Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
 

Posts com a tag "ecosdamontanha"

Montanhismo em Joinville - Programação de Novembro

14 de novembro de 2011 0

MOVIMENTE-SE!

Programação de Caminhadas em Montanha:

Dia 13/nov – Castelo dos Bugres

Dia 15/nov – Cachoeira do Braço Esquerdo

Dia 19/nov – Trilha Antiga Mutucas

Dia 27/nov – Monte Crista

Dia 04/12 – Morro do Canta Galo

Curta nossa Fan Page no Facebook e fiqu e por dentro das nossas atividades!!!

Bons Ventos Equipe Salamandra – http://asalamandra.com.br/

Técnica de Escalada em Fendas

10 de outubro de 2011 0

A escalada em livre, é um verdadeiro jogo com a força da gravidade, onde o escalador avança por suas próprias forças, sem depender de equipamentos, que servem apenas para segurar em uma eventual queda. Quanto melhor a técnica do escalador, menos força precisará ser empregada, equilíbrio, elasticidade e uma distribuição correta do peso são essenciais, gerando assim uma relação harmoniosa entre força e técnica.

Escalada em fendas: Rachaduras na parede propiciam um modo particular de escaladas, basicamente escala-se entalando mãos, pés e até mesmo o corpo, dependendo da largura das fendas.

Via Fissura da Meia Noite 8a – Setor Beira Mar São Chico


Durante o II
Festival de Festival de Escalada do Litoral Sul Catarinense realizei uma Oficina de Técnicas de Escalada em Fendas.

A ideia é apresentar e praticar a escalada nesse tipo de técnica. Desde fissuras de dedos, mãos, punhos, passando por técnicas de diedro e oposição, até fendas de meio corpo e chaminés!

Quanto maior o repertório de técnicas do escalador melhor seu desempenho na hora do aperto!!!
Fonte:
www.asalamandra.com.br

EXPEDIÇÃO ESTRADA MUTUCAS

27 de setembro de 2011 0

Expedições Salamandra é um projeto na parceria que está rolando entre a Salamandra Escola de Montanha e a Go!Faster. A primeira expedição pronta para receber desbravadores é a Expedição Estrada Mutucas.

Estra trilha levará você a locais de natureza preservada e visual deslumbrante que abrigam parte da história da colonização da cidade de Joinville/SC. Expedição Estrada Mutucas é uma atividade rica em conhecimento, perfeita para exercitar o corpo, relaxar a mente e enriquecer o espírito


O DESTINO
A Expedição trilhará o curso do rio Mutucas morro acima rumo à antiga represa de captação de água construída em 1916, encravada entre belas cachoeiras e cenários de natureza exuberante. Serão 40 minutos de trilha (1.920 metros de caminhada e 210 metros de subida), revivendo o árduo trabalho dos colonizadores na construção desta represa.

APOIO
A Expedição tem o apoio de uma completa infra-estrutura pra garantir a segurança e conveniência do participante:
• Traslado EXPOVILLE / SÍTIO MUTUCAS
• Guias da Salamandra Escola de Montanha
• Hidratação e mesa de frutas ao final da Expedição
• Seguro contra acidentes


ROTEIRO
• Saída 07h da Expoville
• Desembarque no Sítio Mutucas
• Expedição em trilha até a represa (tempo 40 minutos / distância 1.920m / altitude 210m)
• Retorno na Expoville 12h30

QUEM PODE FAZER?
A Expedição Estrada Mutucas é um percurso curto, de dificuldade leve a moderada, para concluí-la é necessário um mínimo condicionamento para caminhadas e não devem haver restrições médicas à esforços físicos.
O número máximo de participantes é 15 e o mínimo é 5.


ENTRE EM CONTATO CONSCO PARA FAZER SUA RESERVA E SOLICITAR MAIS INFORMAÇÕES
Rogério / Revista Go!Faster
rogerio@gofaster.com.br

Daniel / Salamandra Escola de Montanha
djcasas@salamandra.com.br

Fotos: Rodrigo Galdino e Daniel Casas
Mais sobre a Salamandra Escola de Montanha
Mais sobre a Expedição Estrada Mutucas

Aventura na Montanha

29 de agosto de 2011 0

Daniel J. Casas é instrutor da escola de Montanhismo Salamandra, em Joinville.

A seguir ele nos conta como foi sua última aventura!

Por Daniel J. Casas:

“Caros leitores do GUIA RADICAL, ao longo dos próximos dias postarei a respeito da minhas últimas três semanas vivendo do jeito que mais gosto, ou seja, somente de ESCALADA.”

No teto do Bauzinho. Foto: Daniel Stassi

Um dos lugares que me sinto como se estivesse em casa é o conjunto da Pedra do Baú, localizado na pacata cidade de São Bento do Sapucaí na divisa dos Estados de São Paulo e Minas Gerais. Talvez pelo fato de ter iniciado no universo vertical nessas montanhas, ter muitos amigos por lá ou ainda pela hospitalidade do povo local, que não perde a oportunidade de uma boa prosa ou um cafezinho!
Chegar tarde da noite na cidade e ter a certeza de uma porta aberta com acomodações prontas para receber é um privilégio, é assim no Abrigo Montanhismus mantido pelo escalador Eliseu Frechou onde ficamos hospedados nos primeiros dias.
Abrigo Montanhismus

Junto com minha parceira, iniciante nesse tipo de aventura, desfrutamos de belos dias de Sol nessas montanhas e falésias.
A primeira saída foi a falésia Vista Aérea, um setor bem bacana de fácil acesso e com vias de qualidade, principalmente as linhas de fendas.

Falésia Vista Aérea


Após a fase de aclimatação nas falésias chegou a hora de irmos à montanha e a escolhida foi a Ana Chata, via Peter Pan. Apesar de ser uma via fácil é muito bonita percorrendo grande parte da face norte e emendando na crista final da via Lixeiros. O dia estava incrivelmente lindo, fresco e ensolarado, realmente um presente!

Ana Chata

Via Peter Pan

Dia de descanso é dia de fazer força na falésia. Objetivo Pedra da Divisa setor Corujas, na companhia de Francisco “sem noção” Brasil, escalador de SC residente na cidade a seis meses.
Mais uma viazinha no Bauzinho e a semana vai chegando ao fim. Saldo positivo, escaladas, novos e velhos amigos, parceria firmeza!!!
Face norte do Bauzinho
Cume!

Nos próximos posts mais ESCALADAS…”
Daniel J. Casas
O Guia Radical irá acompanhar os “próximos capítulos” desta aventura… aguardem!
http://www.facebook.com/photo.php?fbid=1824578061461&set=a.1580126870334.82744.1450552042&type=1#!/photo.php?fbid=1333623067893&set=a.1580126870334.82744.1450552042&type=1&pid=872908&id=1450552042

Escalada no gelo em Santa Catarina

01 de agosto de 2011 0


Quem diria que no Brasil teria escalada em cascatas congeladas!!!
Nesse inverno a Cachoeira da Poeira na Serra do rio do Rastro em Santa Catarina congelou e a galera não perdeu a oportunidade de escalá-la.

Confira as fotos e o vídeo dessa aventura gelada dos montanhistas Ricardo Baltazar, Fábio Lopes e o cinegrafista Vorlei Silveira (Luca), na divisa entre os Estados do Rio Grande do Sul e de Santa Catarina :


Fontes:  http://www.ecosdamontanha.blogspot.com e      http://montanhismogaucho.blogspot.com

MONTANHISMO - Congelando nas Escaladas

19 de julho de 2011 0

A turma da Salamandra está sempre fazendo alguma atividade de montanhismo pelos locais mais lindos de SC. Abaixo uma nova aventura do Daniel J. Casas e sua turma muito radical, mas dessa vez o frio também estava radical….

Por: Daniel J. Casas

Após dois finais de semana de chuva por aqui, São Pedro resolveu agradar os escaladores e propiciou alguns dias bem secos, frios e ensolarados. Resultado pedra colando e escaladas a full.
No sábado estivemos escalando no Morro da Palha em SãoXico onde pude fazer um volume em algumas vias e dividir a corda e bons momentos com o Gabriel Casas, meu filho!
Gabriel Casas em toprope na Fogo de Palha (6+)
Tércius riscou mais uma via da sua planilha a Fogo de Palha 6.º sup e quase mandou a vista a Paliativa 6.º, resultado positivo dos treinos. Izabela continuou a malhar com evolução a Faluja.com 6.ºsup. Priscila segue iniciando no esporte e dando seus primeiros passos na vertical, assim com Cayana (8 anos) e Gabriel (14 anos).
Já domingão o objetivo foi Corupá. Seguindo a rotina muitos escaladores estavam presentes, de Curitiba, Jaraguá do Sul, Joinville e inclusive um casal da Argentina que vieram exclusivamente à provar o conglomerado do setor!
Sabiá tentando aquecer na Anônima 6+
Gislaine Gis malhando a Seixo-no-ia (9c) Foto: Rodrigo Cattoni
Gislaine Gis malhando a Seixo-no-ia (9c) Foto: Rodrigo Cattoni
Gislaine Gis malhando a Seixo-no-ia (9c) Foto: Rodrigo Cattoni
A galera de Jaraguá (Marcio Gualberto+Zig+Aline) passaram os dois dias acampados no setor novo (Planeta dos Macacos) escalando, limpando e equipando novas vias. Agora o total é de 6 vias, dois 5.º, um 6 sup, um 8a, e mais dois projetos um provável 9.º e outro provável 10.º grau. No domingo ainda estiveram presentes Paulo Matile + os gêmeos também de Jaraguá do Sul
Acampamento no setor Planeta dos Macacos. Foto: Marcio Gualberto
Zig provando um dos 5.º graus. Foto: Marcio Gualberto


Marcio Gualberto na via Cada Macaco no seu Cipó (6.º sup) Foto: Aline
Quanto a mim, entrei em uma nova via a Influenza 10a e  já no primeiro pega isolei todos os movimentos. A via é resistência pura, bem diluída e com movimentações incríveis, com certeza mais uma via 5 estrelas. Vamos ver em quantas entradas vai sair essa via!!! Voltei motivado com um novo projeto na cabeça!!!
Daniel Casas na via Influenza 10a Foto: Izabela Pacheco
Daniel Casas na via Influenza 10a Foto: Izabela Pacheco

Escalada Esportiva - Puxando os Limites

18 de maio de 2011 3

No dia 14 de maio, o escalador Daniel Juliano Casas conseguiu encadenar a via Humildade no Ar graduada em 10a, tornando-se o primeiro catarinense a conseguir essa ascensão.

Segue o relato da façanha, por Daniel J. Casas:
“Pra mandar essa via tive que manter o foco nos treinos e nesse tipo de escalada durante praticamente 1 ano. Foi um aprendizado e uma experiência incrível”
Essa via está localizada no setor da Cachoeira doBraço Esquerdo, próximo a cidade de Corupá/SC e é o local onde encontram-se as vias mais difíceis do estado.

Entenda agraduação das vias de escaladas:

Para definir o grau de determinada via, leva-se emconsideração a inclinação da parede, quantidade e tamanho de apoios, tamanho daparede, dificuldade de executar os movimentos em seqüência, entre outrosfatores. A graduação brasileira começa em 3.º grau para escaladas bem fáceis eatualmente acaba em 11a, a partir do 7.º grau subdivide-se em a, b e c (7a, 7b,7c, 8a e assim por diante) sendo que acima do 8.º grau considera-se como altonível de dificuldade.
No link o relato dessa ascensão:

http://ecosdamontanha.blogspot.com/2011/05/foco-10-grau.html


Daniel Juliano Casas é montanhista desde 1988, faz parte do Corpo de Guias da Salamandra Escola de Montanha, é sócio fundador da Associação Joinvilense de Montanhismo, escreve a coluna Elevation de revista Go! Faster. Patrocínio Hard Adventure, apoio Resseg Ecologia e Aventura.

Mais informações sobre escaladas em Santa Catarina:

www.ecosdamontanha.blogspot.com

www.asalamandra.com.br

Bons Ventos,

Daniel Juliano Casas  – Instrutor de Escalada
Salamandra Escola  de Montanha
www.asalamandra.com.br
47 9904 7010 / 47 3455 0447
Joinville/SC