Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
 

Posts com a tag "Rafting"

Brasil é campeão mundial júnior de Rafting

18 de outubro de 2011 0

Canoístas brasileiros superam tchecos e russos nas provas de H2H e Slalom e levam o troféu de campeão do mundo na Costa Rica.

Poucos dias depois de ver o Brasil chegar perto do tricampeonato mundial sênior em Turrialba, na Costa Rica, os jovens canoístas brasileiros mostraram que o Brasil ainda é ‘o país a ser vencido’ em todo o planeta quando se trata de disputas de rafting.

Neste último fim de semana os jovens brasileiros venceram tchecos e russos nas provas de Head to Head (H2H) e Slalom, e mesmo com a vitória dos tchecos na prova de Descendo, última e mais importante da competição, conquistaram o troféu de campeão geral do Campeonato Mundial Júnior de Rafting – disputado entre atletas de 14 a 18 anos.

“É um ótimo resultado para o Brasil que mostra que, além do bicampeonato mundial no sênior, também tem futuro na modalidade para os próximos anos. Essa molecada vem surpreendendo e está de parabéns”, disse Denilson de Lima, supervisor do Comitê de Rafting da Confederação Brasileira de Canoagem.

A trilha até a conquista do mundial começou com a 4ª posição no Sprint – primeira prova do evento – e foi sacramentada com as vitórias no H2H e no Slalom, deixando a equipe muito mais confiante para a prova de Descenso, onde a conquista do 2º lugar foi fundamental para a conquista do mundial.

Para Jean Claude Razel, apoiador da equipe em Brotas (SP), o resultado foi acima do esperado e mostra que o futuro do esporte no Brasil já tem seu caminho. “Foi surpreendendo, mas não faltou dedicação. São meninos ainda, alguns com 16 anos, mas muito dedicados”, ressaltou.

A equipe brasileira foi composta por Jonatan de Brito, Angelo Eduardo Degrandi, Gabriel Pessa, Fernando Antônio Morassuti, Jorge Nave, Leandro Cavalcante, João Luiz Rodrigues Jr, Plácido Pires e João Paulo Costa.

“Este resultado é um trabalho desenvolvido pelo Lucas Paulino, conhecido como Coré e capitão da equipe sênior do Brasil. Ele tem uma escolinha em Brotas (SP) e há um bom tempo vem treinando essa molecada em eventos nacionais e internacionais da modalidade. Este é um resultado dele também”, informou Denilson.

- Como são disputadas as provas de Rafting:
Um campeonato de rafting consiste em quatro provas somando 1000 pontos. No primeiro dia, acontecem duas as provas: Tiro valendo 100 pontos e Sprint valendo 200 pontos. No segundo dia é disputada a prova de Slalom valendo 300 pontos e no terceiro dia a prova de Descida valendo 400 pontos. O vencedor é aquele que acumula a maior quantidade de pontos na soma das quatro provas.


Confira aqui os resultados completos do evento:
www.internationalrafting.com

Site Oficial: www.costarica2011wrc.com
Site Federação Internacional de Rafting: www.internationalrafting.com

As principais manobras no Rafting

16 de outubro de 2011 0

Praticar rafting em um final de semana requer alguns procedimentos básicos, geralmente dados pelo instrutor responsável no local de descida de um rio. É ele quem vai na parte de trás do bote, transmitindo comando aos remadores de primeira viagem.

São comandos de remada: “para a frente”, significa que todos devem remar para a frente, a fim de ganhar velocidade; “para trás”, no caso de frear ou desviar de um obstáculo; e por aí vai.

O grupo a bordo do bote deve estar atento às instruções do líder e remar em sincronia. Ninguém fica parado, segurando o remo por cima do cabo para evitar qualquer acidente.

Quedas do bote acontecem. Os instrutores orientam as pessoas a ficarem em uma posição de forma a ajudar o resgate, pelo cabo do remo ou por uma corda. O bote também pode virar, o que requer ainda outras técnicas para voltar à posição normal.

Não é preciso fazer um curso, mas quem quiser especializar-se para participar de expedições ou partir para o rafting competitivo, pode entrar em contato com empresas especializadas. Escolha uma descida com grau de dificuldade compatível com sua experiência. Lembramos que o rafting é um esporte de equipe, onde todos remam e participam ativamente na condução do bote.

Manobras mais freqüentes em uma descida:

Esquerda Réo bote vai para esquerda; quem está à esquerda rema à ré e quem está à direita rema à frente.

Manobra esquerda ré.


Direita ré – o bote vai para direita; quem está à esquerda rema à frente e quem está à direita rema à ré.
Manobra direita ré.

Peso à esquerda ( ou Peso à direita) - a tripulação se inclina para o lado indicado; serve para facilitar manobras e evitar que o bote vire.
Manobra peso à esquerda (ou direita).

Piso – Todos se sentam no chão do bote e seguram na corda que passa na borda do bote. É este o recurso usado em grande quedas.

Manobra Piso (todos no chão do bote).


Fonte: http://www.webventure.com.br

Rafting - Brasil fica em quarto lugar na Costa Rica

13 de outubro de 2011 0
Depois de ganhar dois troféus consecutivamente vencendo a competição equipe brasileira vê time do Japão conquistar este ano o Campeonato Mundial Sênior de Rafting

Por: Iran Schleder
Comunicação CBCa

Nos últimos anos é inegável o domínio do Brasil no rafting mundial ao conquistar consecutivamente dois campeonatos mundiais e fazer da bandeira brasileira a mais respeitada na modalidade. Depois dos resultados o Brasil passou a ser referência no esporte e o adversário a ser batido nas competições internacionais. Na última edição do evento que aconteceu neste fim de semana na Costa Rica a equipe brasileira viu de perto o crescimento técnico dos adversários e o time japonês conquistar o Campeonato Mundial Sênior de Rafting. Ainda na Costa Rica acontece nos próximos dias, de 12 a 16 de outubro, o Campeonato Mundial Júnior de Rafting e o Brasil participa do evento.

O Brasil liderava a competição nos primeiros dias com o primeiro lugar conquistado na prova de Tiro, contudo os resultados no Head to Head (12º) e no Slalom (13º) foram decisivos na luta pela liderança do campeonato. Na última prova da competição, Descenso, o Brasil voltou a mostrar um bom resultado (2º), contudo não foi suficiente para conseguir alcançar os japoneses que se sagraram campeões do evento com a soma de 891 pontos. Em segundo lugar geral ficou a equipe da República Tcheca com 750 pontos, em terceiro a Eslovênia com 685 pontos e o Brasil em quarto lugar com 683 pontos.

No feminino as tchecas sagraram-se campeãs com 841 pontos, seguidas pelo time do Japão com 780 pontos e da Holanda com 763 pontos. As brasileiras ficaram na 12ª posição com 489 pontos.

A equipe brasileira foi composta por Lucas da Silva, Samuel de Almeida, Antônio Salvatti, Jonatan de Brito, Fábio Lourenção, Rafael da Cruz e Rafael Alexandre Valentim de Andrade. No feminino são as atletas Ana Carolina Souza, Ana Cecilia da Silva, Graziela Soares, Marina Rolon, Rebeca Souza, Juliana Vancini e Iracema Braun.

Como são disputadas as provas de Rafting
Um campeonato de rafting consiste em quatro provas somando 1000 pontos. No primeiro dia, acontecem duas as provas: Tiro valendo 100 pontos e Sprint valendo 200 pontos. No segundo dia é disputada a prova de Slalom valendo 300 pontos e no terceiro dia a prova de Descida valendo 400 pontos. O vencedor é aquele que acumula a maior quantidade de pontos na soma das quatro provas.

Clique nos links abaixo para conferir os resultados
Masculino Descenso

Masculino Overall

Feminino Descenso

Feminino Overall

Site Oficial: www.costarica2011wrc.com
Site Federação Internacional de Rafting: www.internationalrafting.com

Fonte: www.cbca.org.br

Postagem Inaugural do Guia Radical !!

01 de fevereiro de 2011 3

Esta é a inauguração do GUIA RADICAL: UM MOMENTO HISTÓRICO!! hehe… quanta pretensão… rs

Primeiramente quero agradecer à Taísa Rodrigues, competente Repórter do Jornal A Notícia e uma aventureira radical nata! Fizemos uma emocionante reportagem descendo o Rio Cubatão desde a base da Serra Dna Francisca até o seu desaguar na Baía da Babitonga, terminando nossa aventura na Vigorelli, gerando uma matéria que deu muito o que falar- “Conheça o Rio Cubatão: a água que Joinville bebe”. Um pequeno trecho da reportagem pode ser seguida neste link:

A partir daí, percebemos o imenso potencial do Turismo de Aventuras Radicais na nossa região e, então, iniciamos um trabalho de valorização da região como um todo, isto é, mostrar o que a galera radical está fazendo de esportes por aqui, quem são os profissionais que vivem disso para aumentarmos cada vez mais o turismo de aventuras radicais na nossa região. Tudo isso priorizando a preservação da Natureza e fazendo um trabalho intenso de fiscalização aos infratores do meio ambiente.

Agradeço também ao Paulo Roberto (Banana), à Suzana Klein e à Izabela Liz, equipe “sinistra” do AN..hehe.. pois sabem tudo de imprensa e fizeram este projeto comigo para preenchermos esta lacuna que faltava aos amantes de esportes radicais.

Teremos neste Blog : Kitesurf, Windsurf, Waveski, Kayaksurf, Rafting, Canoagem Descida (Creek, Slalom, etc), Paraglider, Asa Delta, Wakeski, Jeep (off road), Paraquedismo, Montanhismo(Alpinismo, Rapel, Canionismo…) e todos os esportes que a galera mostrar que está praticando por aqui. Mas também mostraremos muitas aventuras radicais por todo o Brasil afora e, dependendo do caso, por outros Países também.

Aproveitando que é tempo de Carnaval:

É O GUIA RADICAL AÍ GEEENTEE!!!!