARD : Coitadinho, serve para aquele ditado: O QUE VAI SER QUANDO CRESCER ?? ADULTO !!!!! SEM NOTA

    FRED !!!!!???? : HOMEM de CONFIANÇA de FELEPÃO !!?? PODE ????? É um caso a ser ESTUDADO, conseguiu COMPRAR INGRESSO, para ver o jogo DENTRO de CAMPO, deve de ter sido do Raymond Whelan é considerado fugitivo pela Polícia Civil. Realmente é um CONE, fez um GOL, pois tomou uma BOLADA na CARA. Tem FUTEBOL, para JOGAR na ÁSIA. Seu MAIOR LEGADO para a COPA, foi ter INCENTIVADO as PIADAS e CHACOTAS na WEB. Para dar sua NOTA, teríamos que ir em alguma CÂMARA FRIGORÍFICA onde os TERMÔMETROS, marcam temperaturas EXTREMAMENTE BAIXAS. Se alguém ENCOSTAR do seu LADO CONGELA. Foi a IMAGEM da SELEÇÃO no MUNDIAL e só FELIPÃO e PARREIRA, acreditam nos 6MIN. de APAGÃO…. NOTA MENOS 10 ou NOTA (-)10

    NEYMAR: Para o DEMENTE do GALVÃO e de seu EMPRESÁRIO de Imagem RONALDO NAZÁRIO, deve de ter sido o CRAQUE da COPA DISPARADO !!! Por ELE NEYMAR começou e terminou a PANCADARIA, deveria de ter sido EXPULSO contra a CROÁCIA quando deu um COTOVELAÇO e depois ” PROVOU do PRÓPRIO VENENO “. Não fez NADA a COPA INTEIRA do que PODERIA FAZER se jogasse no COLETIVO e AJUDASSE a EQUIPE, mas preferiu a INDIVIDUALIDADE, que lhe renderam GOLs IMPRODUTIVOS. Na COPA não passou de um PELADEIRO de PRIMEIRA LINHA !!!!! NOTA 4

    LUIS FELIPE: O coitado não entendeu até agora que não JOGOU NADA e acha que houve SÓ 6 min. de APAGÃO e por isto não foi à FINAL. Era para ter sido DESCLASSIFICADO contra o CHILE. Não teve HUMILDADE, para reconhecer seus ERROS(na VERDADE nunca TEVE). Deveria de levar de EXEMPLO a ALEMANHA, que não EXTRAPOLOU nas COMEMORAÇÕES dos GOLs e não quis fazer um FIASCO MAIOR contra o BRASIL…mas nem isto o Sr. LUIS FELIPE SCOLARE soube RECONHECER. O 3 ou 4 LUGAR, cai de LAMBUJA no seu COLO. NOTA ZERO.

    Dei as NOTAS antes do JOGO contra a HOLANDA, pois possivelmente irão tentar FAZER o que NÃO fizeram até AGORA, para tentar LUDIBRIAR o TORCEDOR e a HUMILHANTE DERROTA de 7×1, que levaram da ALEMANHA

  • Helder H Hartmann diz: 12 de julho de 2014

    Guto Pereira; suas notas quase todas corretas, entretanto, dizer que a “cabeça pensante” do time seria o Oscar, é dose, o cara entra em campo com cara de chorão apavorado, mesmo jogando fora de posição, não contribui em nada, não tem atitude para ser titular, se tivesse, não seria reserva no Chelsea. Atitude dos jogadores, foi o que mais faltou nessa copa, pois não teve um jogador sequer, que ao sofrermos o primeiro gol contra a Alemanha, colocasse a bola embaixo do braço e chamasse a atenção de todos os outros, para reverter aquela situação, simplesmente baixaram a cabeça, aceitando de forma passiva, como se aquilo fosse normal. Cadê a indignação desses jogadores ?. Claro, 95% jogam fora do Brasil e ganham verdadeiras fortunas e não estão nem aí se perdem ou ganham, perder eles perdem, mas só o jogo, pois o dinheiro, sempre ganham. Outra coisa o terceiro lugar, vale sim, são 22 milhões de Euros para o terceiro colocado, prêmio da FIFA, ou seja, + ou – R$ 45 milhões, para a CBF. Esse é o maior legado desta Copa, para a CBF, é claro, para nós reles mortais, o legado da falta de segurança pública, de saúde pública decente, de sistema educacional de qualidade, falta de mobilidade urbana nas cidades, falta de transporte público de qualidade e baixo custo. e principalmente, vergonha na cara da grande maioria de nossos políticos corruptos.

  • GUTO PEREIRA diz: 12 de julho de 2014

    Caro HELDER, realmente o OSCAR, mesmo fazendo outras FUNÇÕES, que não as suas, esteve bem ABAIXO. Era VISÍVEL seu ABATIMENTO a cada vez que tocava na BOLA.

    Tinha TUDO para ter sido o GRANDE ARTICULADOR, pois se apresenta para a JOGADA, da PASSES, tem BOM CHUTE, VISÃO de JOGO, mas com CERTEZA, não fez nenhuma das COISAS.

    Tens RAZÃO se eu tivesse condições de ARRUMAR meu comentário, daria NOTA 3.

    Grande Abraço HARTMANN !!!

  • Machiavellirs diz: 12 de julho de 2014

    MEU POVO

    Já falei aqui que gosto de traçar o perfil psicológico de uma pessoa pelo formato do seu rosto e que, muitas vezes, o botão Nº 1 da braguilha da minha calça Diesel me chama de preconceituoso por causa desse gosto.

    Mas o Nº 1, não para por aí. Ele também me acha preconceituoso quando digo que, para sacar o pensamento de alguém ou sua intenção, “meia palavra basta” ou que “não preciso beber um cafezinho inteiro para saber se está amargo ou doce”.

    Ou seja, se a minha namorada comentar ligeiramente sobre a bunda do Hulk, tipo “olha o tamanho da bunda dele”, para mim é suficiente para saber que ela, na realidade, está comparando a bunda do Hulk com a minha e pensando com as presilhas de seu sutiã:

    - Machi, a tua bunda é uma grande porcaria!

    Pois não me comovi com o choro do David Luiz. Aquele negócio de ele dizer na entrevista que “só queria dar alegria ao meu povo” é papo de jogador rico da seleção brasileira e de político demagogo.

    Aliás, lembrei-me do Collor com o seu tradicional papo de “minha gente” (ver em: https://www.youtube.com/watch?v=3C0Fd5-xa74), esse mesmo Collor que se transformou em amigo do Lula, esse mesmo Lula que, igual ao Collor, utiliza o povo para suas demagogias baratas quando, por exemplo, diz “o povo tá mais bem humorado… mais feliz… puta merda” (ver em: https://www.youtube.com/watch?v=XLnmZvy4pU0).

  • Machiavellirs diz: 12 de julho de 2014

    REFORÇAR A SENSAÇÃO

    Talvez a maior característica do povo brasileiro seja o fato de ele gostar de reforçar a sensação. Eis alguns exemplos:

    Exemplo 1 – quando trazemos uma Copa do Mundo para nossos estádios, reforçamos a sensação de que vamos realizar a Copa das Copas. Ou seja, não basta ter a sensação de que faremos a Copa das Copas; temos, também, que reforçar essa sensação.

    Exemplo 2 – quando a Copa estiver quase no seu final, reforçamos a sensação de que somos o povo mais hospitaleiro do mundo. Ou seja, não basta ter a sensação de que somos o povo mais hospitaleiro do mundo; temos, também, que reforçar essa sensação.

    Poderia citar “n” exemplos que o povo brasileiro utiliza para reforçar a sensação de alguma coisa. Não faço isso porque sei que esse povo carente de educação, saúde e segurança me dá a sensação de que continuará carente de educação, saúde e segurança… e eu não quero reforçar essa sensação!

  • Machiavellirs diz: 12 de julho de 2014

    CAPACIDADE DE INDIGNAR-SE

    Pensei na indignação depois que vi a atitude do povo brasileiro no jogo em que o Brasil perdeu para a Holanda por três a zero e ficou em quarto lugar na “Copa das Copas” realizada no Brasil.

    Na realidade, apenas tive a oportunidade de comprovar o perfil do povo brasileiro: é um povo fraco, sem capacidade de indignar-se.

    Aliás, Fernando Pessoa, no Livro do Desassosego, disse “não me indigno porque a indignação é para os fortes”, julgando-se, ironicamente, um fraco.

    Já Santo Agostinho, por sua vez, ensinou: “A esperança tem duas filhas lindas: a indignação e a coragem. A indignação nos ensina a não aceitar as coisas como estão; a coragem, a mudá-las.”

    E o povo brasileiro aceita as coisas como estão; e o povo brasileiro, não tem coragem de mudá-las. Por causa disso, feito um fraco, feito um submisso, insistiu em aplaudir o aquecimento dos jogadores brasileiros; insistiu em cantar o hino nacional a capella.

    Se fosse um povo forte, mostraria para o mundo a sua indignação: teria ficado quieto!

  • Machiavellirs diz: 12 de julho de 2014

    Minha primeira vez. Acho que sempre fui gay e não sabia. Hoje, com meus 73 anos lembro com saudades de meu período de iniciante que me fez ver o que eu realmente era. Zezé, do qual já falei antes, 1,65m de altura e 58 kg totalmente sem pelos, olhos azuis, moreno claro, cabelos loiros meio compridos rosto redondo com covinhas (quando me apresentavam para algum homem ou mulher ouvia sempre: mas que gracinha que ele é, tão bonitinho!) já tinha me largado então. Me comeu, mas foi mais umas experiências digamos assim, acertar o posicionamento…

    Estava no último ano do colegial quando mudou-se para o prédio onde morava um Sr. alto, forte com cabelos grisalhos e muito bonito. Ele, logo logo se aproximou dos moradores do prédio e da minha família também. Sempre conversava com meus familiares e outras pessoas no elevador ou em outras áreas. No apê moramos eu, meu pai, minha mãe e uma irmã. O prédio tem uma piscina a qual eu frequentava sempre. Toda a vida eu só gostava de ficar com as meninas nunca gostava de ficar com os meninos e suas brincadeiras violentas. Um dia estava na piscina com umas amigas e aquele Sr. chegou cumprimentou-nos e foi tomar banho de sol. Continuamos nossas brincadeiras e papos e quando olhei para ele vi que me encarava…

    Fiquei encabulado com aquilo mas não comentei com minhas amigas. Percebi que ele olhava mais para minha bunda que para mim. Quando sai para meu apê ele me seguiu e no elevador perguntou se eu gostava de aeromodelismo. Eu disse que sim mas que nunca tinha feito. Então ele disse que gostava muito e que estava precisando de um ajudante perguntou se eu não queria ir ao apê dele.

    Eu disse que não pois ele não parava de passar a mão em seu pau. Fiquei muito corado e desci do elevador correndo para minha casa. Em diversas outras ocasiões ele sempre me fazia o convite e eu sempre negava, pois já previa o que ele queria. Eu também queria, mas era muito novo, tremia. Mas no meu quarto a noite me imaginava sendo beijado, abraçado por ele. Imaginava suas mãos passando por todo meu corpo e ficava muuuuuito excitado. Oh!! Meu Deus!!!

    Um dia estávamos minha mãe eu com ele subindo no elevador quando ele falou para minha mãe que fazia aeromodelos e que necessitava de um ajudante pois tinha um, mas como mudou-se de cidade havia perdido seu ajudante. Assim pedia para minha mãe se eu poderia ir ao apê dele ajudá-lo. Perguntou ainda se podia me levar no campo para ajudá-lo a fazer voar os aeromodelos.

    Minha mãe mais que depressa concordou forçando-me a acompanha-lo até o seu apartamento. Eu fui, mas com muito medo de acontecer o que eu julgava que ia acontecer comigo…Mas também fui com tesão. Ele era viúvo e morava sozinho e quando chegamos lá, me mostrou seu apê com vários aeromodelos muito bonitos. Levou-me ao quarto de empregada transformado numa pequena oficina. Tinha uma bancada e várias ferramentas dependuradas num painel. Como era meio apertado ele passou por trás de mim e senti seu corpo encostar no meu e seu bafo quente na minha nuca. Senti um calafrio na espinha mas não disse nada. Mas minha bunda molhou. E assim foi, as tardes eu ia lá para ajudá-lo na construção de um avião. Muitas vezes ele passava por trás e, como era apertado, encostava em mim.

    Um dia estávamos trabalhando e ele me disse que eu tinha um corpo muito bonito. Que eu devia pegar muitas meninas. Eu fiquei muito vermelho e não lhe respondi. Eu sentia que suas passadas por trás de mim eram muito frequentes e cada vez ele me apertava mais de encontro a bancada. A barraca dele estava armada cada vez mais firme. Aquilo me excitava muito, gemia de tesão baixinho, e toda vez que voltava para casa, ia direto ao banheiro bater uma, pensando nele me possuindo e me arrombando com força, rangendo os dentes na minha nuca e eu mordendo com força a fronha.

    Tudo isto foi vencendo minha resistência até que um dia, quando ele, com a desculpa de pegar alguma coisa para voltar ao seu lugar, ficou me encoxando, não resisti e apertei-o de encontro a parede, arrebitando bem minha bunda. Ele compreendeu o sinal verde.

    Me pegou pela cintura dizendo que me amava e me queria para ele e queria fazer amor comigo. Eu não falava nada mas correspondia fechando os olhos e gemendo baixinho. Me beijou a nuca, a orelha e me fez ficar de frente me dando um beijo que eu não conhecia. Sua língua molhada forçou a entrada em minha boca procurando pela minha. Eu me entregava para ele respondendo às suas caricias. A apreensão tomou conta de mim. O coração parecia que ia sair pela boca. Eu suava muito e estava tremendo de medo.

    Ele percebeu meu nervosismo e me acalmou me abraçando forte e dizendo que me amava, “Machi, Machi, calma, eu cuido de você, eu te amo”, dizia que eu o havia conquistado no instante que me viu. Eu sentia algo crescido de encontro a minha barriga e sabia que logo ia ver aquilo para satisfazer minha curiosidade e vontade. Suas mãos não paravam de me alisar as costas, a bunda, a nuca e de me apertar de encontro ao seu corpo. Aí falou no meu ouvido vamos para o quarto lá é mais confortável. Fomos abraçadinhos até lá. Uma de suas mãos já estava em contato com minha bunda apertando-a firme. No quarto, continuando a me beijar tirou minhas roupas deixando-me nu e, em seguida, com um braço em minha cintura tirou as suas calças. Senti o cheiro e depois o contato de seu pau me fazendo tremer, quase desmaiei, não sei se de nervosismo, vontade ou excitação.

    Fomos para a cama e ele ao meu lado começou a chupar meus peitos e minha boca e beijar todo o corpo. Eu gemia de tesão. Ele me encoxava e pediu para eu pegar seu pau. “Pega meu pau Machi…” Minha mão era muito pequena para aquele tamanho todo. Fiquei com um pouco de medo e disse que era muito grande, mas não tirava os olhos do caralho dele. Ele respondeu que ia ser muito carinhoso comigo, não ia me fazer sofrer. Disse também que ia doer um pouco, mas passaria e ai eu iria gostar. Pediu-me para chupá-lo e eu o chupei com uma sede que poucas vezes tive na vida. Ele disse só: Machi, tem tempo amor, chuparás mais depois, agora é a minha vez, e me chupou.

    Pediu para eu ficar de bruços e abrir bem as pernas. Pegou no criado uma pomada passou a em mim me arrancando suspiros e me fazendo ofegar com seus dedos, mordi a fronha firme, quase a rasguei. Me explorava e me lubrificava. Ele estava tão excitado que recusou a camisinha que sugeri, eu também não queria “papel na minha bala”, ele disse que tinha um pouco de margarina Doriana, mas estava gelada e dura, então cuspiu na mão, passou o cuspe na pica e no meu rabo e se pôs entre minha pernas, senti seu pau roçar em minha nádegas e o rego, quando ele me pediu para pôr na “portinha”. Peguei-o e coloquei bem na argolinha, menti que era virgem até aquele instante (Já tinha dado para meu priminho Zezé). Me beijando o rosto, mordendo minha nuca senti uma leve pressão e a cabeça começou a sua jornada para me deflorar.

    Começou a doer, eu disse. Ele parou e ficou fazendo movimentos laterais e perguntando se doia ainda. Doía mas eu disse “passou! passou!! pelo amor de Deus vai com tudo!!!” e ele continuou a foda. A dor voltava mas eu não pedia para ele parar… Ele notava mas eu logo pedia para recomeçar. Ele repetia, parado, os movimentos laterais, me acariciando e falando em meus ouvidos “Machi, como seu cu é gostoso”, gemendo, e dizia que eu era o amor que ele queria só para ele.

    E assim foi até que senti todo seu peso em minha costas. Isto demorou muito tempo com muitas retiradas com seções de carinho apenas, olhos nos olhos. Ele sempre perguntando se doia. Estava doendo um pouco mas o tesão, a vontade de dar, era tanta que eu já dizia que não doía nada. Ai começou a se movimentar bem devagar no começo até que depois de algum tempo seus movimentos eram rápidos e frenéticos me pedindo para me mexer, para rebolar, e eu não sabia bem o que fazer mas tentava fazer o que ele me pedia. Ele suava muito, eu sentia seu suor escorrer em minhas costas me deixando todo molhado e o cheiro me excitava a ter vontade de urrar. Até que senti umas últimas estocadas violentas e acabou, e o senti desfalecendo em cima de mim.

    Eu estava em alfa, me sentia aquela mulher como eu sempre quis ser. Sentir o peso daquele homem maduro em minhas costas com seu pau, ainda duro, em mim, me satisfazia totalmente. Eu forçava minhas nádegas de encontro ao seu quadril para ter por mais tempo todo aquele mastro dentro de mim. Depois de algum tempo, o pau saiu normalmente e ele, recuperando as forças, disse “Machi, vamos tomar um banho juntos”. Lá, fui ensaboado, alisado, beijado, amassado, encoxado, chupei e fui chupado. Vi que o seu pau acordou e me olhou sorridente e, claro, quisemos mais. Estávamos novos em folha, com todo o gás de novo, ele caçando aquele meu cuzinho que ele havia arregaçado pouco antes. Nem nos enxugamos e voltamos para a cama, agora comigo mais calmo e querendo mais a 2ª, a 3ª, a 4ª arrombada no meu rabo – e muitas vezes mais. Claro que eu já estava curtindo tudo na maior sacanagem. Foi assim que assumi uma coisa que já estava em mim e eu não admitia.

    Por isto sempre preferi me relacionar como amiguinho com mulheres, pensei, sempre achei alguns homens muito bonitos dando sempre um 2º olhar para eles e nunca fiz isso para uma mulher. Depois deste dia tivemos muitas e muitas tardes excitantes e molhadas. Ele se tornou amigo de minha familia para, assim, podermos viajar e ficarmos alguns dias em hoteis e pousadas com a desculpa dos torneios de aeromodelismo, mais ou menos como a “pescaria” dos cowboys em O Segredo de Brokeback Mountain…

    Um dia quis porque quis, era uma fantasia minha, que ele me comesse em minha cama. Aconteceu um dia que todos de casa saíram mas… Minha irmã voltou da escola mais cedo e nos pegou na cama, totalmente nus e eu chupando seu pau. Imaginem a cena e as consequências!!! Mas disto eu falo depois…

  • Julio diz: 12 de julho de 2014

    Tomara que essa moda de colocação de chip nas bolas não pegue, pois a minha mulher já tá querendo que eu coloque chip nas minhas bolas, dá aí é complicado. to ferrado.

  • Jack Summer diz: 13 de julho de 2014

    A ALEMANHA tinha de ser campeã, mereceu por suas atuações dentro e fora de campo; a organização, o capricho, o respeito por eles demostrado por nós ao longo de toda copa tinha de ser premiado, mereceram o título.
    DEUTSCHLAND ÜBER ALLES !

  • Alberto/Não sei se aprendemos a lição diz: 13 de julho de 2014

    Perguntinha: o que Neymar Jr estava fazendo lá no banco do Brasil rindo de quê? Deve ser dos otários brasileiros que de agora em diante ficarão aqui pagando o “legado”. Parabéns aos Alemães! Além do caneco lembraram dos nossos índios. Que exemplo!

Envie seu Comentário