Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
 

Posts com a tag "surf"

Stand Up Paddle - Alexandre Magrinho em Ibira

03 de abril de 2012 0

Alguns momentos do atleta Alexandre Takeo “Magrinho” em Ibiraquera surfando de Stand Up.



Vídeo de Morlima produções: www.morlima.com

Sul-Americano de Canoagem Onda 2011 em SC

28 de novembro de 2011 2

Terminou neste domingo o Campeonato Sul-americano de Canoagem Onda, no balneário de Barra Velha/SC.

Pódio do Shark Paddle Surf: Nathan Eades, Adrian Oliveira, Alexandre Matteí e Bruno Guazzeli

Os atletas se degladiaram nas ondas, disputando várias modalidades de surf com remo- Kayaksurf, Waveski, SUP e a novidade esportiva: o Shark Paddle Surf!

Primeira bateria de Shark Paddle Surf na história! Um britânico, um argentino e dois brasileiros…

Momentos antes da primeira bateria de Shark Paddle Surf da História!

A competição iniciou-se no sábado de manhã e terminou no domingo à tarde com show de surf!

Atleta Maurício Marcus de Souza, campeão Sul-americano Waveski 2010 e vice 2011

Chrystian Borba, atleta de Barra Velha e campeão Sul-americano de Waveski 2011

O britânico Nathan Eades, o qual mora e surfa no Peru, foi o campeão Sul-americano do kayaksurf em 2010 e compareceu este ano de novo, mostrando novamente seu surf “gringo”…

Luis Carlos Krieval e Nathan Eades

Luis Carlos Kriewal continua sendo o mesmo atleta de sempre: guerreiro, constante, surf forte e um grande campeão. Conquistou a medalha de ouro na Máster do Kayaksurf e ainda por cima a Bronze da Open.

A grande surpresa deste ano foi o atleta de São Francisco do Sul, Cizomar Bavaresco, o qual encantou a todos com seu surf agressivo, diferenciado e até imprevisível. Bava foi campeão da categoria Iniciantes, único brasileiro no pódio com mais três argentinos. Na Open, Bava foi o único a passar direto às finais, conquistando a quarta colocação, para a surpresa geral.

Cizomar Bavaresco com os argentinos no pódio da categoria Iniciantes

Roberta Borsari, única mulher a competir, ficando em quinto lugar entre os homens

Bruno Guazelli ganhou tudo que disputou!

Os resultados ficaram assim:

Waveski Open
Chrystian Borba      Brasil
Maurício de Souza    Brasil
Nathan Eades        Peru
Luciano de Bastiani  Brasil

Waveski Sênior
Chrystian Borba – Brasil
Luciano de Bastiani – Brasil
Edson Góis – Brasil
Marcelo Cunha – Brasil

Waveski Master
Jadir Pessotti – Brasil
André Souza – Brasil
Jairo Mello – Brasil
Rover Nogueira – Brasil

Waveski Iniciante
Adriano Santos – Brasil
Esteban Garofolo – Argentina
Jackson Cardoso – Brasil

Kayaksurf Open
Bruno Guazzelli   Brasil
Nathan Eades   Peru
Luiz Kriewall   Brasil
Cizomar Bavaresco  Brasil

Kayaksurf Sênior
Bruno Guazzelli  – Brasil
Esteban Garofalo – Argentina
Sério Garofalo – Argentina
Roberta Borsari – Brasil

Kayaksurf Máster
Luis Kriewall – Brasil
Marcus Gasparini – Brasil
Adrian Oliveras – Brasil
Alexandre Matteí – Brasil

Kayaksurf Iniciante
Cizomar Bavaresco – Brasil
Sergio Garofalo – Argentina
Cesar Tongiani – Argentina
Mariano Gierycz – Argentina

Stand Up

Evandro dos Santos

Roberto Vicentin

André Magu
Leo Vianna

Shark Paddle Surf
Bruno Guazzelli
Alexandre Matteí
Adrian Oliveras
Nathan Eades

Agradecimentos especiais à Truzz Multi Sports (www.truzz.com.br) por participar com a premiação, os atletas ficaram muito satisfeitos.

Seguem agradecimentos também à Márcia Hopf da Tombobeach, pelas lycras, organização e pelas belas camisetas.

Agradeço o shaper Maurício Marcus de Souza da Bless Sports (www.blesssports.com) por tornar esta minha idéia maluca realidade…rs

Agradeço ao grupo RBS por acreditar no Shark Paddle, fazendo uma divulgação fantástica. Especial abraço ao reporter Giovani Martinello.

Não esqueceria nunca meu grande amigo Fábio Pires, da TV Tribuna de Santos, esse está com o Shark Paddle desde 1997!

Por final, agradeço demais ao Superintendente da Canoagem Onda, Chrystian Cesar Borba, por confiar em mim e inserir o Shark Paddle Surf no Sulamericano de Canoagem Onda 2011.

Alexandre Pierre Matteí

Aulas de Stand Up Paddle em Floripa

05 de novembro de 2011 3
Dia maravilhoso pede imediatamente aula de Stand Up Paddle na Lagoa!
Conheça a CAMPECHE SURF SCHOOL!
Informações:
Campechesurfschool@hotmail.com

Fone: (48) 84315091
Floripa/SC

Stand up Paddle Surf - toda a categoria de Yuri Daberkow

01 de novembro de 2011 0

O joinvilense Yuri Daberkow é a grande promessa de Santa Catarina neste novíssimo esporte que dominou o Mundo todo.

Novo também é o próprio Yuri, pois, com apenas 14 anos de idade, vem se destacando nas competições de SUP e já compõe a equipe BLESS SPORTS ( www.blesssports.com ), sendo orientado pelo grande campeão de Waveski Maurício Marcos de Souza, também da equipe BLESS SPORTS.

Confira a seguir um pouco de Yuri Daberkow:

Catarinense Kauli Seadi é Top 3 Mundial no Windsurf nas ondas

31 de outubro de 2011 0

Em 2011, as boas participações do atleta da equipe Mormaii no windsurf o mantiveram entre os melhores do Circuito PWA.

Patrocinado pela Mormaii, Kauli Seadi foi tricampeão mundial na categoria Wave do Circuito PWA (Professional Windsurfers Association).Ganhou os mundiais em 2005, 2007 e 2008.

Em 2011, o brasileiro Kauli Seadi terminou a temporada em terceiro lugar. O vencedor foi Phillip Koster (Alemanha), que somou 6.300 pontos no ranking. Kauli obteve 5.904 pontos.


Segundo Kauli, o Circuito Mundial começou com fortes ventos nas Ilhas Canárias (Espanha), quando rolaram as duas primeiras etapas, em Gran Canária e depois em Tenerife.

A terceira etapa aconteceu na Dinamarca e surpreendeu todos os atletas. “As condições foram intensas, ventos de 45 nós, uma correnteza de quase 5 nós e swell de vento, com quase 6 metros de face, o que fazia a combinação perfeita para uma máquina de lavar gigante”, revelou Kauli.

Marcada para acontecer na ilha de Sylt (Alemanha) até início de outubro, a última etapa do Circuito Profissional de Windsurf não rolou, por falta de vento.

Apesar da ausência do vento, a prova na Alemanha foi marcada pela exibição do DVD “Minds Wide Open” no cinema, com lotação máxima.

Trata-se de um filme de alta produção que retrata a vida de seis dos melhores atletas do tour mundial, nas disciplinas de Wave e Freestyle. Nele, são reveladas as personalidades dos atletas, estilo de vida, trips feitas com todos eles para lugares paradisíacos e inexplorados por outros windsurfistas.

Assista no site: www.mindswideopenmovie.com

Fonte: www.mormaii.com.br

WINDSURF FREESTYLE!

31 de outubro de 2011 0

Levi Lenz, atleta profissional de Windsurf Freestyle, mostra seu potencial na modalidade mais plástica deste esporte super radical.

Uma produção de MORLIMA FILMS: www.morlima.com

Canoísta Roberta Borsari em Trip Radical pra Chicama/Peru

03 de outubro de 2011 0

Roberta Borsari em Galápagos

Depois de surfar a onda mais extensa do mundo em rio, a pororoca, a atleta Roberta Borsari tem agora um novo objetivo na carreira: desvendar a onda esquerda mais longa dos mares, no norte peruano.

Roberta Borsari na pororoca

E o desafio já tem data marcada. No dia 1º de outubro, a brasileira desembarca no Peru para uma surftrip no imenso Pacífico.

“Chicama tem uma onda considerada um clássico do surfe. Ela é tão extensa que, depois de surfá-la, é preciso um bote para te resgatar para conseguir um bom aproveitamento dos treinos” contou a atleta. A onda do local pode chegar a mais de 1,5 quilômetros de extensão e dois metros de altura.

O Peru é mundialmente reconhecido pelas boas ondas e a ideia da brasileira é se aventurar no caiaque (sua especialidade) e também no Stand Up Paddle (SUP), modalidade que tem atraído adeptos por todo o mundo na qual o atleta fica em pé sobre uma prancha remando.

Roberta Borsari em travessia de SUP Barra do Saí – Ilha Montão de Trigo

“Explorar esse local com os equipamentos de remo será um enorme prazer”, ressalta Borsari.

Para explorar os mistérios do país asteca, Roberta ficará no resort Chicama Surf, que oferece alguns mimos aos seus hóspedes como o SPA do local. Assim, quem quiser acompanhar os aventureiros e quer ficar confortavelmente instalado, o hotel oferece excelente infraestrutura turística.

Logo depois da surftrip, a atleta lançará oficialmente o seu novo site, no qual apresentará todas as emoções e o histórico de suas aventuras. E em novembro, Roberta participará do Campeonato Sul-Americano de Kayaksurf em Barra Velha, Santa Catarina.

Em abril, Borsari se tornou a primeira mulher do mundo a surfar de caiaque a Pororoca, no rio Araguari. A Pororoca ocorre em decorrência do encontro das águas do rio com o mar, formando imensas ondas. Top 10 no ranking mundial de kayaksurf, a atleta é a única mulher a correr o circuito nacional. Na canoagem em corredeiras foi a primeira mulher a descer vários rios do sudeste do país. Além disso, em 2009, tornou-se a primeira a surfar de caiaque as águas de Galápagos.

O Guia Radical vai acompanhar esta trip da Bebeta, com os relatos da atleta, bem como fotos e vídeos.

Abaixo mais fotos radicais dela na Pororoca do rio Araguari/AP:

Bebeta e Jorge Pacelli (de SUP) na Pororoca

Confira também esta incrível aventura da Roberta Borsari surfando na selva, mais precisamente na pororoca do Rio Araguari/AP, é só clicar no link: http://www.kayaksurf.net/RobertaPororoca.html

Conheça o NAGA CABLE PARK!

12 de setembro de 2011 0


Cable Park é um local turístico que tem como atração principal um equipamento chamado Cable Way – um sistema de torres, cabos de aço, motor elétrico e tecnologia precisa - que permite a prática de qualquer modalidade de esqui aquático ou wakeboard a um grande número de pessoas por dia, de forma segura e ecologicamente correta.
Com esse sistema, o praticante pode dar a volta em um lago segurando-se no manete que é preso ao cabo principal. Para saber mais digite Cable Park na barra de busca do nosso site para ver fotos e assistir aos vídeos.

Clique e amplie
Clique e amplie

COMO CHEGAR
No estado de São Paulo, cidade de Jaguariúna, a pouco mais de 100km da capital.
Avenida Pacífico Moneda, 349 – Guedes
Telefone (19) 3837-2244
Clique aqui e veja as rotas pelo Google Maps

HORÁRIO DE FUNCIONAMENTO
De terça a sexta das 12:00 às 18:00 hs
Aos sábados, domingos e feriados: 10:00 às 18:00 hs

VALORES
Variam dependendo da época e existem diversas promoções (para grupos, descontos para quem vai pela primeira vez, leve um amigo e ganhe descontos, etc.). Confirmar entrando em contato com o Naga.

EQUIPAMENTOS
Todo equipamento necessário está incluso no preço, porém, para passar nos obstáculos é necessário utilizar sua própria prancha e capacete. Também é possivel alugar um equipamento completo para passar nos obstáculos, na loja dentro do cable MWS Wake School & Store.

ESPAÇO DE EVENTOS

Realize anivesrário, meetings empresarias, casamentos e festas em geral no singular Espaço para eventos do Naga Cable Park. Consulte disponibilidade de data e orçamento com a 2M Eventos:  http://www.wakebrasil.com/Conteudo/74/conteudo.aspx


CÂMERAS AO VIVO
Assista agora o que está rolando no Naga Cable Park: http://www.wakebrasil.com/Conteudo/89/conteudo.aspx

QUERO OUVIR NO CABLE!
Participe da seleção das músicas que rolam no Naga Cable Park! Clique aqui e saiba como!

OS OBSTÁCULOS

Atualmente o
Naga Cable Park possui 5 obstáculos:
- 4 kickers,
- 1 Lauch (pequena rampa)
Veja esses obstáculos no vídeo:  http://www.wakebrasil.com/Video/280/eventos.aspx

- 1 slider Flat Bar (ou Box)

- 1 slider Incline com Wall Ride
- 1 slider Roof Top
- 1 slider A-Frame. – http://vimeo.com/14198440
- 1 slider Flat Bar de 30 metros! – http://www.wakebrasil.com/Video/331/wakebrasil-tv.aspx
SISTEMA DE DUAS TORRES PARA INICIANTES
Esta com dúvida se conseguirá andar? Com certeza sim! Além do lago grande com 5 toprres, há dois sistemas de 2 torres no Naga Cable Park, onde é mais fácil para iniciantes aprenderem a andar e avançados aprenderem a mandar Air Tricks (saltos com a pressão doc abo)
DÚVIDAS SOBRE O CABLE
1. Nunca andei, será que eu consigo?
O Cable Park é o lugar ideal para aprender wakeboard ou andar pela 1ª vez para ver se gosta (e cuidado, vicia)! E tambem possui equipamentos para iniciantes, incluindo pranchas para ir de joelhos, esquis e outros.Na verdade, é considerado por muitos “uma maquina de fabricar atletas” pois é mais acessivel começar a andar de wake no cable do que em barcos, além de ser mais atraente para iniciantes que estao afim e começar no esporte, já que no Cable voce fica bem proximo de todos que estao andando e pode entrar a hora que quiser.. Voce nunca andou e esta lendo esse paragrafo por que esta afim de tentar? Demorou, o Cable é diversao garantida para novatos, intermediários, pros, kitesurfistas, e etc…

2. O que faz o cable ser tão popular no mundo?
Cable Parks não poluem, não fazem barulho e proporcionam um ambiente jovem, radical e familiar ao mesmo tempo. É o ponto de encontro de praticantes e simpatizantes de vários esportes como Esqui Aquático, Knee Board, Slalom, Wakeboard, Wakeskate, Kitesurf, entre outros. Além disso, é bem mais barato do que andar atrás de um barco.

3. Como é o funcionamento de um Cable Park?
Os cabos que rebocam os praticantes são suspensos no ar por um conjunto de torres que dão a volta em um lago. Estes cabos são movimentados por um motor elétrico em conjunto com um mecanismo que desengata o manete do rider que cair e engata o manete do próximo da fila, sem que o equipamento precise parar. Dessa forma, 9 riders poderão andar simultaneamente.

4. Andar de wakeskate também é legal?
Sem dúvida o Cable Park é um sonho para os wakeskaters. Diversos obstáculos disponíveis criam um verdadeiro “Skate Park” para os riders. Caiu, nadou até a margem, pegou o cabo novamente e pronto. Sua vez de tentar outra vez a manobra.

5. Quais as diferenças e semelhanças entre andar de wake no cable ou no barco?
A primeira grande diferença é o preço. Pagar a gasolina para uma session de barco pode ser 2 ou 3X mais caro do que andar no cable. Por outro lado, não há marola para fazer manobras.
O grande barato do cable são os obstáculos: silders, corrimões e rampas são a grande diversão. No entanto, é possível mandar praticamente todas as manobras feitas na marola através de uma técnica chamada “load and release”, muito usada por kiteboarders. Sem contar a saída dos obstáculos, que são um prato cheio para os grabs e rotações.
Andar no cable e no barco são atividades que se complementam. Depois de algumas sessions no cable certamente sua base vai melhorar e você vai tentar novas manobras na marola!

6. Informações Extras
Além de ser 100% ecologicamente correto, o cable certamente vai popularizar bastante o esporte, por apresentar a forma mais prática e econômica de andar de wake.
Apesar de ser um novo modelo de empreendimento no Brasil, o cable já é realidade em muitos países e abrirá muitas oportunidades para atletas e empresários que desejam investir no esporte.

Para maiores informações, acesse o site www.nagacp.com.br.


Naga Cable Park - Jaguariúna SP

Segunda Etapa do Brasil Kite Tour começa HOJE!

08 de setembro de 2011 0

COMEÇA HOJE A SEGUNDA ETAPA DO VOLKSWAGEN KITE TOUR 2011


A Praia do Pontal, em Barra do Cunhaú (RN), receberá atletas da três categorias na segunda etapa do Campeonato Brasileiro (08 a 11/09) e, em seguida, o Circuito Mundial da PKRA (14 a 18/09)

O Munícipio de Barra do Cunhaú, no Rio Grande do Norte, está pronto para receber, a partir de HOJE (08/09), os melhores kitesurfistas nacionais das categorias Freestyle, Waves e Regata, na disputa da Segunda Etapa do VOLKSWAGEN KITE TOUR 2011. Até domingo (11/09), quem comparecer à Praia do Pontal poderá conferir um verdadeiro balé das pipas coloridas no evento que acontece pela primeira vez na região. Após o Tour, são as feras do Freestyle mundial quem invadem a Praia do Pontal para o Kitesurf  Wind Riders, a 9ª etapa do Campeonato Mundial 2011 da PKRA (Professional Kiteboard Riders Association), de 14 a 18/09.

Após a primeira etapa do Volkswagen Kite Tour, novos talentos surgiram o que promete deixar a briga pela liderança ainda mais emocionante. No Freestyle, vitória do cearense Eudázio da Silva e Bruna Kajiya (SP), que além do Brasileiro, competirä o Circuito Mundial. Já na Regata, modalidade mais olímpica do Kite, foram os paraibanos Wilson Bodete e Nayara Licarião quem conquistaram as primeiras colocações. No Waves, os irmãos Milla e Fillipe Ferreira garantiram a dobradinha carioca.

“O campeonato está apenas começando. Nada está definido ainda. Fiquei muito feliz com a vitória de Eudázio, um grande amigo, mas vou entrar na água para vencer e me tornar o campeão do VOLKSWAGEN KITE TOUR 2011, assim como todos os novos competidores vindos do Ceará”, afirmou o cearence Tomás Teixeira, competidor da categoria Freestyle.

Para completar o show oferecido pelos velejadores, o cenário não podia estar melhor. Os ventos estão fortes e constantes durante todo o dia, além de muito sol e valas com boas ondulações.

“Não esperamos menos do que uma disputa ainda mais acirrada. Os competidores mostram muita técnica e vontade de vencer na última etapa, em Cumbuco, e o nível de competição só aumenta. É impossível definir o melhor atleta”, disse Paulo Dollabela, juíz principal da categoria Waves.

Já a etapa brasileira do Mundial da PKRA terá mais de 90 competidores de 17 diferentes países, todos competindo pelo Freestyle. Entre eles, representando a bandeira verde-amarela, estão Bruna Kajiya (SP) e Reno Romeu (RJ) que, em busca de uma melhor posição no ranking (terceiro e sétimo lugares, respectivamente), irão enfrentar Youri Zoon, da Holanda e Gisela Pulido, da Espanha, campeões por atencipação do Kitesurf  Wind Riders.

Convidados do evento terão a oportunidade de participar de clínicas de Kite, oferecidas por Tauan Moreira, competidor local de Barra do Cunhaú. Nas aulas,os iniciantes aprenderão técnicas básicas do esporte.

Nesta temporada, o VOLKSWAGEN KITE TOUR 2011, que oferece R$ 120.000,00 em prêmios, passará por cinco estados. Depois das etapas do Ceará e Rio Grande do Norte, será a vez dos atletas da categoria Waves enfrentarem os ventos fortes de Florianópolis. Já as disputas no Freestyle e Regata acontece em Vitória (ES), de 27 a 30 de outubro, como dito anteriormente. A grande final, que volta a reunir atletas de todas as modalidades, acontece no Rio de Janeiro de 15 a 19 de dezembro.

Uma realização da Dream Factory Sports e parte técnica a cargo da ABK e da CBVM, o Volkswagen Kite Tour 2011 tem o patrocínio da Volkswagen, co-patrocínio da Associação de Kitesurf e Surf do Estado do Rio Grande do Norte (AKSRN), Associação Viva Barra e Ministério do Turismo, além do apoio do Governo do Estado do Rio Grande do Norte, Secretaria de Turismo do Rio Grande do Norte, Emprotur e Tam Viagens, operadora de turismo oficial do campeonato.

Também uma realização da Dream Factory Sports, a Etapa Brasileira do Circuito Mundial tem a parte técnica a cargo da PKRA.

alexandre neto episode 4 from alexandre neto on Vimeo.

Fonte: www.gokite.com.br

Ibiraquera Wave Contest AO VIVO!!

05 de setembro de 2011 0

Após dois dias com muito vento, as condições estão favoráveis às baterias de SUP surf.

Assista ao vivo clicando na imagem abaixo: