Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros

Quando você descobrir sua verdadeira vocação

14 de outubro de 2015 2

kid-1241817_640

Quando você descobrir sua verdadeira vocação, vai se sentir desconfortável. As pessoas valorizam conforto e segurança, e é possível que você opte por percorrer caminhos menos alinhados com as expectativas de gente que você considera importantes – ou com as suas próprias.

Quando você descobrir sua verdadeira vocação, vai se preocupar menos com metas e com resultados. Você colecionará evidências de que o prazer não está no destino, mas sim na trajetória.

Quando você descobrir sua verdadeira vocação, a remuneração não terá sido um elemento central de sua descoberta. Você provavelmente já terá aprendido que é possível ser financeiramente recompensado de maneira extraordinária e, ao mesmo tempo, se sentir miserável.

Quando você descobrir sua verdadeira vocação, considerações sobre qual o grau de vulnerabilidade de sua área de atuação diante de crises perderão relevância. Você saberá que crises costumam atingir primeiro as pessoas que ainda não encontraram seu verdadeiro propósito.

Quando você descobrir sua verdadeira vocação, vai aceitar correr riscos com naturalidade. Você perceberá que a única certeza das escolhas cautelosas é a de que elas não resultarão em nada de novo.

Continuamos esperando: o que você gostaria de nos mostrar?


Quer saber mais sobre minhas atividades? www.gustavoreis.com.br
Quer receber as atualizações do blog por e-mail? www.gustavoreis.com.br/lista

 

The following two tabs change content below.
Sou professor e faz-tudo no Mathematica Et Cetera, no Clube do Enem e na Unisinos. Palestrante (2012) e apresentador (2013/14) do TEDxUnisinos. Educação : Tecnologia : Design : Inovação

Latest posts by Gustavo Reis (see all)

Bookmark and Share

Comentários (2)

  • Rodrigo Moro diz: 15 de outubro de 2015

    Boa noite

    Tenho me questionado sobre isso. Após um hiato profissional, depois de alguns anos dedicados a empresas, com muito esforço e pouca recompensa em todos os aspectos, este questionamento me veio mais forte.

    Reflito sobre isso quase diariamente, vejo que chego muito próximo, mas nunca chego 100%…

    Talvez essa sensação deve ser compartilhada por muitos… Você tem todas as ferramentas, mas falta um estalo pra isso… pra essa descoberta, e você não sabe onde está este estalo, nem de que forma chegar nele…

    É inquietante.

    Abraços, ótimos textos.

    Rodrigo/NH

Envie seu Comentário