Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros

Posts com a tag "Libertadores"

Não foi nenhuma surpresa

27 de fevereiro de 2015 27

Mesmo com a ausência de Nilmar, que cumpriu suspensão, Rafael Moura acabou ficando de fora da lista dos relacionados do técnico Diego Aguirre para a decisão contra a Universidad de Chile. É  uma prova de que perdeu espaço no grupo pela pouca produtividade neste início de temporada.
Com a chegada de Lisandro López, que certamente não foi contratado para assistir a jogos pela tevê, tudo indica que o atual dono da camisa vai passar a ser apenas figurante no elenco que veste vermelho e branco.

Vai ter jogo da volta

Quase na hora do banho, quando estava fora do páreo e perdia de 2 a 0, o Brasil-Pel aproveitou uma bola parada e descontou. Não evitou a derrota, mas garantiu presença no Maracanã para reencontrar o favorito Flamengo.
Claro que a missão é quase impossível, mas o fato de não ter sido eliminado dentro de sua casa, em apenas 90 minutos, é um prêmio para quem pegou uma parada tão dura pela frente.

Foi ponto ganho

Como já se esperava, o Cruzeiro sentiu o efeitos da altitude de Sucre e ficou sem gasolina bem antes do fim. Escapou de beijar a lona na estreia da Libertadores por dois motivos: a falta de qualidade do Universitário e, acima de tudo, a atuação de luxo do goleiro Fábio.

Esquentou a chapa

Em um jogo que estava proibido até de empatar, o Atlético-MG sentiu a ausência de alguns titulares e perdeu para o Atlas, do México, dentro de casa. Após este segundo fracasso na Libertadores, o Galo vai para os quatro jogos que restam sem chance de erro.

Perguntinha

Giuliano começa o Gre-Nal?

Bookmark and Share

Está mais do que na hora de fazer pressão

19 de fevereiro de 2015 16

Além do técnico Luiz Felipe Scolari, muito criticado pelo fato de ter abandonado a casamata na derrota para o Veranópolis, a chapa também começa a esquentar para o habilidoso Douglas, que chegou sob desconfiança de boa parte da torcida, com o aval do chefe do vestiário, e ainda não deu o ar da graça.
Se não achar um jeito de render mais e provar que ainda estão longe de encaminhar a aposentadoria, o dono da camisa 10 do Humaitá corre o risco de perder o lugar entre os titulares e viver uma situação que jamais imaginou quando decidiu retornar ao clube.

Pior nem foi a derrota

Até as paredes sabem que jogar na altitude de La Paz é bem complicado, que quase todos os visitantes acabam com a língua de fora, mas o que mais chamou a atenção na péssima estreia na Libertadores foi o desempenho do Inter. O time fez água do meio para trás, apelou para os chutões e cometeu um pecado: jogou sem a bola.
Verdade que ainda faltam cinco jogos _ três deles no Beira-Rio _, que há tempo de reverter o perigoso quadro, mas pelo que se viu até agora, o Colorado tem menos farinha no saco do que Corinthians, São Paulo, Atlético-MG e Cruzeiro. São apenas oito dias para tentar arrumar uma casa que está bem desarrumada.

O perdedor fica a perigo

Logo mais, no Alfredo Jaconi, os rivais Juventude e Caxias se enfrentam, num jogo em que o vencedor, na pior das hipóteses, fica na porta da zona de classificação e deixa o derrotado em situação de risco.
Com o fim do Carnaval e pela importância do jogo para a tabela, tudo indica que o torcedor vai aparecer, fazer a sua parte, o que pouco aconteceu até agora nos espetáculos da Serra.

Ficou bem complicado

Apesar de jogar em casa, empurrada pelo seu povo, a Universidad de Chile perdeu para o Emelec e agora vai ter que ralar, nos jogos que restam, se quiser passar de fase na Libertadores.
Dá para apostar até a última ficha que o time chileno decide a sua vida na próxima semana, aqui no Beira-Rio, quando está na obrigação de somar ponto para não ficar com a água batendo na ponta do queixo.

Não deu nem para a saída

Fora de casa, contra um adversário capenga, mas motivado, o Racing, que não estava entre os mais cotados, goleou o Táchira por 5 a 0 e mostrou que vai tirar o sono de muita gente nesta Libertadores.
Pela boa largada, somada com a qualidade nada assustadora dos outros componentes do Grupo, fica bem fácil afirmar que o atual campeão argentino vai passar de fase com um pé nas costas.

Perguntinha

O Inter tem bala para levar a Libertadores?

Bookmark and Share

Maxi Rodríguez jogará Libertadores por time chileno

06 de janeiro de 2015 14

Bom para todos

Mais grana na conta.

Visto apenas com um a mais no grupo, com pouca chance de ganhar vaga entre os titulares, o uruguaio Maxi Rodríguez vai vender seu peixe com a camisa da Universidad de Chile, adversária do Inter na Libertadores.
Pelo menos num primeiro momento, parece que o negócio foi bom para todos: alegrou o tesoureiro do Humaitá, que segue correndo atrás da máquina para botar a casa em ordem, alegrou os chilenos, que estavam na busca de um meio-campista, e também ao gringo, que finalmente pode ter a chance de mostrar se é ou não é do ramo.

Desperdício

É duro de acreditar.

Verdade que o Inter está vasculhando o mercado, que vai contratar um atacante de velocidade, mas a solução passa longe de Rildo, o nome mais badalado no fim de semana e que não passa de um jogador comum.
Se é para gastar com um jogador que se dividiu entre a titularidade e a reserva no Santos, melhor é dar uma olhada na meninada da base e tentar achar um velocista. Será uma economia para os cofres com a mesma chance de dar certo.

 

Barrado

guerra

O amor virou ódio.

Titular na maioria dos jogos desde que foi contratado pelo Flamengo, o goleiro Felipe virou reserva no último Brasileirão entrou em rota de colisão com a direção e foi aconselhado a se apresentar bem depois dos seus companheiros no Ninho do Urubu.
Ainda com contrato em vigor, o ex-dono da camisa 1 já sentiu que não está nos planos para 2015 e começou a procurar novo emprego. Porém, só aceita limpar o armário mediante o pagamento de R$ 1,26 milhão referentes a nove meses de direitos de imagem e multas.

TÁ NA PANELA

Custou muito caro. Preocupado em punir Neymar e Messi pelo atraso na reapresentação, Luis Enrique, o técnico do Barcelona, viu o seu time perder para o Real Sociedad e foi bombardeado pela torcida e pela imprensa espanhola. Além de perder a chance de diminuir a desvantagem em relação ao Real Madrid, o chefe do vestiário arrumou bronca com o craque do time e começou a correr riscos de perder o emprego.

DORME NO GELO

Essa é para conferir. Quem está acompanhando a preparação dos candidatos ao Gauchão jura de pés juntos que o Veranópolis, mais uma vez, vai ser a pedra no sapato dos grandes, com muita chance de ser o campeão do Interior. Se alguém ainda não sabe, o time da Serra será comandado pelo técnico Julinho Camargo, que conhece o cego dormindo, o rengo sentado e sabe tirar leite de pedra.

PERGUNTINHA: O Brasileirão vai mudar a fórmula?

Bookmark and Share

VÍDEO: Guerrinha diz que se o Inter mantiver o Abel, terá de remontar o time

10 de dezembro de 2014 11

Bookmark and Share

Guerrinha: Chegou a hora da verdade.

29 de novembro de 2014 28

Neste sábado, início da noite, com um Beira-Rio quase lotado, pintado de vermelho, o Inter faz o seu último jogo como mandante contra o ameaçado Palmeiras. O time de Abel tem a chance de conseguir a terceira consecutiva e garantir, matematicamente, a sonhada vaga na Libertadores. Na prática, a turma do técnico Abel Braga terá uma verdadeira final, um jogo que exige mobilização, marcação forte do início ao fim e respeito ao assustado adversário, ingredientes indispensáveis para quem não quer, de jeito nenhum, deixar escapar um prêmio que quase sempre esteve nas suas mãos.

Vitória
Só a vitória interessa. Neste domingo, no final da rodada, já sabendo dos indispensáveis resultados paralelos, o Grêmio fez o seu último jogo como visitante neste Brasileirão contra o quase rebaixado Bahia, na Arena Fonte Nova. Aconteça o que acontecer, o time do técnico Luiz Felipe Scolari, que na prática fez uma campanha bem acima do que muitos imaginavam, tem a obrigação de fazer o resultado e provar que está no caminho certo. Assim, dará mais esperanças ao seu torcedor para a temporada que começa logo ali.

Definição
Quem vai mudar de endereço? Neste sábado, após muita indefinição, finalmente vamos conhecer o último classificado da sempre competitiva Segundona. São cinco os candidatos a completar o pódio ao lado de Joinville, Ponte Preta e Vasco.

São eles: Boa Esporte-MG, Atlético-GO, Avaí, América-MG e, mais remotamente, Ceará. O Boa tem um pequeno favoritismo pois está em vantagem nos critérios e encara o já rebaixado Icasa-CE num estádio que certamente vai ter muito pouca gente para perturbar.

A caçada…
Um gaúcho, um carioca e um paulista estavam dentro de um avião que sofreu uma pane e caiu. Apenas os três sobreviveram. Perdidos na mata, começaram a sentir fome. O paulista e o carioca decidiram testar o companheiro de empreitada.

- Gaúcho, você que é acostumado com a lida de campo, poderia buscar algo para comermos _ sugeriu um deles.
Apesar de sempre ter vivido na cidade, o gaúcho, para não ficar mal na parada, emendou na hora:

- Tchê, vocês me dão meia-hora que vou trazer algo.
Em seguida, saiu mato a fora, louco de medo, mas seguiu em frente. Lá pelas tantas, quando chega na frente de uma moita, o gaúcho se depara com uma onça. Sentindo que estava perto de virar comida para o animal, botou o pé na estrada de volta. Ao se aproximar da carcaça do avião, que abrigava os outros dois companheiros, o gaúcho tropeçou. A onça, sem tempo para parar, cai dentro do avião. Na mesma hora, o gaúcho grita para o paulista e para o carioca.

- Tchê, vão carneando essa, que daqui a pouco trago mais uma!!!

Bookmark and Share

Guerrinha: O Milagre

28 de novembro de 2014 20

Ficou bem complicado.

Na hora de a onça beber água, em que tinha a obrigação de pontuar, o Grêmio beijou a lona contra o Cruzeiro e repetiu a dose contra o Corinthians. Atrasou-se na tabela e ficou na dependência de um milagre para alcançar a vaga na Libertadores.

Sem depender apenas dos seus próprios resultados, o time do técnico Luiz Felipe Scolari vai entrar em campo, domingo, na Arena Fonte Nova, para enfrentar o quase rebaixado Bahia já sabendo se tem chance de seguir sonhando ou se vai apenas cumprir tabela.

Rugido
Vai rugir o Beira-Rio.

Pelo que aconteceu nos primeiros dias da semana, o torcedor colorado entendeu que o jogo de amanhã contra o Palmeiras é uma final de Copa, daqueles em que é preciso adiar todos os compromissos.

Não é necessário dizer que, neste último jogo oficial da temporada, a casa vermelha receberá público recorde. A torcida estará com a garganta afiada, pronta para empurrar um time que anda tendo dificuldades e que, desta vez, está simplesmente proibido de vacilar.

Melhor
Ficou em boas mãos.

Inteiro fisicamente, o Atlético-MG jogou mais do que o Cruzeiro, criou as melhores chances e derrotou o maior rival outra vez. O Galo faturou a sonhada Copa do Brasil pela primeira vez e garantiu a vaga na Libertadores de 2015.

Uma bela vitória, um título mais do que merecido de quem conseguiu viradas inacreditáveis durante a campanha. Superou alguns obstáculos bem complicados, Corinthians, Flamengo e o próprio Cruzeiro, entrou nos trilhos após a chegada do técnico Levir Culpi e chegou ao fim da temporada exibindo o melhor futebol entre todos os brasileiros.

Selo na panela
Acendeu o alerta. Com o adeus do São Paulo na Sul-Americana, somado ao fracasso na Libertadores, fica claro que o futebol brasileiro está precisando ser reinventado para sonhar com títulos internacionais. Verdade que o futebol está nivelado, que acabou esse negócio de jogo jogado, mas a grande verdade é que não conseguimos, depois de bom tempo, nem chegar às finais das duas importantes competições.

Selo água de salsicha
Fica fácil de adivinhar. Livre do perigo, turista assumido, o Flamengo vai enfrentar o Vitória, amanhã, na Arena da Amazônia, num jogo em que pode ser decisivo para todos os que estão tentando fugir da degola.

Pelos interesses dos ameaçados Coritiba e Palmeiras, a turma do técnico Vanderlei Luxemburgo, mesmo que ninguém admita publicamente, vai atuar sob o incentivo de prêmio extra.

Perguntinha
Quando o tribunal vai punir o Corinthians?

Bookmark and Share

Inter segue firme em busca da vaga na Libertadores

17 de novembro de 2014 31

Na primeira das três decisões dentro do Beira-Rio, o Inter batalhou para superou os vários desfalques. Foi para o intervalo com um preocupante 0 a 0, mas não perdeu a paciência e marcou o gol salvador num lance maravilhoso de Paulão. O Colorado segue firme na busca da tão esperada vaga na Libertadores.
De volta ao terceiro lugar, com um jogo a mais, o Inter terá uma semana livre para recuperar alguns jogadores e montar um time capaz de derrotar o Atlético-MG, ficar de olho nos jogos envolvendo os adversários diretos e acabar a próxima rodada ainda mais perto do prêmio que não é pequeno.

Goleada
Deu tudo certo. Mais uma vez, o Grêmio defendeu e atacou com eficiência. Goleou o Criciúma por 3 a 0 e deu outro passo importante para abocanhar uma vaga na Libertadores. Felipão fechou o caixão do Tigre, que tentava escapar da degola, e deixou o time mais fortalecido para enfrentar o quase campeão Cruzeiro.
Uma vitória mais do que merecida, com sobras, tranquila, atuação coletiva que beirou a perfeição, de um time que não tinha o direito de desperdiçar pontos, com destaque para o veloz Dudu, autor do gol que abriu o marcador, de um passe milimétrico para outro e de incansável participação do início ao fim.

Campeão
Falta muito pouco. Dentro da sempre assustadora Vila Belmiro, o Cruzeiro lidou muito bem com as dificuldades, derrotou o Santos e chegou aos 70 pontos. Ficou muito perto da conquista do título, de dar a volta olímpica, mais do que merecida pela regularidade.
Apesar das dificuldades pelo cansaço, pela preocupação com a Copa do Brasil, tudo indica que a Raposa, como se imaginava na maior parte do Brasileirão, vai comemorar antes da última rodada. Como aconteceu em 2013.

Heroísmo
Deu gosto de ver. Sem a maioria dos seus titulares e até o banco de reservas incompleto, o Brasil-Pel fez um belo enfrentamento na final da Série D. Sustentou o empate sem gols no tempo normal e arrastou a decisão para os pênaltis.
Perdeu para o Tombense, sentiu o gosto amargo de ficar sem o caneco, mas deve comemorar muito a vaga para a Série C, o grande objetivo na complicada competição.

Despedida
É o fim da temporada. Logo mais, em Viena, a Seleção, que aos poucos vai entrando nos trilhos, faz seu último amistoso em 2015. O duelo contra a Áustria serve para o técnico Dunga fazer novas observações. Com cinco vitórias em cinco partidas, nas quais não sofreu gols, o time brasileiro tem tudo para aumentar a série amanhã.

Perguntinha
A Dupla vai chegar na Libertadores?

Bookmark and Share

Guerrinha: Não é hora do Inter fazer contas

17 de outubro de 2014 21

A melhor coisa que os habitantes do vestiário do Inter podem fazer, agora, é esquecer qualquer assunto que não seja o Corinthians, a decisão de domingo no Beira-Rio, quando a vitória é obrigatória para seguir na vice-liderança e dar um grande passo para garantir vaga na Libertadores de 2015.

Mesmo com o sonho de encurtar a desvantagem, ultrapassar o líder Cruzeiro nas dez rodadas que restam, chegou o momento de pensar jogo a jogo, fazer a sua parte. É o único jeito de seguir acumulando pontos e alimentando uma chance possível, mas improvável.

Meninada
É tudo com a meninada.

Sem Barcos, o goleador do time, sem Dudu, que tem tirado o sono dos marcadores com a sua conhecida correria, o Grêmio vai para o Serra Dourada enfrentar o Goiás nas mãos de dois representantes da base: Luan e Lucas Coelho.

Claro que o ideal seria ter os titulares em campo, mas pelo que já apresentaram, pela chance que chegou num jogo importante, capaz até de decidir o futuro gremista na competição, dá para se dizer que o time do técnico Luiz Felipe Scolari estará bem representado.

Temor
Caiu a ficha.

Sempre ligado nos jornais, nos programas de rádio e tevê, o pai do atacante , Dario Silva, decidiu botar a mão na massa após a última indisciplina do jogador, que custou uma demorada reunião com a direção do Atlético-MG. Ele pediu que o herdeiro cuide mais da carreira e menos das festas.

Agora, é esperar para ver se o jogador vai mesmo se dedicar aos treinos e aos jogos, e voltará a marcar gols, provando que se arrependeu da barbeiragem e assimilou a bronca dos dirigentes.
 
Selo na panela
Aumentou o perigo. Longe de casa, o São Paulo fez a sua parte: passou de fase na Sul-Americana e deixou a turma do G4 do Brasileirão mais preocupada. Pelo andar da carruagem, pela vibração do técnico Muricy Ramalho e dos jogadores, ficou bem claro que o tricolor do Morumbi, sem chance na competição nacional, vai mesmo se atirar de corpo e alma na disputa internacional.

Selo dorme no gelo
Merece um DVD. Num jogo em que começou levando gol, que parecia condenado ao fracasso, o Atlético-MG derrotou o Corinthians por 4 a 1 e segue vivo na Copa do Brasil. Uma atuação de luxo, contagiante, daquelas que deixam a nítida impressão de que o Galo, de uma hora para outra, virou o favorito para levar o caneco.

Perguntinha
O que está acontecendo com o Cruzeiro?

Bookmark and Share

Guerrinha: Inter precisa seguir respirando a vaga na Libertadores

24 de setembro de 2014 7

É proibido deixar de vencer.

Após faturar quatro pontos em dois jogos fora de casa, o Inter, grudado no vice-líder, ainda com o sonho de encostar no líder. Nesta quarta-feira, no Beira-Rio, encara o ameaçado Criciúma na obrigação de fazer a vitória para, no mínimo, seguir respirando o cheiro de vaga na próxima Libertadores.

Claro que não tem jogo fácil, que o Tigre vai se desdobrar para evitar complicações ainda maiores, mas essa é a hora do time do técnico Abel Braga fazer a sua parte, empurrado pelas arquibancadas e ficar no aguardo dos jogos paralelos para avançar nos seus objetivos.

Encrenca

Lauro Alves / Agência RBS

Lauro Alves / Agência RBS

Não vai ser fácil.

Logo mais, no Maracanã, o Grêmio, o dono da melhor defesa e de um dos piores ataques, do técnico Luiz Felipe Scolari enfrenta o Fluminense. Um adversário direto na disputa pelo prêmio de disputar a Libertadores de 2015.

Uma parada bem complicada, que vai exigir a mesma eficiência defensiva, muito mais poder de fogo do meio para a frente e superação o tempo inteiro. Tudo para que o Tricolor possa fechar a noite ainda mais animado do que está e, com sorte, ocupando um lugar no G4.

Carteiraço
Tudo depende do capitão.

Em boa fase, marcando gols, elogiado pela imprensa, pelos torcedores da Juventus, o atacante Tevez, apesar da troca de comando da seleção argentina, mais uma vez ficou fora da lista dos convocados para o amistoso contra o Brasil. Isso causou descontentamento entre a maioria dos argentinos.

Louco para se livrar da encrenca, o técnico Tata Martino que vai aproveitar os dois jogos do próximo mês para conversar a respeito com Messi, o dono do time azul e branco, que não esconde a sua inimizade com o ex-corintiano e precisa dar o aval para que o quadro se modifique.

Perigo
Só parece que é mole.

Ainda tranquilo, com gordura, as honras de grande favorito, o Cruzeiro vai até o Couto Pereira, hoje à noite, para topar contra o Coritiba, que costuma jogar muito mais dentro de casa e tem a chance de sair do Z4.

Ninguém, a não ser a torcida do Coxa, tem a mínima dúvida de que a Raposa joga com as maiores chances, mas é fácil adivinhar que a Raposa vai ter que fazer força, muita força, para depositar mais três pontos na conta.

Pressão
Acontece com todos.

Vice-líder, apontado por muitos como o único capaz de alcançar o Cruzeiro, o São Paulo encara o Flamengo, logo mais no Morumbi, na pressão, tudo pela derrota, de virada, para o rival Corinthians.

Até as paredes sabem que o time do técnico Muricy Ramalho é mais qualificado, tem as melhores chances, mas a missão, ao contrário do que parece, está longe de ser uma barbada.

Perguntinha
Rafael Moura vai seguir marcando gols?

Bookmark and Share

Caiu a ficha do Grêmio: é preciso reforçar a lateral

16 de maio de 2014 24

Caiu a ficha. Pelas notícias de ontem, mas especialmente pela recente entrevista do técnico Enderson Moreira, que dias atrás avisou que não tinha opção para a lateral-direita, a direção do Grêmio parece que começou a se mexer atrás de reforço para tomar o lugar ou fazer sombra ao titular Pará.

Mesmo sem grana para grandes contratações, tudo indica que o executivo Rui Costa, sempre atento ao mercado, está na estrada, com destino traçado, definido, e que antes do início da Copa do Mundo vai anunciar ao torcedor um novo nome para acrescentar qualidade ao grupo.

Resposta

É questão de justiça. Apesar de não ter sido tão exigido como em outras oportunidades, o goleiro Dida cumpriu boa atuação contra o Cuiabá, quando trabalhou bem nas bolas altas sobre a sua área, evitou o pior com uma bela saída de gol e não teve nenhuma culpa no lance que acabou nas redes do Inter.

Claro que as dificuldades não são corrigidas com um treino, com as análises na frente do computador, com um papo na concentração, mas se o dono da camisa 1 do Inter seguir fazendo o que fez, o time do técnico Abel Braga vai diminuir e muito a chance de sofrer nos jogos que terá pela frente.

Ruindade

Foi tudo para o ralo. Sem o direito de errar, o Cruzeiro não controlou os nervos, deu bobeira no começo do jogo, levou um gol, ficou em pior muito situação do que já estava, empatou no segundo tempo, acabou eliminado da Libertadores pelo argentino San Lorenzo e provou que nosso futebol está nivelado por baixo.

Verdade que o time mineiro tem um grupo numeroso, qualificado, que não está proibido de dar a volta por cima na Copa do Brasil, no Brasileirão, mas o fracasso na competição internacional mostra, com todas as letras, que temos bons motivos para parar, pensar, achar um jeito de fazer o nosso esporte mais popular voltar a ser melhor.

Candidato

Mudou o foco.  Após descartar Vanderlei Luxemburgo, que não aceitou a grana oferecida, o Palmeiras tenta bater o martelo com o técnico Dorival Júnior, longe do batente desde a demissão do Fluminense.

Se vai fechar ou não, ninguém sabe, mas o certo é que a direção do Verdão não quer saber de ficar nas mãos de um interino para encarar a dureza do Brasileirão.

Ator

Tem razão o Baixinho. Candidato à presidência do América-RJ, o ex-craque Romário, dono de uma língua afiada, mas muito verdadeiro nas manifestações, já avisou que não pensa em Joel Santana para dirigir o clube carioca.

Na opinião do Baixinho, o dono da planilha mais famosa do futebol brasileiro, sempre lembrado pelos clubes que estão atrás de bombeiro, passou a viver o papel de ator e abandonou a antiga profissão.

Perguntinha

Quem vai levar a Libertadores?

Bookmark and Share