Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros

Posts com a tag "Renato Portaluppi"

Prazo de Renato encerra amanhã

16 de dezembro de 2013 6

Não passa de amanhã.

Preocupado com a falta de resposta e cheio de pressa, o Grêmio fixou data para resolver a questão do técnico. Renato Portaluppi ainda não respondeu se aceita ou não diminuir o contracheque para seguir no comando do time em 2014.

Pela demora na definição de um assunto que teve toda a chance de ser tratado até antes do final do Brasileirão, é de se imaginar que o atual dono do cargo seja descartado. O que aumenta as chances de Celso Roth ou Enderson Moreira assumir o vestiário na corrida atrás do tri Libertadores.

Calmantes

Só pode ser brincadeira.

Quem ouviu as entrevistas concedidas por Abel Braga, aumentou a dose de calmantes ao saber que o técnico tem muitas esperanças em Rafael Moura. Trata-se de seu velho conhecido dos tempos de Fluminense.

Amanhã, quando desembarcar aqui, na primeira reunião com os direção, alguém precisa dizer ao novo chefe dos boleiros que o dono da camisa 11 teve um montão de chances, mas decepcionou. Caiu em desgraça com a torcida e não pode ser visto como solução.

Favorito

A chance é nula.

Verdade que são raros os bobos no futebol e que o azarão complica a vida do favorito quase sempre. Mas, pelo que se viu na vitória sobre o mexicano Monterrey, sábado, o marroquino Raja Casablanca não atrapalhará o sonho do Atlético-MG, quarta-feira, na semifinal do Mundial de Clubes.

Dono de mais qualidade, com jogadores que podem desequilibrar numa única jogada, o Galo tem tudo para derrubar o adversário e confirmar o favoritismo. Deve aumentar ainda mais a confiança para esperar pela grande final, certamente contra o alemão Bayern, que deve dar um galope no chinês Guangzhou.

Mosca

Foi um baita lance.

Louco para acabar com o jejum, o Santos contratou Leandro Damião, Vargas e acertou na mosca na contratação do técnico Oswaldo de Oliveira. Esse conhece o riscado e fará o Peixe jogar muito mais em 2014.

Inteligente, fala mansa e amigo dos jogadores, Oswaldo tem muita chance de dar certo e provar que o Botafogo errou na sua avaliação.

Problemão

Sem grana é complicado.

Consciente de que precisa de mais qualidade para 2014, o Palmeiras botou o bloco na rua. Elegeu os preferidos, mas esbarra na alta pedida dos jogadores.

Sem saída e pressionado pela torcida, o clube terá que achar maneira de atrair reforços e não correr riscos de fracassos em 2014.

Perguntinha: Quem será o técnico do Grêmio?

Bookmark and Share

Grêmio tem pressa em definir comando para 2014

12 de dezembro de 2013 3

Bateu a pressa.

Como não poderia deixar de ser, o Grêmio, através do diretor executivo Rui Costa, avisa que o assunto referente ao técnico para 2014 será definido, no máximo, até o final da próxima semana. A lista, pelo menos no momento, tem apenas um nome: Renato Portaluppi.

Mesmo diante da afirmação, não é nada difícil adivinhar que os responsáveis pelo futebol no Humaitá estão atentos ao mercado, de olho em tudo. O próximo chefe do vestiário, ao que tudo indica, não será o ex-dono da camisa 7.

Fechado

Durou pouco a novela.

As notícias de ontem dão conta que o Inter aceitou a oferta de investidores ingleses, negociou Leandro Damião. O ex-camisa 9 vai reforçar o Santos, em 2014, e irá atrás de seu melhor futebol, num estágio para trabalhar do outro lado do oceano.

Com a negociação, não confirmada oficialmente, o presidente Giovanni Luigi reforçou a conta bancária com cerca de R$ 38 milhões. Assim, saldará urgências e poderá investir em outro goleador para sonhar alto no ano que vem.

Surpresa

O futebol está maluco.

Chamado às pressas, quando a água estava quase no teto, o técnico Argel Fucks baixou a biblioteca, tomou conta do vestiário, deu uma boa melhorada na bola do Criciúma e conseguiu salvar o time da degola. Porém, acabou perdendo o emprego no início da semana.

Magoado com a decisão da direção, o ex-chefe do vestiário do Heriberto Hülse soltou o verbo. Fucks jogou a culpa da sua saída no colo do novo vice de futebol e avisou que está no mercado, livre, leve e solto.

Bobeira

Pode mudar tudo.

Quando o Brasileirão parecia ter acabado, surge uma bomba. A Portuguesa corre o risco de perder quatro pontos pela escalação de um jogador que deveria cumprir suspensão contra o Grêmio.

Atrás do toco, o interessado Fluminense aguarda a manifestação do STJD. Alimenta, com razão, a esperança de um despacho favorável, que equivale a volta para a série A.

Valorizado

É questão de tempo.

Nos próximos dias, o Bahia vai anunciar o nosso conhecido Guto Ferreira, que fez um bom trabalho na Portuguesa, para o cargo que era de Cristóvão Borges.

Aconteça o que acontecer com a Lusa no tapetão, o técnico conseguiu valorização na sua passagem pelo Canindé. Tem boas chances de confirmar que está pronto para a nova tarefa.

Perguntinha: Quando o Inter vai apresentar o Abel Braga?

Bookmark and Share

Pergunta para o Guerrinha: O homem manda um conselho para Carol Portaluppi

11 de dezembro de 2013 17
Agência RBS

Agência RBS

Adroaldo Guerra Filho e Amanda Munhoz  comentam as polêmicas envolvendo celulares da família Portaluppi: Técnico Renato espera uma ligação de Koff para renovar o contrato e Carol teve o telefone móvel furtado com fotos nuas que caíram na internet.

Assista e deixe uma perguntinha nos comentários!

Bookmark and Share

"Renato em tom de despedida"

10 de dezembro de 2013 4

Até pode mudar. Quem ouviu Renato, após o empate contra a Portuguesa, que valeu a vaga direta ao Grêmio na Libertadores, ficou com a nítida sensação de despedida. Ficou a quase certeza de que não é o preferido da direção para seguir dando as cartas no vestiário do Humaitá.

Verdade que no futebol as coisas mudam na velocidade da luz, mas diante do silêncio dos dirigentes, não é nenhum exagero concluir que, pelo menos neste momento, outros nomes estão na pauta. E na frente do ídolo da maioria da torcida.

Fracasso

Os números não mentem. Depois de um aproveitamento bem razoável no turno, quando virou em sexto, com 30 dos 57 pontos disputados, o Inter afundou no returno. Somou apenas 18 dos 57 pontos disponíveis, ficando na 19ª colocação.

Numa competição de pontos corridos, que exige regularidade, ficou escancarado que as coisas estão bem erradas nas bandas do Beira-Rio. O Colorado necessita de uma cirurgia pontual, corretiva, sob pena de novos fracassos, justamente no ano de reinauguração da casa reformulada.

Seleção

É hora de eleger os melhores. Na visão da coluna, foram estes os que mais se destacaram no Brasileirão: Jefferson (Botafogo); Marcos Rocha (Atlético-MG), Rhodolfo (Grêmio), Rever (Atlético-MG) e Egydio (Cruzeiro); João Paulo (Atlético-PR), Cícero (Santos), Everton Ribeiro (Cruzeiro) e D’Alessandro (Inter): Walter (Goiás) e Fernandinho (Atlético-MG).

O troféu do melhor técnico vai para Marcelo Oliveira, do Cruzeiro, que lidou muito bem com um grupo cheio de cascudos. A medalha de revelação, apesar da pequena amostragem, fica para o habilidoso Vitinho, ex-Botafogo, que em poucas rodadas roubou a cena e atraiu compradores.

Livre

Apesar de ter tirado leite de pedra, o técnico Cristóvão Borges foi informado, ontem, pela direção do Bahia, que está livre, leve e solto na praça. Agora é negociar com quem quiser.

Muito mais experiente e ainda sem um contracheque assustador, tudo indica que o profissional não vai demorar muito tempo para arrumar um novo emprego e mostrar que conhece o riscado.

Cachaça

Após pensar, repensar, ouvir amigos e familiares, Rogério Ceni desistiu de pendurar as chuteiras e as luvas. Renovou por mais uma temporada, talvez a última, com o São Paulo.

Também pudera. Ídolo da torcida, líder de vestiário, respeitado pelos dirigentes, autor de mais de cem gols, não foi desta vez, ainda, que conseguiu se livrar da cachaça chamada futebol.

Perguntinha

Quando a Dupla vai definir seus técnicos?

Bookmark and Share

Cláusula

05 de dezembro de 2013 5

Melhorou a situação. Após passar algum tempo esquecido, Zé Roberto voltou a ser aproveitado por Renato Portaluppi e vibrou com a classificação antecipada para a Libertadores. Agora, parece não pensar mais em trocar de emprego na próxima temporada, como parecia certo meses atrás.

Cheio de vontade de tentar um título importante, de ajudar o Grêmio, o meia lembrou que tem uma cláusula de renovação automática no contrato. Abriu as portas para continuar vendendo seu peixe com a camisa tricolor, pelo menos, até o meio do próximo ano.

Discussão

Ficou escancarado. Quem tinha dúvida sobre a falta de comando no vestiário do Inter, deve ter se convencido de que o ambiente está tenso e sem controle, depois do treino de ontem. Mais uma vez teve discussão entre jogadores, repetindo os acontecimentos das últimas semanas.

Com as confusões acontecendo quase que diariamente, ao contrário dos tempos em que o grupo era comandado por Dunga e Paulo Paixão, só resta ao presidente Giovanni Luigi achar um jeito de arrumar a casa. Isso se não quiser viver um 2014 cheio de problemas.

Fracasso

Pintou a pule de dez. Num ano em que o futebol brasileiro ficou muito abaixo do esperado, com jogos sofríveis, quase nenhum destaque, o técnico Dorival Junior faturou, com sobras, o indesejável troféu de pior da temporada. Reuniu fracassos por Flamengo, Vasco e Fluminense.

Mesmo que consiga salvar o Flu da degola, domingo, contra o Bahia, o comandante do vestiário das Laranjeiras não vai conseguir passar o bastão para ninguém. E, com toda a certeza, terá dificuldades enormes para arrumar um bom emprego em 2014, compatível com a sua elevada pretensão salarial.

Trânsito

Questionado pelos repórteres goianos sobre a chance de se transferir para o Corinthians, o atacante Walter, um dos raros destaques do Brasileirão, descartou a negociação pelo intenso trânsito de São Paulo.

Pela dificuldade de se locomover em ruas movimentadas, agitadas, é fácil adivinhar que o camisa 18 do Goiás vai estudar com muito carinho qualquer proposta que apareça do Sertão Nordestino.

Namoro

Pensando em 2014, a direção do Santos corre atrás de um chefe de vestiário. E já sinaliza que o preferido é Oswaldo de Oliveira, aparentemente desgastado no Botafogo.

Se não acontecer nenhum desvio de rota, na segunda-feira, tudo indica que o Peixe vai anunciar a contratação e liquidar com um problema que já está preocupando o torcedor do clube.

Perguntinha

Quem vai cair com Ponte Preta e Náutico?

Bookmark and Share

Turbulência

19 de novembro de 2013 7

Esquentou a chapa.

Após a derrota para o Goiás, a segunda seguida em quatro dias, o vestiário do Inter ficou tenso. Houve cobranças fortes entre os jogadores, mas sem qualquer tipo de agressão, como disse um funcionário do estádio.

Certo, mesmo, é que o ambiente, ao contrário de alguns poucos meses atrás, está bem diferente, turbulento, com muita coisa vazando. O que não acontecia nos tempos de Dunga e do preparador Paulo Paixão, que sabiam muito bem lidar com as questões envolvendo tantas pessoas diferentes.

Mistério

É um bom problema.

A partir de domingo, em Campinas, contra a Ponte Preta, Renato Portaluppi terá que se virar. Há uma questão que começa a mexer com a cabeça e os nervos da maioria dos gremistas: quem sobrará entre os estrangeiros?

Pelo momento, acima de tudo em razão da diferença que fez no 2 a 1 sobre o Flamengo, Maxi Rodríguez merece estar, no mínimo, na casamata, para aquela hora do aperto. Mas, até o dia do embarque, com toda a certeza, o assunto será mistério nas bandas do Humaitá.

Pepino

Sempre há alguém de plantão.

Com 41 pontos, cada vez mais assustado com o perigo de degola, três jogos cabeludos pela frente – Inter (F), Botafogo (C), São Paulo (F) -, o Coritiba deu cartão vermelho ao técnico Péricles Chamusca e entregou a responsabilidade da salvação ao auxiliar-técnico Tcheco.

Funcionário do clube, ídolo da torcida, o ex-meia conhece melhor o vestiário do Couto Pereira do que a cozinha da sua casa. Pegou uma granada na mão e precisará usar a sua habilidade para evitar uma explosão que pode vitimar a metade da torcida paranaense.

Busto

Merece um busto.

Claro que ainda faltam três jogos e a situação está indefinida. Mas dá para se dizer que o técnico Argel Fucks conseguiu façanha no comando do Criciúma.

Apesar da dureza da tabela – Vitória (C), São Paulo (C) e Botafogo (F) -, o Tigre está perto de garantir a permanência na elite e reconhecer que o trabalho do comandante foi decisivo na reação.

Exigência

Aumenta a exigência.

Às 23h, no Canadá, a Seleção, cada vez mais animada, enfrenta o Chile. Um teste bem mais forte do que teve no sábado, com Honduras. Mas com toda a chance de emplacar outra vitória.

Desta vez, Felipão finalmente vai conseguir observar melhor o que precisa ser observado e começar a montar a lista definitiva para a Copa de 2014.

Perguntinha

Quando vai acabar o jejum de Kleber?

Bookmark and Share

Pergunta para o Guerrinha: Renato deve ficar, e Inter espera Tite

13 de novembro de 2013 0

O comentarista do DG Adroaldo Guerra Filho e a repórter Amanda Munhoz analisam o futuro dos comandos técnicos de Inter e Grêmio.

Os dois ainda abordam a história do corneteiro do caiaque, que encalhou próximo ao CT colorado na última terça-feira.

Assista e comente:

Bookmark and Share

Pergunta para o Guerrinha: O polêmico rebolado de Carol Portaluppi afeta o trabalho de Renato no Grêmio?

06 de setembro de 2013 43

Comentarista Adroaldo Guerra Filho e a repórter Amanda Munhoz comentam sobre o polêmico vídeo do trote universitário da filha de Renato Portaluppi, no qual a jovem aparece rebolando até o chão. Essa atitude atinge o trabalho do pai no Grêmio?

E mais: Por que essa rivalidade toda entre Inter e Corinthians? Assista!

Bookmark and Share

Sofrido

15 de julho de 2013 9

Só o resultado agradou.

Dentro de casa, empurrado do começo ao fim pelo seu torcedor, o Grêmio correu, marcou, abriu vantagem de 2 a 1 no primeiro tempo, mas sofreu muito na etapa final, quando foi inteiramente dominado pelo Botafogo e precisou se defender de todos jeitos para garantir os três pontos.

Mesmo com a vitória, certamente o técnico Renato vai ter de fazer seu time aumentar a tranquilidade nas horas de aperto para o Tricolor tentar, já contra o Criciúma, jogar o que ainda não jogou na temporada.

Exército

Sobrou transpiração.

Cheio de desfalques, improvisado, banco de reservas incompleto, o Inter utilizou a marcação como grande arma, aproveitou as poucas chances de ataque, derrotou o Flu por 3 a 2 e ganhou mais moral para carimbar a vaga na Copa da Brasil.

A grande vitória só aconteceu pela participação coletiva. Quatro personagens se sobressaíram: o atacante Forlán, o meia D’Alessandro, o técnico Dunga e o preparador Paulo Paixão – pelo banho de saúde exibido em Macaé.

Redondinho

Deu gosto de ver.

Apesar da derrota, o Botafogo, recheado de cascudos, visivelmente carente de bons reservas, mostrou que está com um time redondinho, muito bem dirigido, que entrou na rodada como o melhor entre todos os participantes, capaz de brigar até o fim por um caneco que não enxerga faz muito tempo.

Orquestrado pelo muito qualificado Seedorf, o time do técnico Osvaldo de Oliveira joga simples, com objetividade, dentro e fora do Rio e, no momento, mesmo tendo sido destituído da liderança da competição, parece o mais equilibrado, merecedor de ser visto como o mais forte da elite.

Perto

Ficou muito melhor.

Num jogo traiçoeiro, o Caxias derrotou o Mogi Mirim, somou três pontos e ficou bem perto de comemorar a passagem de fase na Terceirona.

Do jeito que a coisa está caminhando, parece que a turma do Centenário superou os problemas financeiros e fará o torcedor comemorar um prêmio nada pequena na temporada.

Encardiu

Fora de casa, o Lajeadense não repetiu suas boas atuações, perdeu para o líder Londrina e ficou com a corda esticada na briga para avançar na Série D.

Após este tropeço, chegou a hora de a torcida entrar em cena e empurrar o time do técnico Flávio Campos dentro da Arena Alviazul. A briga está complicada, mas não está perdida.

Perguntinha: Quantos pontos fará o campeão do Brasileirão?

Bookmark and Share

Sinalização

09 de julho de 2013 3

Foi claro o recado.

Quem ouviu Renato Portaluppi, sábado, após o preocupante 1 a 1 com o Atlético-PR, não teve dificuldades para identificar um recado bem claro de quem tem missão de fazer o Grêmio jogar mais. Quem responder em campo garante escalação.

Com essa sinalização, pelo que se observou na reestreia em Curitiba, não é nenhum absurdo cogitar de que o chileno Vargas, titular indiscutível até agora, corra risco de não estar entre os titulares contra o Botafogo, domingo, na Arena.


Volantes

Não foi a primeira vez.

Apesar da merecida vitória sobre o Vasco, que valeu avanço na tabela, o Inter deixou a desejar na defesa. Sofreu três gols, dois deles em falhas do goleiro Muriel, fato preocupante para quem está metido na Copa do Brasil, competição em que a maior arma é evitar o gol adversário.

Detalhista, conhecedor da posição, Dunga, sem tempo para treinar, conversará com os volantes. Obrigará que, ao menos, um deles não se afaste da proteção aos zagueiros.


Gorducho

Deu pena de ver.

Bom jogador, dono de faro de gol impressionante, Walter, que faz 24 anos no dia 22, decidiu pelo Goiás, domingo, contra o Vitória, quando apareceu em campo com os cabelos descoloridos e carregando 92Kg no esqueleto.

Com capacidade para vestir camisa ainda mais forte, como as de Inter, Porto e Cruzeiro, que já envergou, e botar a mão num contracheque ainda maior, chegou a hora de o atacante colocar um esparadrapo na boca e virar profissional. Se não fizer isso, poderá encerrar a carreira muito antes do que imagina e arrumar emprego como Rei Momo.


Elite

Acabou o sofrimento

Depois de um longo inverno, o Brasil-Pe sacramentou, domingo, com vitória sobre o Santo Ângelo, a melhor campanha da Segundona e garantiu, com antecipação, a volta à elite gaúcha.

Na final do returno, contra o Aimoré, os fanáticos xavantes podem comemorar o prêmio e se preparar para o Gauchão 2014.


Esperança

Dá para sonhar.

O Lajeadense derrotou o Botafogo-SP, chegou aos cinco pontos em três jogos e assumiu a segunda posição no seu grupo na Série D.

Claro que a tarefa não é mamão com açúcar. Mas se fizer o dever de casa, somar mais uns pontinhos como visitante, o time de Flávio Campos seguirá em frente.

Bookmark and Share