Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros

Sobre o simbolismo dos processos seletivos

24 de outubro de 2015 0

14212266277_ac1a15e45a

Hoje começa mais um Enem.

Eu não tenho o hábito de construir discursos intensamente emocionais em ocasiões como a de hoje. Já o fiz em outros tempos, mas não mais.

Talvez isso dê a meus alunos uma impressão de frieza. Não é o caso, e eu posso explicar. Afinal de contas, esse é o meu ofício.

Ao longo dos anos, fui amadurecendo a ideia de que provas do gênero são fronteiras traçadas entre o agora e uma nova fase das nossas vidas cuja chance de ser melhor que a atual é maior do que a de ser pior – ou, pelo menos, assim presumimos.

Essa idealização, porém, confere aos exames uma importância que eles não têm. As provas, em si, não são centrais. O que existe de relevante está em seu entorno.

Ao longo de todos esses anos, tenho reforçado a convicção de que quem é capaz de enxergar a si próprio como protagonista de uma história linda se sai melhor nessas ocasiões.

Por isso, não dou muita bola para as provas. Porque sempre fico desenhando na mente a vida de meus alunos depois delas.

Portanto, daqui para a frente, sempre que você encontrar um desses obstáculos, pense: que capítulo da história de vida que eu vou querer contar começa hoje?

O simples exercício de elaboração de uma resposta a essa pergunta vai te fortalecer.


Quer saber mais sobre minhas atividades? www.gustavoreis.com.br
Quer receber as atualizações do blog por e-mail? www.gustavoreis.com.br/lista

 

The following two tabs change content below.
Sou professor e faz-tudo no Mathematica Et Cetera, no Clube do Enem e na Unisinos. Palestrante (2012) e apresentador (2013/14) do TEDxUnisinos. Educação : Tecnologia : Design : Inovação

Latest posts by Gustavo Reis (see all)

Bookmark and Share

Envie seu Comentário