Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
 

Adolescentes carecas e invasões alienígenas

30 de outubro de 2012 0

Adolescentes carecas já são considerados a piada do ano na internet.

O movimento Bald for Bieber é uma das Guerras dos Mundos que as redes sociais sustentam hoje em dia. Duas histórias bem diferentes, de um cantor adolescente com câncer e de uma invasão alienígena, que tem em comum um detalhe bem importante: são mentiras.

Pule os dois próximos parágrafos se você já conhece os casos.

30 de outubro de 1938 – Uma noite tranquila de transmissão musical da rádio CBS foi interrompida com uma notícia urgente, de uma invasão de marcianos que começaram a devastar a Terra. A edição extraordinária, na verdade, era a leitura dramática de A Guerra dos Mundos (um clássico de Herbert George Wells interpretado por Orson Welles e uma equipe). A ação ajudou a rádio a bater a emissora concorrente em audiência, mas também desencadeou pânico em várias cidades norte-americanas. Quando a emissora viu que pessoas estavam desesperadas pelas ruas Demorou para convencer as pessoas que tudo não passava de uma brincadeira.

23 de outubro de 2012 – Rumores de que Justin Bieber foi diagnosticado com câncer surgiram nas redes sociais. Na sequencia começaram a aparecer fotos de fãs raspando a cabeça (querendo provar sua grande paixão pelo ídolo) para entrar em uma corrente de apoio, que rapidamente ganhou o nome de #baldforbieber (“Careca por Bieber”). A notícia ganhou força quando outras pessoas começaram a filmar os cortes de cabelo e colocar no Youtube . Somente dois dias depois alguns sites de notícias começaram a questionar a veracidade da informação. Até que o blog Tech Crunch esclareceu tudo com o artigo “Beliebers carecas nos lembram: só porque você leu isso no Twitter, não significa que seja verdade”.

Mesmo com tantas formas de obter e cruzar informações em nosso mundo conectado de hoje, as pessoas ainda caem em armações da mesma forma de antigamente (e não adianta dizer que na época do rádio o público foi enganado porque não tinha alternativas). Além disso, esse fazer acreditar é tão poderoso que é usado como estratégia de marketing (certo ou errado, o caso “Perdi meu amor na balada” é o exemplo mais recente, que levanta o debates se isso é legal ou não).

O que mais chama a atenção nos “Carecas pelo Bieber” é o ponto extremo que brincadeira chegou (pois tudo começou no 4chan, que é um conhecido ninho de trolls, e ganhou reforço de aplicativos que simulam postagens de perfis famosos). O resultado foi milhares de pessoas sensibilizadas e raspando o próprio cabelo (que hoje são motivo de chacota por outros internautas), por uma causa que nem ao menos era verdadeira: até que ponto isso é apenas uma piada e até que onde pode chegar?

Bookmark and Share

Envie seu Comentário