Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros

Mulher Maçã fala sobre racismo: "Eu não sou macaco e como a fruta que eu quiser"

01 de maio de 2014 12

Essa semana o Brasil foi sacudido pela polêmica da hashtag Somos Todos Macacos. Deixando o posicionamento do It sobre este assunto de lado e sem nosso humor característico em cima de um assunto tão sério, encontramos a melhor manifestação a favor de Daniel Alves da História.

Reprodução

Reprodução

Quem resolveu aderir a Campanha Anti-Racismo criada por Neymar foi: Mulher Maçã.

A funkeira postou em seu perfil na web um baita manifesto -  leia até o final, por favor – dizendo que repudia atos racistas. Nossa, nunca pensei que o Holo teria algo em comum com uma mulher-fruta.

Confere aí na íntegra o que Gracy Kelly, este é o nome dela, pensa sobre o preconceito racial. Pelas fotos, nota-se que a guria está P da vida.

Reprodução

Reprodução

“Meu primeiro namorado foi negro e senti na pele o racismo, as pessoas se dirigiam com um olhar repressor, como se a gente estivesse fazendo algo errado

Vivemos em um país onde se costuma dizer que não existe racismo, “ironia”, pois nos pequenos gestos da sociedade é que vemos a realidade.

Me sinto sufocada escrevendo esse texto, pois são muitas injustiças, tantos casos e nada de solução. Faço parte do movimento funk com muito orgulho, onde muitos que não conhecem a fundo somente criticam, mas não tem a nobreza de ver que funcionamos em perfeita harmonia com variadas etnias, sem restrições.

Esse foi o meu desabafo chega de intolerância. #Eunaosoumacacosouserhumano e como a fruta que eu quiser.”

Hã, tirando a parte do “eu como a fruta que eu quiser” alguém quer se manifestar sobre o assunto? O Holofote é democrático, minha gente.

Comentários (12)

  • arriado diz: 1 de maio de 2014

    Humano é o meu piru, comeu maça d+ eu acho agora falta meter uma corrida

  • Junior Dias diz: 1 de maio de 2014

    Olha racismo não ta com nada, mas o funk é um dos piores lixos que surgiu na humanidade desde sua existência, não tem coisa mais podre e degradante, de péssimo gosto e qualidade ZERO. #diganãoaofunk

  • Flor de Paula diz: 1 de maio de 2014

    Apoiadíssima, odeio racismo!!!
    Pra mim, o homem mais lindo do mundo, tirando o meu, é o Denzel Washingtom!!!

  • Marcio Escobar diz: 1 de maio de 2014

    Gente…Quem é mulher maçã?

  • Fabio diz: 1 de maio de 2014

    Concordo em parte com ela. Achei ridícula essa campanha. EU NÃO SOU MACACO. Sou humano, assim como todos os negros, asiáticos, indígenas, alienígenas (ops)…
    O Neymala paga por uma campanha que na verdade estimula o racismo, ao invés de combate-lo. Coisa de retardado.

  • Andressa diz: 1 de maio de 2014

    Nunca pensei que diria isso, mas ela está certa, tudo isso só demonstra mais ainda a quanto o ser humano se diferencia do outro, seja por cor ou classe social. Acho que está campanha, Somos Todos Macacos é muito hipócrita, pois faz poucos se beneficiarem com as dificuldades de muitos no dia a dia. Neymar e Daniel lutarem contra o racismo que enfrentam é diferente do que muitos brasileiros. A mulher Maça está com razão ao dizer que o Beasil não se considera um pais racista, mas é e muito. Infelizmente, está tão distante de tudo isso ter um fim, por que o ser humano é podre, e tenho mais vergonha dessa raça medíocre. É de sua natureza sempre querer ser melhor que o próximo.

  • Gabriella C. diz: 1 de maio de 2014

    Achei MARAVILHOSA a atitude do Daniel Alves, foi uma ótima sacada!! É inaceitável ligar a tv, navegar na internet e se deparar com atos nojentos como esse, e nessa semana foram DOIS CASOS, o do Daniel e aquele da NBA… fora o do Tinga, do árbitro do Sul, enfim, é revoltante e triste. O bom é que vimos punição em alguns dos casos. Se o racista vai deixar de ser racista eu não sei, mas que ele tenha a certeza que um ato deplorável como esse não passará batido. É assim que a justiça deve agir.

  • Gilmar Correa da Silva diz: 1 de maio de 2014

    Que povinho ignorante. Desde quando a raça é definida pela cor da pele? Somos da raça humana.

  • amanda ferraz diz: 2 de maio de 2014

    NOSSA…gostei mto do que ela disse…chega de preconceito…e concordo plenamente que os macaco não tem nada a ver com isso..kk…somos seres humanos e precisamos ser respeitados por sermos seres humanos,independente da nossa cor.

  • Daniela diz: 2 de maio de 2014

    Ta tudo bem ela esta certa no quesito preconceito, mas que aproveitou para a parecer com sempre isso aproveitou…ela não perde uma chance..e ainda fala a favor do funk..aff..TOSKA

  • Geomar diz: 3 de maio de 2014

    AGORA SE CHAMA UM ALEMÃO DE MACACO E RACISMO CONTRA ALEMÃO….RACISMO TA NA CABEÇA DESSES IDIOTAS…SOMOS TODOS IGUAIS…DEPOIS MORREMOS E FEDEMOS SEM DIFERENÇA….

    CAMPANHAS QUE TEM, QUE SER FEITAS SÃO, CONTRA A FOME DE MILHÕES DE PESSOAS, PRINCIPALMENTE CRIANÇAS QUE ESTÃO MORRENDO DE FOME PELO MUNDO AFORA…

  • patricia diz: 5 de maio de 2014

    Eu não sou igual a ninguém! Eu sou eu (meu dna é só meu) Graças a Deussssssss!!!
    Bando de idiotas quando falam que somos todos iguais!

Envie seu Comentário