Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros
Capa ZH ZH Blogs Assine agora

Posts na categoria "Votação"

Você já sabe onde deve votar?

04 de outubro de 2014 0

menu_01Você já separou o seu título de eleitor e conferiu o local de votação em que está cadastrado? Se ainda não, não perca tempo. O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) possui um banco de dados para que o eleitor pesquise o local de votação, além de informações sobre o título e a situação eleitoral.

Clique aqui e acesse o sistema do TSE para encontrar o seu local de votação

As mesmas dúvidas podem ser esclarecidas por meio do serviço Disque-Eleições, disponível pelo número 148 – para a Região Metropolitana de Porto Alegre. No Interior, o eleitor pode ligar para o seu cartório eleitoral ou usar o Disque-Eleições, pelo telefone (51) 32312731, com o custo de uma ligação interurbana.

O TSE desenvolveu, ainda, o aplicativo “Onde votar ou justificar”, que também informa os endereços dos locais de votação e justificativa. O app pode ser baixado gratuitamente na Google Play (Android) e na Apple Store (iOS).

Votação

14 de julho de 2014 0

menu_01

Este ano, você vai votar para deputados estadual e federal, senador, governador e presidente da República.

Onde votar?
O Tribunal Regional Eleitoral do Estado possui um banco de dados para que o eleitor pesquise o local de votação, além de informações sobre o título e a situação eleitoral.
Clique aqui e veja as informações no site do TRE-RS.

Há um limite de tempo para que o eleitor vote?
Não, mas após um minuto sem que nenhuma tecla seja pressionada, o mesário poderá suspender a votação do eleitor. A decisão de suspender ou não é do presidente da mesa, que deve zelar pelo direito ao voto do eleitor e pelo bom andamento dos trabalhos da seção.

É permitido entrar com santinhos na cabine de votação?
O eleitor pode entrar com santinhos na cabine. A própria Justiça Eleitoral recomenda o uso da cola para facilitar a votação. Só é proibido distribuir esse material no dia da eleição.

O que é permitido e proibido vestir e portar no domingo da eleição?
É permitido usar camisas, bonés, broches, adesivos, flâmulas ou bandeiras (dentro da seção eleitoral devem estar enroladas) de partidos ou candidatos.
É proibido distribuir material de campanha durante o pleito. Os eleitores também não podem entrar na seção com celulares ou aparelhos eletrônicos ligados. O uso de alto-falantes e amplificadores de som é proibido no dia da eleição.

A votação na urna eletrônica pode ser fraudada?
Não. A urna eletrônica tem programa elaborado por várias equipes que, individualmente, não conhecem a totalidade do sistema. As senhas usadas pela Justiça Eleitoral na transmissão de dados tornam o sistema imune a fraudes.

E se a urna eletrônica estragar?
Se não for possível repor a urna, a votação será feita pelo sistema tradicional, através do preenchimento de cédulas de papel.

A falta de energia elétrica pode comprometer o funcionamento da urna eletrônica?
Não, pois as urnas possuem uma bateria interna que pode durar até 12 horas.

Se eu só me lembrar do nome, e não do número do candidato, como faço para votar?
Na seção eleitoral estarão afixadas relações completas com os nomes e números dos candidatos, uma por ordem alfabética e outra por ordem numérica.

Posso votar em trânsito?
Em 2014, será permitido votar para presidente e vice-presidente da República fora do domicílio em todas as cidades com mais de 200 mil eleitores. Nas eleições de 2010, essa possibilidade ficou restrita às capitais. O eleitor que estiver em um dos 86 municípios com este perfil no dia do pleito deverá habilitar-se perante a Justiça Eleitoral, indicando o local em que pretende votar e apresentando documento oficial com foto. O período para o cadastramento é de 15 de julho a 21 de agosto de 2014.

Atenção!
A identificação do eleitor por meio da biometria nas eleições de outubro será realizada em 186 cidades do RS. No modelo biométrico, o eleitor se habilita a ir à urna colocando o dedo em uma leitora de impressões digitais. A expectativa da Justiça Eleitoral é de que o Brasil tenha eleições exclusivamente pelo sistema biométrico a partir de 2020. O objetivo é aumentar a segurança do voto. Confira aqui a relação dos municípios gaúchos que realizaram o recadastramento biométrico.