Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros

Los Angeles dedicará dia a Elizabeth Taylor

27 de fevereiro de 2007 0

Elizabeth em filmagem no ano de 1958/Arquivo / EFE
Elizabeth Taylor recebeu nesta terça-feira como presente por seu 75º aniversário o anúncio de que o dia 27 de fevereiro será oficialmente o seu dia em Los Angeles. Espera-se que a decisão de declarar 27 de fevereiro o Dia de Elizabeth Taylor seja aprovada pelos vereadores da cidade.

No entanto, este não será o único presente que a atriz, nascida em Londres, em 27 de fevereiro de 1932, receberá.

Todas as pessoas que forem nesta terça-feira ao centro Out of the Closet, em Los Angeles, para fazer um exame gratuito de aids, terão a oportunidade de assinar um cartão gigantesco em homenagem a Taylor, que apesar de estar longe dos holofotes, se dedica à luta contra o vírus HIV. A atriz chegou a ser presidente da Fundação Norte-Americana para a Pesquisa sobre a Aids.

Ainda ocasião do seu aniversário, o programa de televisão Entertainment Tonight exibirá nesta terça-feira declarações de Elizabeth Taylor sobre o assédio dos paparazzi.

– Não se tem nenhum direito à vida privada – assinala a atriz, que do alto da sua experiência, diz que seu único conselho é evitar o problema.

De acordo com a Agência EFE, a lenda do cinema chegou chegou em Hollywood com apenas dez anos de idade. Filmes como Lassie – A Força do Coração (1943), A Mocidade É Assim Mesmo (1944) e A Coragem de Lassie (1946), entre outros, a transformaram na estrela infantil dos estúdios MGM, antes mesmo de fazer 15 anos.

Taylor provou seu valor como atriz em clássicos como Assim Caminha a Humanidade, e acumulou um total de cinco indicações ao Oscar, das quais venceu duas: uma por Disque Butterfield 8 (1960) e outra por Quem Tem Medo De Virginia Woolf? (1966).

Mas sua vida amorosa foi tão ou mais conhecida que muitos dos seus trabalhos. Até o momento, a atriz já se casou e divorciou oito vezes. Duas delas foram com o também ator Richard Burton, uma relação tempestuosa que durou de março de 1964 a junho de 1974, na primeira vez, e de outubro de 1975 a agosto de 1976 na segunda.

Devido a seu frágil estado de saúde (a atriz já foi operada em 1997 de um tumor cerebral, e tem problemas no quadril), em diversas ocasiões Taylor teve que negar boatos de doenças mais graves, que falavam inclusive sobre sua morte.

Postado por Cleber

Envie seu Comentário