Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
 

Saboreie o Pip! - a rede social para quem gosta de culinária

22 de julho de 2013 0

Comida é um dos assuntos mais comuns nas redes sociais. Seja aquela foto do sushi jantar refinado, um #instafood qualquer ou  links de receitas compartilhados. Mas, com tantos outros conteúdos circulando pelas timelines, fica difícil encontrar apenas conversas sobre culinária (o sistema de organização de conteúdo antigo no Facebook é horrível para estas coisas). E para resolver isto a segmentação na web é a solução, como bem ensina a teoria da Cauda Longa. E nesta oportunidade surgiu o Pip!, uma rede social exclusiva para o mundo gastronômico.

No Pip! é possível comentar, curtir e compartilhar conteúdo (igual no Facebook e, inclusive, é possível usar o seu login para participar). Também é possível se conectar com amigos ou outras pessoas com habilidades na cozinha, de acordo com o gosto do usuário. A diferença é que a rede social é bem segmentada e as postagem não vão se perder entre outros assuntos. A plataforma, ao mesmo tempo em que mantém sua ideia gastronômica fixa, funciona como uma galeria de arte com cardápios variados e um Caderno de Receitas 2.0. Infelizmente ainda não é possível postar vídeos, apenas fotos para ilustrar, e não há integração com aplicativos móveis (mas é possível sugerir esta e outras mudanças aos seus administradores).

E o mais legal é que o Pip! surgiu como uma startup aqui em Santa Catarina. Até agora conta com mais de 34 mil usuários, reunindo pessoas que gostam de cozinhar ou degustar todos os tipos de pratos. A rede também tem um grande potencial para chefs de cozinha mostrarem seu trabalho e para restaurantes criarem estratégias de aproximação com o público.

“É uma solução que utiliza e potencializa o hábito das pessoas postarem fotos de comidas no Facebook, Twitter, Instagram, etc. Nestas ferramentas estas postagens perdem-se na timeline, complicando muito pesquisar e colecionar posteriormente. Além disto, estas redes sociais não são feitas para postagem de receitas”, explica Guido Jackson, que criou a plataforma junto com Thomaz Palma Santos e Rodrigo Boscaini de Freitas.

Bookmark and Share

Envie seu Comentário