Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
 

Juiz impede difusão de filme erótico com Xuxa

27 de novembro de 2006 2


Xuxa ganhou nos tribunais um processo contra o site de leilões Mercado Livre, que pretendia vender cópias de um filme erótico protagonizado por ela em 1982, assim como o CD com músicas em inglês Xuxa talk to me. Xuxa exigia a proibição das vendas do polêmico filme Amor estranho amor, no qual aparece nua seduzindo um menino de 12 anos.


O juiz Antônio Aurelio Abi Rama Duarte declarou na sexta-feira que o site deverá pagar uma multa diária de R$ 20 mil caso o material continue à venda.


Entre colecionadores de vídeos e revistas no Rio de Janeiro é possível encontrar cópias do filme a preços que rondam os R$ 500. Em recente entrevista, a loira, de 43 anos, disse que Pelé pagou para impedir que cópias do filme, escrito e dirigido por Walther Hugo Khouri, fossem parar nas locadoras de vídeo.


A %22Rainha dos Baixinhos%22 admitiu que sua fase como símbolo sexual, exaltada pela aparição no filme, ocorreu quando ainda era virgem. E reconheceu que preferia não ter a produção em seu currículo profissional, embora tenha destacado que, apesar disso, não se arrepende. As informações foram divulgadas pela agência EFE.

Postado por Maíra Kiefer

Comentários (2)

  • João da Silva diz: 28 de novembro de 2006

    Poxa que interessante… ela não se arrepende, mas preferia nao ter feito… ela se não se arrepende, mas ta caçando todas as cópias do filme…
    Agora um site vai pagar multa pq ela teve piti… o q é isso? Os ricos e famosos fazem acontecer mesmo hein? É só ter $como$….

  • ingrid diz: 29 de novembro de 2006

    no começo de carreira vende a alma depois fica arrependida tem medo que a filha descubra é mais fácil assumir do que sumir.

Envie seu Comentário