Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros

Posts com a tag "Atlético-MG"

Inter precisa manter padrão defensivo para se aproximar da liderança

23 de agosto de 2014 12

Pintou mais uma chance.
Neste sábado, em Belo Horizonte, o Inter, vice-líder, enfrenta o irregular Atlético-MG. Mais um jogo grande, complicado, com proibição de fracasso. É uma oportunidade para tentar seguir sonhando com a redução de distância em relação ao Cruzeiro e, acima de tudo, para provar que é capaz de se dar bem contra os rivais mais fortes da competição.
Um baita desafio para a turma do técnico Abel Braga, que precisa manter o bom padrão defensivo, mas necessita melhorar o poder de fogo, se não quiser ficar com menos gordura e mais ameaçado de perder lugar no G4.

Vitória
Nem empate serve.
Mais uma vez na Arena, neste domingo, o Grêmio encara o sempre respeitado Corinthians. Atrasado na tabela, lamentando a derrota para o Cruzeiro na quinta-feira, o time do técnico Luiz Felipe Scolari ficou sem escolha: é vencer ou vencer.
E, para atingir o seu único objetivo, terá que mostrar ainda do que mostrou no Mineirão, quando defendeu bem, mas atacou mal. O time gaúcho amargou outra derrota e não conseguiu sair do incômodo lugar que ocupa na classificação.

Obrigação
Não dá para adiar. Com 14 pontos, atrasado na tabela, o Juventude entra em campo, neste sábado, sem o direito de deixar escapar os três pontos contra o lanterna Duque de Caxias. Verdade que não tem jogo jogado, mas se quiser sonhar com vaga, com a chance de mudar de divisão, o time do técnico Picoli tem a obrigação de fazer a sua parte, somar três pontos e, ainda, dar uma espiadinha com interesse nos jogos paralelos.

 

Foto Porthus Junior/Agência RBS

Foto Porthus Junior/Agência RBS

A cueca…
Sem saber como se livrar de uma terrível dor de cabeça, que o acompanhou a vida inteira, o Edinho decidiu procurar um especialista.
Fez os exames e recebeu o diagnóstico:
- Meu caro, tenho uma boa e uma má notícia! A boa é que o caso tem cura! A má é que para isso acontecer, você terá que se submeter a castração!
O Edinho levou um choque, caiu em depressão, passou bons dias meditando e decidiu encarar o bisturi.
Quando deixou o hospital, pela primeira vez depois de 20 anos, não sentia mais as terríveis dores e, diante da felicidade recuperada, tratou de renovar o guarda-roupas.
Entrou numa loja.
- Quero um terno novo!
- Vejamos! É um 44 longo! – respondeu o atendente.
- É isso mesmo! Como o senhor soube? – perguntou o Edinho.
- Estou no ramo há mais de 60 anos! – avisou o alfaiate.
Enquanto experimentava o terno que caiu muito bem, o Edinho foi interpelado pelo atendente.
- Que tal uma camisa, 34 de manga e 16 de pescoço?
O Edinho não resistiu.
- Mas é isso mesmo! Como pode adivinhar? – questionou.
- Estou no ramo há mais de 60 anos! – recordou o alfaiate, que logo questionou:
- Que tal uma cueca nova?
- Claro!
- Acho que é 36!
- Desta vez, te peguei! Uso o tamanho 34 desde os 18 anos! – retrucou o Edinho.
A reação do alfaiate veio em seguida.
- Você não pode usar 34! O tamanho 34 pressiona os testículos contra a espinha, e essa pressão deve provocar em você uma dor de cabeça infernal…

 

Bookmark and Share

Colorados berram contra a direção

25 de abril de 2014 11

Nestes últimos dias, além de comemorar a vitória na estreia, os colorados, com toda a razão, berram com a nova medida da direção, que decidiu cobrar ingresso de crianças a partir de cinco anos.  O que não acontecia antes da reinauguração do Beira-Rio.

Sabemos todos que o guri de hoje será o torcedor e o associado de amanhã. É o futuro do clube. Isso nos leva a pensar que, nos próximos dias, com bom senso, o atento presidente Giovanni Luigi e seus parceiros de direção revisarão o assunto.

Preocupante

Começa a assustar. Verdade que a atuação na Argentina, principalmente nos últimos 20 minutos, foi um pouco melhor. Mas a maior das verdades é que o Grêmio chegou à quarta derrota nos últimos seis jogos. Ninguém sabe explicar onde está o furo da bala.

Claro que o foco é a decisão da quarta-feira, Mas o melhor que Enderson Moreira pode fazer é arrumar a casa e fazer o time começar a vencer, contra o Atlético-MG, domingo, na Arena. Até para animar seu preocupado torcedor.

Aberto

Tudo pode acontecer. Apesar de ter jogado de forma diferente, mais defendendo do que atacando, o Real Madrid tirou proveito do fator local, largou na frente do muito bom Bayern. Mas agora precisará tirar sangue das unhas, semana que vem, na Alemanha, para confirmar a vaga tão esperada na final da Liga dos Campeões.

Verdade que um gol do time espanhol pode significar a classificação, que qualidade o time do sempre perigoso Cristiano Ronaldo tem de sobra. Mas é fácil adivinhar que a tarefa é das mais complicadas. Daquelas que exige futebol, fôlego e, acima de tudo, transpiração.
Castigo

Não foi por acaso. Desinteressado em atacar, mais preocupado em não perder, o Vélez, melhor campanha da Libertadores, perdeu para o Nacional-Par. Ficou com a corda apertada no pescoço.

Agora, sem opção, os argentinos terão que mudar no jogo da volta, atacar muito mais e correr atrás da vitória e da reversão. O que é muito possível, mas bem mais complicada do que parecia.

Seca

Dá para reverter. Em casa, empurrado pelo seu povo e com a corda apertada no pescoço, o Atlético-MG terá a iniciativa e mais coragem para atacar. Tudo o que não apresentou na derrota para o Nacional, em Medellín.

Precisará fazer isso com um técnico novo ou um interino. Ontem, Paulo Autuori foi demitido. Além de perder o título mineiro, seu time jogava pouco e não fez um gol sequer nos últimos três jogos.

Perguntinha

Quando o Grêmio vai fazer gol de falta?

Bookmark and Share

Ronaldinho fica no Galo

10 de janeiro de 2014 0

CLEBER GRABAUSKA – interino
cleber.grabauska@rdgaucha.com.br

Ronaldinho contrariou o seu histórico de desfechos inesperados e resolveu continuar em Belo Horizonte. O R10 descartou o futebol turco, estava a caminho do Besiktas, e decidiu ficar no Galo por mais uma temporada.

Com a renovação do craque e a manutenção do grupo de 2013, o Atlético-MG continua forte e segue como um dos grandes favoritos para a Libertadores.

Impaciência

Depois de reclamar da condição de reserva em entrevistas concedidas durante as férias e de chegar atrasado para a reapresentação, Scocco completou a série de pequenas falhas com uma lesão no tornozelo.

Problema um tanto quanto misterioso que vai atrapalhar ainda mais a pretensão do argentino em se tornar o titular do ataque do Inter. Scocco está perdendo todo o prestígio que tinha com o torcedor colorado. Precisa urgente mostrar serviço e fazer gols para não se tornar mais um come e dorme nas bandas do Beira-Rio.

Gordinho

Talvez a grande contribuição de Enderson Moreira na última temporada seja a recuperação de Walter para o futebol. Com carinho e uma atenção especial, o centroavante se transformou num dos melhores do último Brasileirão sem precisar se render ao rigores da balança. Agora, no Fluminense, ele começa um novo ciclo. O seu talento foi reconhecido, e Renato, com toda a sua experiência, já garantiu que continuará tratando bem do gordinho. Ou seja, tentará repetir a fórmula de Enderson Moreira no Goiás.

Bigode

Leandro Damião foi apresentado com pompa e circunstância na Vila Belmiro. Pilotando um bonde e com direito a camiseta especial com bigode estilizado, o ex-centroavante colorado chega ao Santos como a maior transação do futebol brasileiro no ano.

Precisará recuperar o faro de gol e mostrar um desempenho muito melhor do que teve nos dois últimos anos pelo Inter.

Reforços

O Grêmio enxugou o grupo, reduziu despesas, mas ainda não tem em casa tudo de que precisa. Mesmo que Zé Roberto permaneça, o time ainda necessita de um garçom, um jogador de armação mais ofensivo.

Também seria bom contar com opção de ataque. Depois do que Kléber e Barcos fizeram, pouca gente confia neles.

Bookmark and Share

Proeza

20 de setembro de 2013 14

Justo quando tinha a chance de grudar no G4, o Inter jogou bola de salário atrasado, bateu cabeça do meio para trás, errou muito do meio para a frente e perdeu para a ruindade do Bahia, de novo. Terminou a rodada mais longe do objetivo que resta.

Foi a quarta derrota na competição, a mais merecida de todas, que mostrou com clareza que o time é dependente de D’Alessandro, não tem a qualidade que muitos pensam e terá que fazer campanha de luxo, até o final, se quiser começar 2014 na Libertadores.

Preocupa

É hora de achar a causa.

Nos dois últimos jogos, contra Atlético-MG e Santos, dentro da Arena, o Grêmio produziu muito pouco, somou apenas um dos seis pontos, ficou mais longe do topo da tabela e tudo isso passa diretamente pelas atuações preocupantes do qualificado Zé Roberto.

O ex-capitão gremista, que muitas vezes fez a diferença com passes açucarados e gols, apareceu muito pouco neste seu retorno ao time, o que serve para explicar, em parte, as dificuldades do time do técnico Renato Portaluppi diante do Galo e do Peixe.

Foco

Só resta mudar o foco.

Atrapalhado, muito longe daquele time que era visto como favorito no início do Brasileirão, o Corinthians deu mole, de novo, perdeu para a ameaçada Ponte Preta, deu adeus ao sonho de alcançar os primeiros da tabela e ficou mais complicado do que já estava até para arrumar uma vaga entre os integrantes do G4.

Pela queda assustadora de produção e pela bola que não está assustando quase ninguém, é bem fácil adivinhar que o técnico Tite, visivelmente abalado pela pressão que nunca imaginou viver, vai baixar a biblioteca nestes próximos dias atrás de uma melhora e focar a única chance de salvar o ano: o título da Copa do Brasil.

Pênalti

Verdade que o Cruzeiro está jogando uma bola redonda, que é o favorito ao título, mas a goleada sobre o Botafogo só aconteceu por um importante detalhe: o pênalti desperdiçado pelo talentoso Seedorf.

Aquele erro, numa hora em que o visitante era melhor, mudou o rumo da partida e deixou a Raposa, com muitos méritos, ainda mais perto do cobiçado caneco do Brasileirão.

Livre

Com suor, quase com lágrimas, o São Paulo derrotou o Atlético-MG, se afastou um pouco mais da pior parte da tabela e deixou claro que vai passar longe da tragédia.

Se seguir assim, o time do técnico Muricy Ramalho vai se livrar da bronca em breve e poderá começar a se dedicar a busca da vaga para a Libertadores de 2014, através da Sul-Americana.

Bookmark and Share

Jogão

14 de setembro de 2013 5

Segue o baile. 

Neste domingo, na Arena, o Grêmio, terceiro na tabela, na luta pelo título, recebe o Atlético-MG, cheio de cascudos, qualificado, campeão da Libertadores, atrasado no Brasileirão, num jogo que merece ter casa lotada, empurrão das arquibancadas e pode valer uma aproximação ao dono da liderança.

Sem Kleber, provavelmente com Vargas, o time do técnico Renato Portaluppi entra em campo cheio do moral, com muita chance de fazer um grande atuação, ultrapassar outro degrau nada pequeno, depositar mais três pontos na conta e deixar o seu povo ainda mais animado do que já está.

 

O paninho…

Sem algo mais interessante para fazer, Antão resolveu somar pontos com Marilene, sua mulher. Após o jantar, ele convidou a companheira para um passeio no shopping e foi prontamente atendido. Durante o passeio, Marilene colocou os olhos num lindo biquíni, seu sonho de consumo e não perdeu tempo.

- Antão, você não quer me presentear com um biquíni? – questionou.

Na mesma hora, com a cara de poucos amigos, o maridão mandou bala:

- Com esse corpo de máquina de lavar? Nem pensar!

Mesmo com o clima mais pesado entre os dois, o passeio prosseguiu e, quando passou em frente a uma outra loja, a Marilene voltou ao ataque:

- Antão, olha só que vestido lindo esse vermelho!

Sem muita paciência, o marido botou os olhos rapidamente na peça e não fez nenhum comentário. E Marilene insistiu:

- Amor, você não quer me presentear com esse vestido?

- Com esse corpo de máquina de lavar? Nem pensar! – respondeu o maridão.

Minutos depois, os dois voltaram para casa, deitaram e Antão não se conteve:

- E ai benzinho? Vamos colocar essa máquina de lavar para funcionar?

Depois de um breve silêncio, irritada com as atitudes do marido no shopping, Marilene se encheu de coragem e não deixou por menos:

- Para lavar esse pedacinho de pano? Nem pensar! Se quiser, lave-o na mão…

 

Inteligência

É hora da onça beber água.

Desgastado, atrapalhado pela falta de vitórias, o Inter, quinto colocado na tabela, volta a campo neste domingo, no Heriberto Hulse, contra o irregular Criciúma, quando vai ter que achar um jeito de defender melhor do que tem feito, única forma de voltar a vencer e tentar se aproximar do G4.

Longe de casa, contra um rival que vai arriscar muito, o time do técnico Dunga não pode abrir mão da inteligência, saber segurar a pressão inicial do Tigre, valorizar a bola, colocar em prática a sua maior qualidade, se quiser um belo resultado e devolver o otimismo para todos que vestem vermelho.

Bookmark and Share

Obrigação

17 de agosto de 2013 6

É proibido adiar. Neste domingo, no Estádio do Vale, o Inter, sem sentir o sabor da vitória nos últimos quatro jogos, enfrenta o Atlético-MG, campeão da Libertadores, cheio de bons jogadores, num jogo em que não pode desperdiçar os três pontos de jeito nenhum.

Até as paredes sabem que a tarefa é complicada, mas chegou a hora do time de Dunga fazer valer o fator local, tratar de melhorar a defesa, seguir com o belo aproveitamento do meio para a frente e terminar a rodada mais perto da ponta da tabela.

A entrevista…

Na entrevista de emprego, Azevedo foi encaminhado a uma sala bonita, ampla, onde encontrou o responsável pela seleção. Sem muita cerimônia, o entrevistador foi logo ao assunto:

– Vou lhe aplicar um teste! A primeira questão é a seguinte: você está numa estrada escura e enxerga dois faróis emparelhados vindo em sua direção! O que você acha que é?

– Um carro! – respondeu Azevedo.

– Um carro é muito vago! Que tipo de carro?

– Não dá para saber, né? – avisou o entrevistado.

– Vou lhe fazer outra pergunta: você está na mesma estrada escura e nota só um farol vindo em sua direção! O que é?

– Uma moto! – emendou Azevedo.

– Sim, mas que tipo de moto?

– Sei lá! Numa estrada escura não dá pra saber!

– Assim você não vai passar! – diz o empregador, que emendou:

– A última pergunta: na mesma estrada escura você enxerga, de novo, só um farol, mas menor e que vem bem mais lento! O que é?

– Uma bicicleta!

– Sim, mas que tipo de bicicleta? – retrucou o funcionário.

– Não sei! – respondeu o irritado candidato.

– Você está reprovado!

Com a paciência no chão, Azevedo não se conteve:

– Posso lhe fazer uma pergunta também?

– Claro! – respondeu o funcionário.

– O senhor está numa rua iluminada, enxerga uma moça com maquiagem carregada, vestidinho vermelho bem curto, girando uma bolsinha! O que é? – perguntou o Azevedo.

– É uma prostituta, claro! – emendou.

– Sim, mas que tipo de prostituta? Sua irmã, sua mulher, sua mãe?????

Sequência

Para manter a sequência. Neste sábado, em São Januário, o Grêmio, eufórico com duas vitórias seguidas, ingresso no G4, encara o Vasco, que aos poucos começa a mostrar sinais de progressos, mas muito longe de ser imbatível, mesmo jogando no seu reduto.

Mais uma vez com alterações na escalação, mas muito provavelmente com três zagueiros, o time do técnico Renato Gaúcho tem condições de repetir a boa atuação na etapa final contra o Cruzeiro, conter o adversário e, com sorte, encostar de vez no dono da ponta da tabela.

Bookmark and Share

Inteligência

24 de julho de 2013 10

Só a derrota não serve.
Logo mais, no Morumbi, embalado pelo belo recomeço de Brasileirão, com Leandro Damião escalado, o Inter encara o São Paulo, em crise dentro e fora do campo, num jogo em que o público será pequeno, o ambiente tenso e pressão contra o mandante.
Com inteligência, muita marcação, o retorno do seu camisa 9, o time de Dunga tem chance de aumentar a sequência de bons resultados e terminar a noite na parte mais alta da tabela, algo impensável para quem já foi visto como candidato à degola.

Xingão

Estava no cardápio.
Consciente de que as expulsões acabaram com as chances de bom resultado em Criciúma, Renato Portaluppi reuniu seus jogadores, puxou as orelhas dos dois infratores e deu um recado ao grupo de que essas coisas não podem acontecer.
Depois da justa bronca, é fácil adivinhar que, a partir de agora, ninguém vai fugir de uma disputa mais forte, mas certamente todos terão mais cuidados nas atitudes que podem deixar o time com jogadores a menos e com maiores dificuldades de buscar resultados.

Guerreiro

É um belo reforço.
Dono de um fôlego invejável, marcador implacável, o volante Guiñazú será apresentado nesta quarta-feira como o novo reforço do Vasco para o restante do ano, onde chega com as pompas de titular e com a capacidade de dar uma bora arrumada no sistema defensivo.
Velho conhecido do técnico Dorival Júnior, El Cholo, que nos seus tempos de Inter era visto por muitos como jogador violento, sempre candidato ao cartão amarelo, em pouco tempo será reconhecido como guerreiro, incansável, tudo o que sempre foi no Beira-Rio e até lhe valeu convocações para a seleção.

Virada

Ao lado do seu povo, o Atlético-MG reencontra, hoje à noite, no Mineirão, o Olimpia, na grande final da Libertadores, com a obrigação de vencer, no mínimo, por dois gols de vantagem.
Uma missão complicada para a turma de Cuca, mas nada impossível para quem fez a melhor campanha, superou obstáculos e que tem capacidade para transformar o limão em limonada.

Alerta

Com três derrotas seguidas, o Fluminense despencou para a 14ª posição e provocou especulações sobre o futuro de Abel Braga, marcado na paleta por boa parte da torcida.
Confiante na recuperação, a direção do Flu garantiu a permanência de Abelão, mas não deixou dúvidas de que tudo pode mudar caso as vitórias não voltem com urgência.

Perguntinha

O Galo vai levar a Libertadores?

Bookmark and Share

Reforços

10 de junho de 2013 15

Ficou de bom tamanho. Num jogo bem menos complicado do que parecia, o Inter saiu na frente, mas teve que se conformar com o empate contra o Cruzeiro, somou um ponto que muitos dos adversários não vão somar, porém voltou com a sensação de que poderia ter conquistado uma vitória.

Atrasado na tabela, o Colorado, como todos os outros, agora terá uma folga, quando a direção vai precisar agir para entregar os reforços que o técnico Dunga tanto necessita para voltar ao Brasileirão mais forte e em condições de pegar o elevador.

Justiça

Voltou tudo ao normal.

Após três atuações razoáveis, o Grêmio jogou pouco, perdeu para o desfalcado Atlético-MG, deixou escapar a chance de seguir nas pegadas dos primeiros e mostrou que vai precisar trabalhar muito nesta parada para atingir o ponto que seu torcedor espera.

Antes, porém, com o que tem, oscilando muito, o time de Vanderlei Luxemburgo ainda vai topar com o São Paulo, no meio da semana, quando o torcedor terá que dar uma boa ajuda, tudo para o Tricolor buscar os indispensáveis três pontos.

Gasto

Deu para o gasto.

Empurrada pela torcida, com muito mais fôlego, a Seleção fez um primeiro tempo sem criar quase nada, mas cresceu na etapa final, dominou a França, abriu o placar com o diferenciado Oscar, marcou o segundo com Hernanes, fechou com Lucas e ficou mais animada para a Copa das Confederações.

A goleada, ontem, na Arena, foi importante para melhorar o astral do grupo do técnico Luiz Felipe Scolari e de boa parte da torcida, mas ainda é preciso achar a escalação ideal, aprimorar o entrosamento e esperar que o menino Neymar possa, com a camisa amarela, jogar o mesmo que motivou sua contratação pelo Barcelona.

Cobrança

Preocupada com o início nada animador do Brasileirão, a exigente torcida do Corinthians vaiou o time no empate contra a Portuguesa e não poupou Alexandre Pato, que tem jogado muito pouco.

Apesar de ser um profissional convicto, não é de duvidar que o técnico Tite volte a colocar o jogador mais caro do grupo na casamata.

Esperança

O Caxias começou a briga na Série C a todo vapor, com duas vitórias em dois jogos, e vai bem no primeiro objetivo: a classificação.

Mesmo diante de uma amostragem pequena, não é difícil deduzir que a turma do Centenário passou por cima dos problemas e criou esperança de que o futebol gaúcho possa ter um representante na Série B em 2014.

Perguntinha

Temos time para ganhar a Copa de 2014?

Bookmark and Share

Repetição

04 de junho de 2013 8

Não foi a primeira vez. Quem viu o empate contra o Santos, na Vila Belmiro, vai concordar que o Grêmio perdeu a chance de colocar mais dois pontos na conta por falta de ambição, com a repetição de uma forma defensiva, que custou muito caro na Libertadores.

É fácil imaginar que Vanderlei Luxemburgo, adepto do futebol ofensivo, vai conversar com os jogadores, cobrar explicações, orientar para não repetir a atitude, na tentativa de acabar com um problema que assusta.

Decepção

Merece uma análise.

Verdade que o horário não era nada convidativo, que a temperatura estava baixa, mas a presença de apenas 5.758 pessoas, domingo, no Centenário, no jogo entre Inter e Bahia, deixa a impressão de que o torcedor da Capital ficou desacostumado a acompanhar o time na Serra.

Para quem vai cumprir todos os jogos que restam neste ano longe do Beira-Rio, sem correr o risco de atuar sem a força das arquibancadas, o assunto vale ser repensado pelos dirigentes e com urgência.

Faxina

Começou cedo a faxina.

Após três jogos, apenas um ponto ganho, a direção do Náutico, assustada com as fracas atuações do time, a última colocação na tabela, decidiu botar a mão na massa, com a dispensa de seis jogadores, do técnico Silas e a ameaça de que pode aumentar a lista de demitidos nos próximos dias.

Mesmo com a corda muito apertada no pescoço, a direção do Timbu parece não ter pressa para achar o novo comandante do vestiário, que vai ter a complicada tarefa de tirar leite de pedra, buscar pontos e mais pontos, salvar o clube pernambucano de um enorme perigo: o rebaixamento.

Preço

Minutos antes da bela apresentação oficial, ontem, em Barcelona, um dirigente do clube espanhol fez a tão esperada revelação sobre o preço da negociação envolvendo o craque Neymar: R$ 158 milhões.

Com mais da metade dessa grana, o Peixe tem a obrigação de contratar com qualidade, único jeito de melhorar a vida no Brasileirão e o astral da torcida.

Cansaço

Mesmo aliviado pela classificação na Libertadores, o Atlético-MG, com quase todos os titulares, deixou a desejar, empatou com o São Paulo e completou cinco jogos sem vitória.

Após a igualdade no Independência, os comandados de Cuca abriram o jogo e disseram que estão cansados, no limite e só por isso produzindo muito menos.

Perguntinha

Como Dunga vai se virar sem o ataque titular?

Bookmark and Share

Vitória

30 de maio de 2013 2

Mudou a exigência.Diferentemente da estreia, quando o empate contra o Vitória não foi ruim, o Inter entra em campo, logo mais, no Centenário, para enfrentar o animado Criciúma, com a obrigação de fazer valer a condição de mandante, somar três pontos e terminar a rodada perto da parte dos ponteiros.

Apesar da ausência de Damião, o time de Dunga tem todas as condições de não repetir o fraco início de jogo contra os baianos, de fazer valer a qualidade, confirmar o favoritismo e dar ao seu torcedor a esperança de que pode brigar pelo título.

Despedida

É só uma desconfiança.

Pelos movimentos dos últimos dias, com a contratação de Moisés, que se divide entre a lateral e o meio-campo e a cogitação de Rafael Carioca, com boa passagem pelo Olímpico, a impressão que fica é de que o Grêmio já trabalha na muito possível negociação do volante Fernando.

Valorizado pelas atuações no clube, pelas convocações para a Seleção, pelos elogios de Felipão, o jogador criado na base do Tricolor passou a ser visto com mais atenção pelos compradores e, tudo indica, será o próximo a cruzar o Atlântico.

Barbada

A chance é nenhuma.

Verdade que não existe jogo jogado, que quase sempre a coisa se decide no detalhe, mas a diferença entre Atlético-MG e Tijuana, que hoje decidem quem continua e quem fica pelo caminho na Libertadores, é oceânica a favor dos mineiros e tem cara de páreo corrido.

Além da bola bem mais qualificada, o time do técnico Cuca terá o empurrão do seu povo e a motivação de Ronaldinho, fatores indispensáveis para um time que está jogando mais do que os outros. Tudo indica que teremos mais um show do Galo, talvez até com um placar bem folgado no fim da noite.

Barbeiragem

Muito atrapalhado do meio para trás, o Cruzeiro visitou o só esforçado Atlético-PR, saiu perdendo de 2 a 0, buscou o empate e deixou escapar dois pontos que podem fazer muita falta no final.

Esse inesperado resultado, pela diferença de qualidade dos dois adversários, foi visto com bons olhos por todos que consideram a Raposa forte candidata ao caneco do Brasileirão.

Complicou

Sem nenhum esforço, com a vantagem conquistada na casa do adversário, o Santa Fé fez 2 a 0 no esforçado Real Garcilaso, em Bogotá, e chegou na semifinal da Libertadores.

Agora, porém, o segundo melhor time da fase de grupos da competição vai topar contra um adversário mais forte e vai ter que suar para seguir adiante.

Perguntinha

Quem vai ser o primeiro técnico a cair no Brasileiro?

Bookmark and Share