Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros

Posts com a tag "Piada"

É o dia do pátio

13 de dezembro de 2014 19

Neste sábado, Marcelo Medeiros, pela situação, e Vitório Piffero, pela oposição, disputam o voto do sócio. A eleição começa às 9h, numa disputa que promete levar às urnas mais de 30 mil colorados. Será o maior pleito entre os clubes brasileiros. A promessa é de que até as 18h será conhecido o dono da cadeira mais importante do Beira-Rio no biênio 2015/2016.
Além de escolher o novo presidente, os sócios também renovarão 150 nomes do Conselho Deliberativo. São cinco chapas e muitos nomes que serão os fiscalizadores na nova gestão.

Ninguém é de ferro

Após ano de muito trabalho, quando lidou com assuntos delicados e não conseguiu acabar com o longo período sem taças, Fábio Koff, o maior presidente da história do Grêmio, passou o bastão para Romildo Bolzan Júnior e saiu para merecidas férias.
Nesse afastamento, que ninguém sabe se será definitivo, fica tudo nas mãos de Adalberto Preis. Trata-se de um dirigente que conhece bem os segredos do vestiário e terá incumbência de lidar com as mudanças no grupo.

Coitado do torcedor

Quem acompanhou o noticiário nos últimos dias, deve achar o Palmeiras é o clube mais rico do Brasil. Depois de quase beijar a lona no último Brasileirão, formará um grupo e um time para assustar Barcelona e Real Madrid.
Só nesta semana, o Verdão mostrou interesse por Mano Menezes, se assustou com a pedida, e cogitou de Oswaldo de Oliveira, que nem quis ouvir a oferta. Avisou que está de olho em Abel Braga e, para fechar a fase da brincadeira, revelou que Fred está nos planos. É mole ou quer mais?

A diferença…

Todos os anos, no segundo semestre, o Narciso se submetia aos exames de rotina.
Como sempre, visitou o cardiologista.
Chegou e foi logo questionado pelo médico.
– Como está a sua alimentação?
– Só como verduras, legumes, carne magra, peixe, zero de gordura e nada de sal!
O médico fez as devidas anotações e prosseguiu.
– Atividade física?
– Corro diariamente 15km e depois faço uma hora de ginástica!
O médico continuou:.
– Fumante?
– Nunca fumei!
Ainda insatisfeito, o cardiologista prosseguiu o questionamento:
– Bebe?
– Meia taça de vinho, todos os dias! As vezes, duas!
O médico anotou e, antes do exame clínico, buscou a última resposta.
– Atividade sexual?
_ É necessária essa resposta? – indagou o Narciso.
_ Para mim é muito importante! – disse o cardiologista.
– De quatro a cinco vezes por ano!
O médico partiu para as ponderações.
– Bem, quanto à alimentação e à atividade física, tudo certo! O senhor, porém, precisa melhorar a frequência da atividade sexual! Sexo é fundamental para a mente e o corpo.
Diante do silêncio do paciente, o médico continuou.
– Eu, por exemplo, tenho dez anos a mais do que o senhor e transo, pelo menos, três vezes por semana.
Calmo, o Narciso explicou.
– Acontece que o senhor é médico aqui na Capital! E eu sou o bispo do Interior do Maranhão!

Bookmark and Share

Retomada

12 de outubro de 2013 4

Chegou a encruzilhada. Neste sábado, no Maracanã, o Grêmio, vice-líder, com a volta de  alguns titulares, com o canto do olho no caneco. Encara o irregular Fluminense, assustado com  o risco de degola, cheio de desfalques, num jogo que serve de retomada para a turma do Humaitá.

Mesmo longe de casa, da maioria do seu povo, o time do técnico Renato Portaluppi tem boa chance de voltar a defender com eficiência, atacar com mais qualidade do que tem feito, superar outro obstáculo e fechar a rodada ainda mais perto do nada pequeno objetivo de garantir vaga na próxima Libertadores.

A decisão…

Todas as sextas-feiras, exatamente às 20h, Toninho, bêbado de carteirinha, se apresenta no
boteco do Luizão. Entra, puxa uma cadeira, ocupa a mesa no canto e, sem perda de tempo, faz o
pedido:

– Três cervejas bem geladas, por favor!

Na sexta-feira seguinte, o Luizão, intrigado com o pedido, decidiu matar a curiosidade:

– Desculpe, mas porque você bebe três cervejas nas sextas-feiras, no mesmo horário?

Sem nenhuma cerimônia, Toninho lascou.

– Porque tenho dois irmãos, moramos longe um dos outros! Assim, cada um entra em um bar e bebe três cervejas! Tomamos uma por cada um de nós! – respondeu.

Três meses depois, em mais uma sexta-feira, o cliente entrou no boteco, ocupou a mesa favorita e foi interpelado pelo Luizão.

– Três cervejas bem geladas, como sempre? – questionou o proprietário.

– Não! Apenas duas! – avisou o Toninho.

O Luizão, surpreso com o pedido, pegou as duas garrafas, o copo, levou até a mesa e antes
de voltar ao balcão decidiu matar a curiosidade.

– Desculpe, amigo! Você sempre pede três cervejas e hoje pediu só duas! Aconteceu alguma coisa com um de seus irmãos? – questionou.

O Toninho coçou o queixo, deu um enorme suspiro e mandou bala.

– Não! Estão todos muito bem! Eu é que parei de beber…

Inadiável

É proibido dar bobeira. Neste domingo, outra vez no Centenário, o Inter, mais perto da zona da morte do que da turma que corre atrás da vaga na Libertadores, enfrenta o Náutico, quase matriculado na Segundona de 2014, sem o direito de fracassar, para se afastar da ameaça e evitar dias mais conturbados no Beira-Rio.

Ao lado do seu povo, provavelmente com Scocco entre os titulares, na quase certa despedida do interino Clemer, o Colorado precisa fazer valer a condição de mandante, cumprir com a sua obrigação e aguardar, pelas entrevistas, a chegada do novo chefe do vestiário.

Bookmark and Share

Caroço

20 de julho de 2013 4

Tem pinta de caroço. Neste sábado, no Heriberto Hülse, o Grêmio, em fase de reconstrução, com nova escalação no meio-campo, enfrenta o Criciúma, eliminado da Copa do Brasil, bem perto da zona da degola no Brasileirão. É jogo em que o ganhador vai respirar melhor, e o perdedor, ficar bem complicado na tabela.

Até as paredes sabem que o time do técnico Renato Portaluppi tem mais qualidade e é o favorito, mas não é difícil adivinhar que vai encontrar um adversário pressionado, na obrigação de um bom resultado e que vai exigir muito, mas muito mesmo, da turma do Humaitá.

A inteligência

Casados, apaixonados, Luiz e Magda fizeram planos de aproveitar a tarde de domingo lado a lado, trocando carícias, apimentando a relação. Mas Carlinhos, filho do casal, cinco anos, esperto, estava sempre por perto.

Marido e mulher conversaram e decidiram colocar o menino sentado na varanda do apartamento, com a tarefa de relatar, em voz alta, tudo o que se passava na vizinhança. Obediente e curioso, Carlinhos aceitou a missão e se postou no lugar designado. Minutos depois, o filhote, atento a movimentação da rua, mandou bala:

- Tem um carro sendo guinchado na esquina!

Pouco depois, o Carlinhos soltou a língua outra vez:

- Tem uma ambulância parada na casa em frente ao prédio!

Após um rápido silêncio, Carlinhos reapareceu:

- A família do 303 está recebendo visitas!

Em seguida, outra informação em alto e bom som:

- O Pedrinho, do 301, acaba de ganhar uma bicicleta nova dos seus pais!

Desse jeito, conforme o combinado, o garotinho esperto e atencioso foi dando o relato completo de tudo o que via e ouvia. Após um silêncio de quase dez minutos do filho, Luiz e Magda foram surpreendido com o grito do filhote:

- Os pais da Karina estão transando!

Assustados, a mãe e o pai do menino correram até a sacada, e Luiz não se conteve:

- Você está vendo isso daí? – questionou.

- Não! Mas é que a Karina também está sentadinha na varanda…

Equilíbrio

É bom abrir o olho.

Neste domingo, na quase certa despedida do Centenário, o Inter, embalado pela passagem de fase na Copa do Brasil e pela bela retomada no Brasileirão, enfrenta o ainda inconfiável Flamengo, que evoluiu nas mãos do técnico Mano Menezes e está longe de ser uma galinha morta.

Pelo fator local, pelo momento e pela excelente fase de D’Alessandro e Forlan, o time do técnico Dunga joga com as honras de favorito, com boas chances de depositar mais três pontos na conta e terminar a rodada entre os quatro melhores. Mas vai precisar ralar e muito para atingir os objetivos

Bookmark and Share

Favorito

15 de junho de 2013 2

Agora é para valer. No sábado, em Brasília, ainda sob a desconfiança da maioria das torcida, a Seleção começa a sua caminhada na Copa das Confederações, contra o Japão, com a mesma obrigação de sempre: fazer uma vitória e jogar um futebol de boa qualidade.

Verdade que cada jogo é um jogo, que acabou esse negócio de barbada faz muito tempo, mas chegou a hora do time do técnico Luiz Felipe Scolari provar, dentro de campo, que é capaz de segurar o rojão, dar esperança ao povo e mostrar uma bola que está difícil de aparecer.

A toalha…

Menos de seis meses após desembarcar no Brasil, Joaquim, português de meia idade, com o boi na sombra, conheceu Angelina, morena escultural, que sempre correu atrás da sua felicidade financeira. Apaixonado, Joaquim não pensou duas vezes: subiu ao altar com a brasileira.

Quando o casamento estava próximo de completar um ano, Joaquim descobriu que Angelina nunca conseguia chegar ao orgasmo. E os dois correram atrás de ajuda do terapeuta sexual.

Chegaram lá, explicaram a dificuldade e receberam os primeiros socorros:

- Contrate um desses garotos de programa! E enquanto vocês estiverem fazendo amor, peçam-lhe que fique nu, balançando uma toalha sobre vocês, sempre à vista de sua esposa! Isso serve como fantasia, indispensável para tudo voltar ao normal!.

O casal voltou para casa e decidiu seguir o conselho do terapeuta. Contrataram os serviços de um jovem, forte, bonito, que ficou nu, abanando a toalha, enquanto o casal transava.

Mas, por mais que tentassem, o resultado não apareceu, e o casal voltou ao terapeuta:

- Vamos tentar o inverso para ver se o problema é físico. Hoje, deixe o rapaz transar com sua esposa e o senhor fica abanando!

O casal seguiu o conselho: chamou o rapaz, que deitou na cama com a mulher, ficando o marido com a toalha. O garoto de programa agiu. Angelina, cheia de prazer, gritou como nunca e conseguiu múltiplos orgasmos.

Ao lado da cama, com um sorriso de satisfação, Joaquim deu um tapinha nas costas do rapaz:

- Tá vendo, otário? É assim que se abana!

Jogão

Vale uma boa olhada.

Em Recife, domingo, a poderosa Espanha, mesmo em fim de temporada, com algumas ausências, entra em campo como favorita, diante do Uruguai, muito mais focado nas Eliminatórias, mas com capacidade de um bom enfrentamento, num jogo que promete bastante emoção.

Neste confronto, vamos poder ter uma melhor ideia da Fúria, avaliar as chances brasileiras e, acima de tudo, do que nos espera na competição que mais nos interessa: a Copa de 2014.

Bookmark and Share

Caneco

04 de maio de 2013 4

Neste domingo, Inter e Juventude decidem a Taça Farroupilha, que vale o caneco antecipado para o mandante e a chance de adiar a definição do Gauchão para o visitante.
Mesmo longe da sua verdadeira casa, mas com o apoio da maioria, o time do técnico Dunga, dono da melhor campanha, consciente da responsabilidade, joga na condição de favorito e com a faca e o queijo na mão para aumentar a coleção de títulos no Estadual.

A preferência…

Cinco anos depois de ter casado com Maria, Manuel, um português de bom papo e muitos amigos, sentiu que a união estava a perigo. Na primeira chance, procurou um amigo de longa data e, sem nenhuma cerimônia, contou tudo o que estava acontecendo. Após ouví-lo, o amigo, com 35 anos de casamento, falou:
- Essa turbulência, Manuel, é normal em um casamento! Vai passar!
- A coisa está pior a cada dia! Não vejo como melhorar!
- A sua companheira gosta de surpresas? – questionou o amigo.
- Adora! – devolveu Manuel.
- Então, faça o seguinte: vá a um sexshop e compre um presente para ela!
Mais confiante, Manuel entrou na loja, achou a vendedora e falou:
- Quero fazer uma surpresa para a minha mulher! O que sugere?
A moça, então, lhe mostrou várias calcinhas.
- Não entendi!
- São calcinhas comestíveis! A última moda!
- Calcinhas comestíveis?
- Sim, tem sabor morango, tutti-frutti, menta! O senhor quer levar?
- Gostei da ideia, vou levar meia dúzia! Mas vou querer sabor de batata!
- Batata? – interpelou a vendedora.
- Sim! É para combinar com o cheiro de bacalhau da Maria!

Talento

Ao contrário do que se viu contra o Santa Cruz, no meio da semana, no Arruda, o Inter terá, domingo, a volta de D’Alessandro, que fez uma  falta danada e que não tem substituto no elenco atual do Colorado.
Habilidoso, inteligente, conhecedor dos atalhos, motivado, o dono da camisa 10 da equipe de Dunga tem capacidade de sobra para tentar escapar da inevitável marcação e fazer a diferença.

Bookmark and Share

Caneco

09 de março de 2013 3

Chegou a hora da verdade.
Neste domingo, com casa cheia, o surpreendente São Luiz, dono de melhor campanha entre todos, enfrenta o Inter, cheio de jogadores qualificados, na decisão que vale o caneco da Taça Piratini e a classificação para a final do Gauchão.
Mesmo longe de casa, mas com o apoio de boa parte da torcida, o time de Dunga joga com as honras de favorito, com a obrigação de acabar a tarde festejando e provar que, apesar de carências no grupo, está caminhando bem para encarar um ano que não será nada fácil.

A camisola…

Depois de 25 anos de casamento, de acertos e desacertos, Clarice sentiu que o relacionamento com Delvair não era mais o mesmo e que precisava criar algo novo para evitar um final desagradável. No meio do verão, com os filhos na praia, ela abriu o guarda-roupas, começou a mexer e encontrou a mesma camisola que usou na noite de núpcias.

Não pensou duas vezes: separou a peça e decidiu criar o clima para recuperar a união. Após o jantar, Clarice tomou um belo banho, se perfumou, vestiu a camisola, entrou no quarto, deitou na cama e colocou o plano em ação.
- Amooooor! – sussurrou ela.
- Fala, Clarissa! – devolveu Delvair.
- Lembra desta camisola?
O marido deu um tempo na leitura do jornal, olhou para a Clarice e emendou.
- Claro! É a camisola que você usou na nossa lua-de-mel! Por quê?
Satisfeita com a resposta, Clarice prosseguiu firme e convicta de que tudo estava caminhando bem.
- E você lembra o que me disse naquela noite, quando me viu com esta camisola?
- Evidentemente que sim!
- E o que você disse?
- Eu disse: “Você está maravilhosa nesta camisola, Clarice! Quero transar com você até te fazer perder o fôlego!!!
Com o sorriso escancarado, a mulher continuou.
- E, agora querido, depois de tantos anos, o que você tem a dizer?
O Delvair jogou o jornal para bem longe, encarou a esposa de cima a baixo e lascou.
- Missão cumprida!!!

Façanha

É justa a euforia.
Após um início preocupante e a troca de comando, o São Luiz acertou o passo, não perdeu, passou por cima dos degraus na fase do mata, chegou com méritos à decisão deste domingo e tem a oportunidade de conseguir uma façanha que vai fazer parte da história.
Motivado, bem treinado e consciente de que é difícil,
o time do técnico Paulo Porto, ao contrário do que muitos possam imaginar, vai sair para o jogo, tentar se impor dentro da sua casa, o que significa que teremos muita emoção.

Bookmark and Share

Obrigação

03 de novembro de 2012 0

É proibido dar bobeira.

Neste sábado, no Olímpico, agora com maiores chances de ainda alcançar a vice-liderança, o Grêmio recebe a Ponte Preta, com a obrigação de vitória, para ficar mais perto da vaga e seguir sonhando em ultrapassar o Atlético-MG para entrar direto na Libertadores.

Apesar do visível cansaço mostrado nos últimos jogos, o time do técnico Vanderlei Luxemburgo, dono de uma campanha bem superior, jogando dentro da sua casa, empurrado pelo seu povo, tem todas as chances de superar a barreira, dar um basta no jejum e, depois, ficar no aguardo dos outros resultados do domingo.

A demissão…

Solteirão e festeiro, o Diácomo se associou num clube de nudismo. No primeiro dia, chegou, tirou a roupa e decidiu explorar o local. Antes do que esperava, deu de cara com uma loira maravilhosa, assanhada. Na hora, teve uma ereção. A mulher percebeu e não se conteve:

- Você me chamou?

- Como? – indagou Diácomo.

- Você deve ser novo aqui. Há uma regra que, se tiver ereção, fica implícito que está me chamando!

Em seguida, os dois transam na beira da piscina. Cansado, sorriso nos lábios com a bela surpresa da loira, o Diácomo decidiu conhecer as demais dependências do clube.

Entrou na sauna e soltou um sonoro pum. No meio da nuvem de vapor, surgiu um cara fortão.

- Me chamou? – perguntou.

- Não! O que quer dizer?

- Deve ser novo aqui! Há uma regra: se você expelir gases, fica implícito que me chamou!

Segundos depois, ele agarrou o Diácomo pelas costas. Apavorado, o Diácomo correu à secretaria. Logo ouviu da atendente, linda e nua:

- Posso ajudá-lo?

Revoltado, o Diácomo encarou-a e soltou o verbo:

- Pode ficar com a minha carteira do clube! E pode ficar com os R$ 5 mil da matrícula!

- Mas o senhor só esteve aqui por algumas horas! Nem deu para conhecer todos os nossos atrativos! – disse a atendente.

- Mocinha, tenho 68 anos de idade, uma ereção por mês e solto gases, no mínimo, umas 15 vezes por dia! Estou fora!!!!!!

Caroço

Tem jeito de caroço.

Nos Aflitos, neste domingo, com três ausências importantes, o Inter, que ainda alimenta a quase nula chance de chegar no G4, visita o Náutico, que se transforma dentro da sua casa, quando vai precisar fazer muita força para tentar o que ainda não conseguiu na competição: três vitórias seguidas.

Com uma escalação visivelmente preocupado em mais defender do que atacar, é fácil adivinhar que o time do técnico Fernandão terá que jogar muito, mas muito mais do que tem feito, se quiser dar alegria ao seu povo e continuar com uma leve esperança no canto do olho.

Bookmark and Share

Risco

22 de setembro de 2012 1

Virou jogo de alto risco.

Domingo, no Beira-Rio, o Inter, atrasado na tabela, sob a desconfiança do seu torcedor depois das manifestações públicas de Fernandão, enfrenta o Bahia, dono da melhor campanha no returno, sem o direito de deixar escapar a vitória.

Apesar dos últimos acontecimentos, o Colorado, pela qualidade do grupo, pelo fato de jogar dentro da sua casa, pela chance de ainda cogitar uma vaga no G4, tem todas as condições de fechar a tarde com três pontos na conta e devolver um pouco da alegria ao seu preocupado torcedor.

A cueca…

Cansado da dor de cabeça crônica, infernal, Afrânio decidiu procurar um especialista. Após um rápido exame, o médico deu o diagnóstico.

– Meu caro, tenho uma boa e outra má notícia. A boa é que posso curá-lo para sempre. A má notícia é que para fazer isso eu preciso castrá-lo! Seus testículos estão pressionando a espinha, e essa pressão provoca a dor de cabeça.

Afrânio levou um choque, caiu em depressão, passou os dias meditando e decidiu se submeter à vontade do bisturi. Quando deixou o hospital, pela primeira vez, depois de 20 anos, não sentia mais dor de cabeça.

Enquanto caminhava pelas ruas, avistou uma loja de roupas masculinas de grife, entrou e pediu:

– Quero um terno novo!

O alfaiate, de idade avançada, deu uma olhadela e falou:

– É um 44 longo!

– É isso mesmo, como é que o senhor soube?

– Estou no ramo há 60 anos!

Experimentou o terno e enquanto se admirava perguntou:

– Que tal uma camisa?

O alfaiate olhou e disse:

– 34 de manga, e 16 de pescoço.

E o Afrânio não se conteve.

– Mas é isso mesmo.

Logo em seguida, o atendente voltou à carga.

– Que tal uma cueca nova?

– Claro! – respondeu o Afrânio.

O alfaiate olhou e lascou:

– É 36!

– Desta vez, te peguei! Uso 34 desde os 18 anos – anunciou o cliente.

O alfaiate, com sua experiência, sacudiu a cabeça negativamente:

– Você não pode usar 34! O 34 pressiona os testículos contra a espinha, e essa pressão deve provocar em você uma dor de cabeça…

Caneco

Vale o sonho do caneco.

No Independência, neste domingo, o Grêmio, com vaga bem encaminhada na Libertadores e um olho na caneco, encara o Atlético-MG, favorito ao topo do pódio, num jogo em que o ganhador fica mais fortalecido na busca da taça.

Mesmo longe de casa, contra um adversário qualificado, uma torcida supermotivada, o time de Vanderlei Luxemburgo não está proibido de jogar o seu melhor futebol, devolver ao Galo a derrota que sofreu em casa e botar ainda mais fogo na competição.

Bookmark and Share

Vitória

15 de setembro de 2012 1

Não dá para adiar.

Muito atrasado na tabela, mas ainda com esperanças de beliscar vaga no G4, o Inter recebe o ameaçado Sport, neste domingo, no Beira-Rio, com a obrigação de jogar no limite. Não pode deixar escapar a chance de faturar os três pontos e tentar fechar a rodada mais perto da turma de cima.

Até as paredes sabem que o time de Fernandão faz campanha bem abaixo do esperado e que o torcedor está desconfiado. Mas chegou a hora do empurrão da arquibancada, único jeito de o Colorado atingir o objetivo para seguir atrás do que sobrou.

A tradução…

Valdinho é desses homens que não economiza solidariedade aos amigos. Meses atrás, no meio do expediente, atendeu a uma ligação de um desconhecido.

- É o Valdinho? – perguntou o rapaz do outro lado da linha.

- Sim! O que manda? – devolveu o comerciante.

- O Oshiro, seu melhor amigo, sofreu grave acidente automobilístico! Está internado na UTI do Pronto Socorro! – avisou o desconhecido.

Na mesma hora, Valdinho se tocou para o hospital. Chegou lá, pediu informações, recebeu a confirmação do acidente com o seu amigo e invadiu o local destinado aos pacientes em estado mais delicado.

Em segundos, descobriu o leito do japonês, que estava entubado, olhos fechados, totalmente imóvel. Consciente de que a situação era muito complicada, Valdinho, católico convicto, fez uma oração silenciosa.

Quando estava quase no fim da prece, o visitante notou que o nipônico acordou, arregalou os olhos e gritou.

- Sanso no hoso kara aslu o tote kure konoyaro!!!!

Suspirou e, logo em seguida, morreu.

No dia seguinte, no velório, Valdinho, abatido, com as palavras do amigo gravadas na mente, encontrou a mãe da vítima e tratou de desvendar o mistério:

- Dona Fumiko, o Oshiro, antes de morrer, pronunciou “Sanso no hoso kara aslu o tote kure konoyaro!!!!” O que ele quis me dizer?

Na maior calma do mundo, a mãe olhou nos olhos do Valdinho e lascou:

- Tire o pé da mangueirinha, seu idiota!!!!

Perigo

É bom tomar cuidados.

Neste domingo, no Engenhão, o Grêmio, sem riscos de perder a terceira colocação, encara o Flamengo, derrotado nos últimos quatro jogos e encostado na porta de entrada do Z4. Será um jogo em que precisará ter paciência e qualidade, para somar mais três pontos e seguir na caça dos ponteiros.

Mesmo longe de casa, o time gremista tem todas as chances de repetir suas melhores atuações, tirar proveito do péssimo momento do Fla e provar que tem bala na agulha.

Bookmark and Share

Embalo

09 de junho de 2012 1

É jogo para pegar embalo.
Neste domingo, no Olímpico, motivado pela importante vitória longe de casa, o Grêmio enfrenta o Corinthians, cheio de reservas, com a cabeça na Libertadores, num jogo em que tem todas as condições de botar mais três pontos na conta, encostar ainda mais na turma que briga pela ponta da tabela e ficar azeitado para pensar na Copa do Brasil.
Pensando em todos os benefícios de uma vitória, o técnico Vanderlei Luxemburgo, acertadamente, não pensou duas vezes: vai mandar a campo o que tem de melhor, com Kleber no banco de reservas, empurrão das arquibancadas, tudo para o Tricolor terminar a tarde feliz e só pensando no Verdão.

A gorjeta…

Após alguns meses de muito pouco contato, Paulino e Miloca decidiram fazer uma surpresa ao filho, a nora e, principalmente aos netos. Se tocaram ao encontro dos familiares e resolveram passar uma noite por lá.
Quase no fim da noite, Paulino, 84 anos, entrou no banheiro, encontrou uma caixa de Viagra, chamou o filho e foi logo tratando de matar a curiosidade.

_ Para que serve esse remédio, filho?

_ Essa é uma medicação para estímulo sexual, pai _ respondeu o filhote, 52 anos, mas todo embaraçado.

_ Posso usar uma dessas pílulas, filho?

_ Eu não acho aconselhável, pai! São muito fortes e muito caras!

_ E quanto custa?

_ Cada uma sai por R$ 20 _ respondeu o filho.

_ Não importa! Eu quero provar! Amanhã pela manhã, antes de ir embora, deixo o seu dinheiro debaixo do travesseiro _ emendou o Paulino.

No dia seguinte, quase na hora do almoço, o filho pulou da cama, lembrou que os seus pais já não estavam mais na sua casa e foi conferir, no quarto dos velhinhos, se o dinheiro estava debaixo do travesseiro. Encontrou nada menos do que R$ 220 e, na mesma hora, ligou para dirimir a dúvida.

_ Pai, o senhor se enganou!

_ Qual foi o engano? _ questionou o velho.

_ Eu lhe disse que cada pílula custa R$ 20! O senhor deixou R$ 220!

Após um rápido silêncio, o Paulino esclareceu a questão.

_ Eu entendi! Os R$ 200 quem colocou foi a sua mãe…

Possível

Claro que não será fácil.
Neste domingo, no Engenhão, o animado Inter, ainda sem três peças fundamentais, encara o Fluminense, também cheio de desfalques, num jogo complicado, mas longe de ser impossível para a turma do Beira-Rio, que começou a competição com belos resultados, o que não acontecia faz muito tempo.
Mesmo longe de casa, contra um rival qualificado, que justificadamente está incluído entre os candidatos ao título, o time do técnico Dorival Júnior, que já mostrou poder de fogo nas primeiras rodadas, tem tudo para fazer um grande enfrentamento, somar pontos e, talvez, até terminar o domingo na parte mais alta da tabela.

Bookmark and Share